Mudanças entre as edições de "América"

Ir para navegação Ir para pesquisar
2 bytes adicionados ,  17h16min de 8 de julho de 2016
m
sem sumário de edição
m
m
{{você quis dizer|EUA}}
{{C|AQUI TEM UM BANDO DE LOUCOS, LOUCOS POR TI AMÉRICA!|[[Caetano Veloso|Corinthiano Veloso]]|América}}
{{C|Oh, it's my contrycountry!|[[Estadunidenses|Gordo burro]]|América}}
 
 
Mas, como os estadunidenses são tão retardados quanto os brasileiros (só que mais ricos), o povão pensou que América fosse o nome do país e passaram a chamar ele assim e a si mesmos de "Americans" em vez de "US Americans", que é o que qualquer pessoa razoável faria. Esse hábito continuou até que virou padrão, eles passaram inclusive a considerar América do Norte e América do Sul como continentes distintos, usam o termo "Americas" para o conjunto e dizem que não existe um continente chamado América. Sim, isso mesmo, pra eles existe o norte e o sul da América, mas ela mesma não existe ("como você é burro, cara!").
 
Essa questão de suma importância que afeta a vida de todos nós, que é como chamamos a porra dessa porção emersa de magma resfriado no extremo ocidente, é uma fonte de ofensa para todos os povos da América (o continente, sua anta). Os estadunidenses ficam ofendidos porque não querem ser confundidos com os países subdesenvolvidos do sul (com o BrasilMéxico principalmente). Já os canadenses ficam ofendidos por que não querem ser chamados de americanos. E, por fim, os latino-americanos ficam ofendidos porque os americanos (os estadunidenses, seu analfabeto funcional) tão cagando e andando para o que o resto da América (que pra eles não existe) pensa.
 
Conclusões:
5

edições

Menu de navegação