Börte

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Este artigo é relacionado à história.

E é aprovado por Sveinn Haraldsson Tjúguskegg.

Hitler e Alien.jpg
Börte e sua cara de desconfiada

Cquote1.svg Você quis dizer: Borscht Cquote2.svg
Google sobre Börte

Borte Ujim, mais conhecida como Börte pós-adição do trema do metal, foi a esposa de Genghis Khan e assim, a patroa de todo o Império Mongol. Uma mulher sagaz e estrategista, Genghis era caidinho por ela. Sem Börte, ele era um mero temujin da silva.

Biografia[editar]

Börte veio dos Oconu, uma tribo da Mongólia parça dos Borjigin de Genghis. Temujin gostava de garotas inteligentes e Börte de bad boys, então tinham tudo para dar certo. Quando ele tinha 9 anos e ela 10, Jinjin se mudou para a casa da sogra: ele era tão apaixonado que estava disposto até a fazer os serviços domésticos da véia, algo nunca visto entre os mongóis. Anos depois se casaram, com o dote sendo um casaco de pele de ornitorrinco que a própria Börte caçou, extraiu e costurou, ela era porreta assim mesmo.

Porém, Temujin e Börte mal tinham afogado o ganso quando a primeira treta maligna do futuro casal real apareceu. No ataque de tribos rivais de toda terça-feira, Börte foi sequestrada. Seu marido passou meses sem dormir, ele sentia muita falta de dar um tapa na gostosa. No dia do resgate oito meses depois, Temujin sentiu fortes dores na testa, um mau presságio; Börte estava grávida. Mas pai é quem cria, e Jinjin adotou o guri como se fosse seu. E talvez até fosse mesmo, já que na época não havia exame de DNA.

Genghis e Börte descontaram o tempo que passaram separados à moda antiga, transando igual coelhos. Desse rala e rola tiveram mais três filhos, Chagatai, Ogedei e Tolui, que mandariam no Império após o empacotamento dos pais. Sendo o mais cachaceiro deles, Ogedei era o preferido do casal, e sucedeu seu pai como Grande Khan.

Vida com Genghis[editar]

O chapéu de alpha bitch mongol que apenas Börte poderia usar

Börte era a primeira e maioral esposa de Genghis Khan. Seu marido contraiu outros matrimônios durante seu reinado, mas Börte nem ligava, afinal ela já tinha posto o chifre primeiro. Börte era reverenciada por Genghis e todo o povo mongol por sua sagacidade e benevolência. Como o imperador vivia pensando com a cabeça de baixo, era a imperatriz e sua cabeça de cima que decidiam as questões importantes do reino, por exemplo, qual seria a tribo a ser pilhada, estuprada e aniquilada esta semana.

Em público Genghis botava banca de machão, mas em casa quem mandava era Börte. Ele podia passar o tempo que fosse afastado em suas campanhas militares com a putaiada, mas quando voltava, tinha que lavar todas louças do palácio sem choro nem vela. Börte era a gostosona da Mongólia e somente seus filhos eram considerados possíveis sucessores ao trono. Os demais 8299 rebentos dele tiveram que se virar pelo mundo.

Com a morte de seu marido, Börte continuou botando moral no palácio como lhe era direito, até ir também e reencontrar Genghis no céu dos bárbaros. Descansou em paz, pelo menos até ser interpretada por uma loira sem sal de Nova Nova Nova Nova Iorque naquele filme ruim demais dos anos 50 sobre o casal Khan, que por sua vez deu o troco espalhando câncer por toda a equipe de filmagem pela afronta.

Ver também[editar]

Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!