Yato de Unicórnio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Av-6054.gif "ΑΝΕΓΚΥΚΛΟΠΑΙΔΕΙΑ Η ΘΑΝΑΤΟΣ!!!"

Re, este artigo é grego! Ele pratica beijo grego, joga tudo na janela do carro quando acaba e gosta de ganhar de Portugal na Eurocopa, além de estar endividado pra caralho.



...e aqui. Coincidência?
Yato de Unicórnio é chorão & incompreendido!

Este é um típico artigo Yaoi, que menciona coisas gays que só gays yaoístas curtem. Se você é cabra omi e odeia Yaoi, NÃO LEIA este artigo, pois ele pode levá-lo para o lado rosa da força, mas se carapuça serve, sente, digo, sinta-se à vontade.


Yato de Unicórnio

YatodeUnicornio.jpg

Classificação Cavaleiro de Bronze
Cavaleiro
Deus a que serve Athena
Armadura Unicórnio
Golpes Galope do Unicórnio (Unicorn Gallop)
Perfil
Nacionalidade Grega
Local de Treinamento Santuário de Athena
Nascimento Sabe-se lá
Frase Favorita "Porque eu sempre tenho que te ajudar, Tenma?"


Cquote1.png Você quis dizer: Jabu de Unicórnio Cquote2.png
Google sobre Yato de Unicórnio
Cquote1.png Experimente também: Tenma de Pégasus Cquote2.png
Sugestão do Google para Yato de Unicórnio
Cquote1.png Galope do Unicórnio! Cquote2.png
Yato usando um dos seus golpes
Cquote1.png Galope do Unicórnio! Cquote2.png
Yato usando outro dos seus golpes
Cquote1.png Galope do Unicórnio! Cquote2.png
Yato usando o mais forte dos seus golpes
Cquote1.png Galope do Unicórnio! Cquote2.png
Yato sobre seu único golpe

Apresentação[editar]

O sorridente e dispensável Yato de Unicórnio.

Yato de Unicórnio (mas que também atende pelo nome de "Chato de Cavalo Chifrudo") é mais um Cavaleiro de Bronze de Athena, que aparece no mangá/anime/shounen/yuri The Lost Canvas, que nada mais é do que um grupo de OVAs criados por Masami Kurumada para ainda estabelecer o seu monopólio otaku sobre o mundo inteiro, trazendo de volta às telinhas os seus Cavaleiros sem cavalos (mas com armaduras, como se isso fosse fazer a diferença), para alegria do seu antigo público, que hoje se encontra em sua maioria na Terceira Idade da vida.

Yato de Unicórnio é a encarnação passada de Jabu de Unicórnio, possuindo todas as suas características, mau-humor e até mesmo o jeito enjoado e exibido, típico dos Unicornianos protegidos por essa constelação tosca. Além disso, como não podia ser diferente, tem uma desavença com o protagonista, que nada mais é do que o Cavaleiro de Bronze de Pégasus, que na época de 1900 e guaraná com rolha (quando se passa o anime), está na pele de Tenma de Pégasus.

Treinamento na Grécia[editar]

Tenma e Yato brigando feito muleques de rua em seu duro treinamento no Santuário de Athena.

Os primeiros episódios de Saint Seiya: The Lost Canvas focam-se exclusivamente na infância dos protagonistas Tenma, Alone e Sasha, mostrando um pouco da sua vida pobre, sua morada num orfanato italiano e da descoberta sexual de cada um com relação aos seus poderes. Sasha é mandada para o Santuário de Athena logo quando criança, pois descobriu-se que ela era, nada mais e nada menos, a reencarnação de Athena daquela época.

Tenma, que morava em um orfanato com Alone, Sasha e outras crianças, também se muda para o Santuário quando conhece Dohko de Libra, um Cavaleiro de Ouro que se interessou por ele (ui!) assim que o viu destruir uma montanha de pedras que bloqueavam uma represa, somente para salvar seus amigos do orfanato. Alone, que não foi adotado por ninguém (coitadinho!), acabou recebendo um beijo de Pandora (pelo visto foi o único que se deu bem) e despertou a alma do Imperador Hades que vivia dentro dele, tendo como um único objetivo dominar o mundo.

A Armadura de Cobre Bronze de Unicórnio. Quase semelhante à de Pégasus.

Durante o treinamento de Tenma para se tornar um cavaleiro de Athena (sem saber que a deusa era a sua gostosa amiga Sasha), ele conhece Yato, um também aspirante a Cavaleiro e que era uma das maiores revelações por alí, devido a sua tamanha força se comparado com os outros noobs que tinham acabado de chegar. A aura dos dois aspirantes a Cavaleiro não se batiam direito, pois Tenma tinha chego naquelas bandas com a ajuda de Dohko, que tinha uma moral que ninguém mais alí tinha.

Para mostrar que o Cavaleiro de Ouro de Libra tinha cometido um total fail ao levar Tenma para lá, Yato o desafia para um duelo, somente para humilhar o rapaz, já que o mesmo tinha conseguido despertar o seu cosmo com um despertador somente com a força de vontade, diferentemente de todos que alí estavam, que tiveram que ralar muito para chegar aonde estavam, incluindo o próprio Yato (teve alguns chegaram ao ponto de até mesmo usar-se de dorgas, mano, fortíssimas para conseguir liberar pelo menos um cosminho que fosse, mesmo assim ainda continuavam tão fracos quanto o mais fraco dos Espectros).

Na luta que se seguiu, Tenma e Yato se digladiaram com toda a força que tinham. Infelizmente o duelo já estava decidido para o mais forte deles que, claro, era Tenma Yato. Sim, Yato acabou ownando Tenma vergonhosamente com um soco direto na cara, sem falar que ainda disse para ele que Dohko tinha sido um idiota ao trazer uma pessoa daquelas para o Santuário. Além disso, como todo Cavaleiro de Bronze de Unicórnio, Yato vivia à arrastar uma asinha pela Sasha (mas pelo menos ele não era tão tonto à ponto de servir de cavalo para a moça quando a mesma estava ainda pequena e mimada), mesmo que a menina tivesse que se comportar por alí, já que tinha um namorado era uma Deusa.

Assim que a Guerra Santa acabou por começar, os novos Cavaleiros foram formados do batalhão de treinamento em que Yato e Tenma estavam. O primeiro acabou recebendo o a Armadura de Bronze de Unicórnio e o segundo a Armadura de Bronze de Pégasus, ou seja, ambos acabaram se tornando cavaleiros e recebendo armaduras de cavalos, para mostrar que eles somente serviam como burros de carga transporte para os mais fortes.

Yuzuriha de Grou[editar]

Yato e seu único mais forte e potente golpe, o Galope do Unicórnio.

Assim que o cosmo de Hades acabou sendo sentido por Athena, mostrando que o mesmo havia sido desperto, uma guarnição de alguns Cavaleiros de Ouro, Prata e Bronze foram mandados para investigação por Sage, o Grande Mestre. O local escolhido para começar a busca foi, coincidentemente (ou não), a cidade onde Tenma, Sasha e Alone tinham nascido. Por conhecer a área como a palma da sua mão, Tenma foi escolhido para ir junto nesse grupo, além do fato dele ser o protagonista do anime também.

Yato também foi chamado somente para fazer uma ponta especial, já que seria atacado logo no começo. Dohko de Libra e Shion de Áries foram os Cavaleiro de Ouro escolhidos para comandar esse time, que rapidamente se dirigiu para lá (não se sabe como eles chegaram no local indicado tão rápido, já que eles estavam na Grécia e logo depois dos comerciais já estavam na Itália, mas tudo bem). Como já dito mais atrás, Yato foi o primeiro a ser atacado, justamente pelo Imperador Hades, que estava cercado de Espectros. Foi então que Tenma descobre que Alone tinha se tornado Hades.

Yato como sempre muito educado em se tratando da mulherada.

Com uma simples pincelada em um quadro com o desenho de Tenma, Alone mata o Cavaleiro de Pégasus facilmente, sendo isso uma cena inédita em todo anime de Cavaleiros do Zodíaco, já que o Cavaleiro de Pégasus é o ser humano mais imortal que se tem, até mesmo mais imortal que um Deus. Depois de ter tido a sua pulseirinha de rosas arrebentada por Tenma, os cabelos loiros de Alone se tornam negros afro-descendentes, mostrando que Hades havia possuído até o último fio de cabelo do humano mais puro do mundo naquela época (sendo que, na próxima, quem tomaria esse posto seria a bibinha do Shun de Andrômeda).

A hentai lemuriana Yuzuriha de Grou.

Depois desses muitos assassíneos, Alone resolve ir embora, sendo que toda a guarnição de Athena, pelo menos a que sobreviveu, teve que recuar, deixando para trás os corpos de Tenma e de Yato, já que ficar carregando peso morto de cavaleiros só atrasaria ainda mais o correr pra caralho dos sobreviventes. Porém, Yato ainda não estava morto (vaso ruim não quebra afinal), sendo que, assim que acorda, resolve recolher o corpo de Tenma dalí e levá-lo sabe-se lá para onde.

Nesse mesmo instante, aparece a lemuriana yuzuriha, que veio da Tão Tão Distante Jamiel. A loira, depois de uma pequena luta contra Yato (onde ela que venceu, claro), explica para o mesmo que Tenma não está morto, já que ele é o protagonista do anime. Mas para salvá-lo, eles precisam ir para Jamiel e falar com o seu mestre Hakurei, para saber como trazer a alma de Tenma de volta ao seu corpo. Utilizando de seu super-poderes, Yuzuriha transporta à ela, Yato e Tenma para Jamiel, onde encontram com Hakurei, o Mestre de Jamiel e que dá uma de Hefesto nas horas vagas, consertando armaduras que estão mais quebradas que a de um paga-lanche na hora do recreio.

A Armadura de Unicórnio, que estava em um estado deplorável, é restaurada com o sangue de Yuzuriha. Para compensar a brincadeira, Yato é mandado para o Inferno pelo poder de Hakurei, onde ele teria que encontrar Tenma, libertá-lo e, depois de colher os frutos do saboeiro do Inferno, voltar para Jamiel, onde ele mais Asmita de Virgem estariam esperando. É realmente um grande burro de carga.

Descida ao Inferno[editar]

Contra Fiodor de Mandrágora, Yato não pode fazer nada (como sempre).

Com o seu poder do Sekishiki Meikai Ha (típico de Cavaleiros de Ouro de Câncer), Hakurei manda Yato para o Inferno, sendo que o mesmo é seguido por Yuzuriha para que consiga realizar a sua tarefa mais rapidamente e não fique perdendo tempo por aquelas bandas como uma alma penada. Assim que chegam perto da Colina do Yomotsu, eles escultam um grande barulho, provocado por nada mais e nada menos que Tenma de Pégasus, que estava servindo de prisioneiro sexual para Fiodor de Mandrágora e estava fazendo mais escândalo do que uma bicha quando a "amiga" chega com uma roupa nova na escola.

Primeiramente eles enfrentam o Espectro Markino de Esqueleto, que é facilmente derrotado por Yuzuriha (mais uma humilhação para o Unicórnio), sendo que, quando aparece Fiodor, a mesma não tem nenhuma chance, sendo erremessada contra a parede pelo mesmo. Os guerreiros então travam uma luta contra o Espectro de Mandrágora, mas somente Yato consegue fazer um arranhãozinha na Sápuris do Espectro, exatamente no lugar de onde saia os seus fortes barulhos do Grito Dilacerante. Tenma, se libertando, mata o Espectro com o seu Cometa de Pégasus.

Assim que conseguem sair do cativeiro, ambos tem um desagradável encontro com o babão Cérberus, o cachorrinho de três cabeças de Hades, que vagava serelepemente por alí e adora devorar brincar com gente viva. Ele ataca a todos que aparecem, sendo Yato a primeira vítima dele (como sempre, o mais fraco vem em primeiro). Utilizando do seu mais forte (e único golpe) Galope do Unicórnio, ele consegue atingir uma cabeça, mas esquece que o animal tem três, quase sendo devorado pela outra que nem recebeu o ataque. Yuzuriha (como sempre) o salva, fincando a sua kunai na fuça do animal.

Contra Cérberus ele ainda foi muito pior (eta cara inútil).

Tenma, mesmo ainda estando morto, usa seus meteoros e atinge todas as cabeças de uma vez, fazendo o cachorro desmaiar. Hades aparece nesse momento, sendo que Yuzuriha, em um ataque suicida, resolve atacar o Deus, mas acaba sendo jogada pra longe, sendo que Yato a salva dessa vez. Após Hades ir embora, os três se dirigem ao saboeiro do inferno, mas Yato e Yuzuriha são paralisados pelo poder de Asmita de Virgem, que queria testar a força de Tenma de Pégasus.

Após acordar da sua paralisia e ver que o serviço tinha terminado (finalmente!), já que Tenma conseguiu as frutinhas do saboeiro que seriviram exatamente para Asmita se matar impedir que os Espectros de Hades ressuscitassem, ambos resolvem partir para Jamiel, porém acabam sendo impedidos por Stand de Besouro Mortal, que os aguardava para um combate. Como Tenma não tinha muito tempo de vida apesar de já estar morto, pois sua pulseirinha de flores estava quase morrendo e o levando junto, Yato achou melhor que ele e Yuzuriha partissem e que ele ficaria para matar o Espactro.

Mesmo sendo tão grande e burro quanto uma porta, Yato conseguiu superá-lo, sendo facilmente atacado pelo Fique comigo (ui!) do Espectro. Quando o Yato de Unicórnio estava quase sendo derrotado pelo Espectro, a espada que ele carregava e que tinha sido lhe dada por Hakurei em sua partida para o Inferno, faz com que ele volte para Jamiel, haja visto que aquela espada tinha sido banhada com o sangue de Athena no passado e servia justamente para trazer almas de volta do Inferno. Que coisa mais bizarra isso!

The Lost Canvas[editar]

Hakurei sempre aparece com algum servicinho para Yato resolver.

Assim que chegam em Jamiel, o grupo de Tenma, Yuzuriha e Yato se deparam com um grupo de Espectros que vieram justamente matar os Cavaleiros que alí estavam, sendo todos liderados por Chesire de Cat Sidhe e ressuscitados logo após o ataque de Asmita de Virgem. Os Cavaleiros somente precisam proteger a torre de Jamiel enquanto Asmita se mata para impedir a ressusrreição dos 108 Espectros. Hakurei não move uma palha sequer para ajudar os guerreiros, ficando somente dentro da torre, no bem e bom. Assim que Asmita termina o trabalho com o colar e morre, todos os espectros são derrotados, menos Chesire, que foge para comentar os babados com Pandora.

Após todos esses acontecimentos em Jamiel, Yato retorna junto com Tenma para o Santuário, no momento em que Hades resolve atacar aquelas bandas, mas somente Tenma enfrenta o Senhor do Mundo dos Mortos (óbvio). Durante o período que se segue com a invasão de Hades ao Santuário, o início da criação da Lost Canvas, a morte de Hasgard de Touro e tudo mais, Yato acaba sendo totalmente esquecido, voltando um pouco mais tarde.

Tudo sempre acaba sobrando para Yato de Unicórnio (é o que dá ser dispensável).

Ele acaba recebendo mais um pedido de Hakurei (não se sabe o porquê desses pedidos sempre parecerem ordens, mas tudo bem), o de salvar, mais uma vez, Tenma, que tinha sido preso por Manigold de Câncer em uma prisão no Santuário de Athena, mais precisamente em uma torre que ninguém deveria ter acesso, mas Yato conseguiu isso sabe-se lá como. Junto com Yuzuriha, que agora tinha virado a Amazona de Prata (um posto acima do dele, olha que humilhação) Yuzuriha de Grou, ambos conseguem libertar Tenma e se tornaram miguxos de Manigold.

Após isso, todos se mandam para Jamiel, onde o Barco de Athena deve ser encontrado (nem sabia que Athena tinha um barco na mitologia) e levado para a Lost Canvas. No caminho, são atacados pelos Espectros de Hades e por Aiacos de Garuda, um dos Titãs infernais, que também tinha um barco voador (WTF?). Yato enfrenta novamente Stand de Besouro Mortal, onde por pouco não morre se não fosse por Tenma e Sísifo de Sagitário. Durante o duelo que se segue é Yato que banca o capitão do navio, já que tinha servido na Marinha quando ainda era não era um cavaleiro (ou não).

Ver também[editar]


Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Yato de Unicórnio no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
Cavaleirospredef2.jpg