Anônimo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Alienwantyou.jpg ┘¶Æ╦Ù⌂ï◙ Ð˧©Î©£ØÞѮÐÎÅ !!!

Este artigo contém altas doses alienígenas! Não estranhe se encontrar uma sonda no cu dedão do seu pé ao terminar de ler este artigo. Se vandalizar, um acriano enfiará uma sonda em você!

Quevedo25on.gif Este artigo trata de coisas que nón eczisten!

Este artigo trata de algum mito, lenda, conto, história de pescador ou desculpa esfarrapada e provavelmente contém informações sobre animais grotescos que capturam sua alma.

Mais um anônimo doido para fazer merda na Desciclopedia.

Cquote1.svg Você quis dizer: Qualquer um que não esteja logado na Desciclopédia? Cquote2.svg
Google sobre Anônimo
Cquote1.png Experimente também: Não autenticado Cquote2.png
Sugestão do Google para Anônimo
Cquote1.svg "Anônimo medroso" caracteriza um pleonasmo Cquote2.svg
Professor Pasquale sobre Anônimo.
Cquote1.svg Sem vergonha! Sem-ver-go-nha! Cquote2.svg
Sílvio Santos sobre Anônimo.
Cquote1.svg Que tem eu? Cquote2.svg
Anônimo sobre ele mesmo.
Cquote1.svg Quem? Cquote2.svg
Qualquer um sobre anônimo
Cquote1.svg Esta comunidade permite postagens anônimas Cquote2.svg
Orkut, nos áureos tempos, sobre anônimo.
Cquote1.svg Esta também, eu acho... Cquote2.svg
Facebook sobre citação acima.

Recordista de "jogos" e maior "doador" do mundo, o anônimo é o nome de um dos maiores contribuidores incompreendidos da história da Desciclopédia. Desde que foi criada, Anônimo tem editado alguns dos poucos artigos de valor nela, mas são sumariamente apagados depois que usuários igualmente vagabundos o descobriram às 2:54 AM do sábado, pois como nenhum deles tem namorada, passam os fins de semana na Desciclopédia.

Anônimo é também o maior utilizador de serviços online do mundo, principalmente o FTP. Estranhamente ele copia os mesmos arquivos para vários computadores, o que leva a crer que anônimo está conspirando para criar uma cópia da Internet, já que são todos pobres e não tem dinheiro para comprar nem uma conexão discada.

Seu sobrenome infelizmente continua encoberto, mas, graças a trabalhos de investigação, descobriu-se que Anônimo é ajudado por seu irmão, o hacker Pseudônimo (este não é seu nome verdadeiro).

Já tentou-se, inclusive, alertá-lo sobre a seriedade do assunto, mas Anônimo continua a espalhar suas peças por aí.

Tudo leva os especialistas em psicanálise a crer que ele teve uma infância sofrida e era vítima de abusos do pai Motumbo, e isso o levou a virar esta pessoa que (não) conhecemos tão bem hoje em dia.

Anônimo também é qualquer pessoa não identificada, que nem você, descíclope não-cadastrado!

Vida e obra[editar]

Anônimo no pior dia da vida dele. Pobre coitado...

Há muito tempo atrás, no passado antigo, nasceu no Acre um ser. No seu aniversário de 1 ano, sua mamãe lhe batizou, e para comemorar tal data homenageou-o com uma linda camisa da C&A bordada a mão.

Anônimo, como era chamado, era uma pessoa batalhadora, lutava pelo que queria, mas depois de muito tentar, viu que seu esforço era em vão. As pessoas não o respeitavam, ele não era reconhecido pelo que fazia. Até hoje não se sabe o porquê dele ter uma vida muito corrida, já que Motumbo tinha que fugir da polícia no velho fusca da família anônima.

Porém, ele conseguiu vencer na vida e foi o criador de muitas coisas, como por exemplo o caderno espiral, a cola Pritt, o glitter e a música do aniversário. Além de ser um talento inventivo, ainda é um escritor de mão cheia. Ninguém nunca viu, ou falou com ele. Por suas criações, foi cultuado por várias seitas, como os Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos, Mulheres que Amam Demais Anônimas, Cheiradores de Gatinho Anônimos, e muitas outras...

Atualmente[editar]

Com o advento da Internet, digamos que pode ser qualquer um; não me diga, desde pedófilos, lolicons, eu, você, então se ver algum desses dois primeiros, chame a polícia.

No telefone, quem nunca recebeu uma ligação desse tipo?, só perde para as fucking ligações de São Paulo, a qual atendemos e ninguém responde, e logo em seguida ligam de um número diferente só que com o mesmo DDD, pra quê isso?, PQP! muitas das vezes são presidiários tentando dar golpe querendo lhe roubar ou seu/sua ex querendo te matar ou cobrar pensão.

Obras mais importantes[editar]

  • O Anônimo e o Executivo (autoajuda) - como conseguir se sobressair na sua empresa, sendo um completo anônimo.
  • Anonny Potter (ficção) - a história de um bruxinho que ninguém conhece, mas que todo mundo sabe quem é.
  • O Caçador de Anônimos (não-ficção) - a história real de como o Anônimo se livrou de pessoas que queriam violentá-lo.
  • O Anônimo da Vinci - um thriller de suspense e fatalidades
  • Anônimo e a Bussola de Ouro" - um jogo de riquezas e poder
  • O Anônimo Entre Nós - auto ajuda sobre uma entidade entre sombras (uí).
  • A De Anônimo - aquele filme lá sobre... não, pera!

Ver também[editar]