Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

59 524 artigos · 199 100 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Portal comunitário

Mídia

Chat

Contribuir

Artigo em destaque
Genghis Khan sufocado pela alça do chapéu

Genghis Khan foi um grande guerreiro mongol, considerado por muitos o segundo maior conquistador de todos os tempos, atrás apenas de Alexandre, o Grande, que preferia ficar na frente.

Dominou cerca de 90% do mundo, incluindo pedaços na Ásia, Europa, Mordor, África e Argentina. Seu império alcançou lugares inimagináveis. Este grande império só não englobou o Acre, pois este não existia na época (e nem hoje) e a parte central da China, onde suas tropas não conseguiram avançar.

Genghis Khan perdeu seu pai aos 13 anos, vítima do alcoolismo. Sua mãe se casou com outro homem, que teria outros filhos. Genghis não gostava dos meio-irmãos e para não ter que ver a cara deles todos os dias, resolveu migrar para as estepes do centro da Mongólia, para ficar isolado da população. Lá ele encontrou algumas mulheres e umas cabras, e começou a criar sua geração militar.

Com milhares de filhos guerreiros, Genghis Khan tinha um poderoso exército pronto para fazer guerra. Ele tentou ensinar os valores familiares aos filhos, mas foi em vão, pois seus filhos dividiram todo o seu império conquistado. Cada filho conseguiu ficar apenas com 1 metro quadrado, devido à quantidade de filhos que queriam a herança.

Genghis morreu de desgosto ao ver tudo o que ele havia conquistado sendo destruído pelos próprios filhos. Seu corpo foi escondido para nenhum jornalista tirar fotos e publicar no jornal. Dizem as más línguas que Genghis Khan ainda estaria vivo, vendendo pastel nas feiras.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter




Neste dia...



Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: