Três Juízes do Inferno

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Night creature.JPG Três Juízes do Inferno surgiu das trevas!!

E à meia-noite vai levar a tua alma!

Puro osso.gif
Cquote1.png Você quis dizer: Juízes do Mundo dos Mortos? Cquote2.png
Google sobre Três Juízes do Inferno

Cquote1.png Experimente também: Dotor Adevogado Cquote2.png
Sugestão do Google para Três Juízes do Inferno
Cquote1.png Os três juízes do Mundo dos Mortos aqui? Isso não é nada bom! Orfeu de Lira Cquote2.png
Titãs do Inferno
Cquote1.png Fracotes! Cquote2.png
Kanon de Gêmeos sobre Titãs do Inferno
Cquote1.png Um golpe não funciona duas vezes contra um Cavaleiro! Isso está mais do que óbvio! Cquote2.png
Ikki de Fênix sobre Titãs do Inferno

Os Titãs Infernais, e Juízes do Mundo dos Mortos, Aiacos (na esquerda), Minos (ao centro) e Radamanthys (a direita)

Cquote1.png Que decepção! Cquote2.png
Hades sobre Titãs do Inferno
Cquote1.png Sou mais eu! Cquote2.png
Thanatos sobre Titãs do Inferno
Cquote1.png Sou mais eu!² Cquote2.png
Hypnos sobre Titãs do Inferno
Cquote1.png Só lutei contra um, ainda bem! Cquote2.png
Seiya de Pégasus sobre Titãs do Inferno

Apresentação[editar]

Pingentehades.jpg

Pertencentes ao anime yaoi Cavaleiros do Zodíaco, os Titãs do Inferno é como são conhecidos cada um dos intregrantes do trio dos famosos (e não tão queridos assim) Juízes do Inferno. Tais homens são os Guerreiros mais fortes entre os Espíritos Malignos Espectros do foderoso Imperador Hades, o senhor do Mundo dos Mortos. São três Cavaleiros (metido a) machões, que se utilizam de simples Armadurinhas Negras (conhecida como Sápuris), todas possuidoras de um lindo par de asinhas.

Cada um deles possui a mesma simples missão de vida, que é julgar cada um das almas desgraçadas que chegam agonizando ao Inferno, sendo que esse objetivo deles é só para decidir para qual dos variados círculos do inferno o morto vai, pois, já que ele chegou até onde está, com certeza não é por que irá para o Paraíso, pois quem vai pra este lugar dos sonhos, vai direto, sem escalas nos Domínios de Hades. Esses tais juízes são:

Radamanthys de Wyvern[editar]

Radamanthys se preparando para ownar alguém!

Radamanthys de Wyvern é um dos principais Espectros, sendo o mais fiel ao Imperador Hades, fazendo todos os desejos sexuais que o Governante do Inferno possuir e a qualquer momento. Pode até reclamar uma hora ou outra de suas tarefas escravocrata, mas até que, bem no fundo, ele gosta de sofrer mesmo as ordens que lhe impõe obrigatoriamente. Um cara arrogante e egoísta, que gosta de fazer tudo sozinho, mas sempre acaba se dando mal no final, se tornando um cara totalmente dependente dos outros, mas isso é bem melhor do que acabar morrendo desgraçadamente (Ou não).

Depois da ida dos Cavaleiros para os Elíseos, ninguém mais teve notícias de Radamanthys

Ele arrasta uma asinha pela hentai que ele denomina, respeitosamente, de Senhora Pandora. Trata-se da irmã mais velha do Espírito de Hades, que foi encarregada, a mando de Hypnos e Thanatos, de ir em busca do corpo que serviria como hospedeiro para a reencarnação do Imperador Adriano, que, infelizmente, acabou sendo, simplesmente, o corpo do personagem yaoi Shun de Andrômeda, o irmão mais novo de Ikki de Fênix, e tudo isso porque o corpo de Shun (ainda) era o mais puro que habitava a Terra.

Teve o prazer (ou nem tanto prazer assim), de enfrentar os Cavaleiros de Bronze de Athena, que a vieram resgatá-la do Inferno, no momento em que ela havia se matado para poder chegar a tal lugar (WTF?). Mesmo protegido pelo poder de Hades na Mansão da Família Heinstein, ainda levou a pior dos cavaleiros, tendo a sua armadura arranhada pelo Cometas de Pégasus (advindos do encosto Seiya de Pégasus), e ainda foi arremessando, junto com o mortal-imortal, já citado, pelo buraco que levava diretamente para o Mundo dos Mortos (caso pudesse ser despertado o 24º 8° Sentido, ou tivesse alguma proteção do Imperador).

No Inferno, enfrentou mais uma vez o encosto, junto agora de Shun de Andrômeda (que se revelou Hades) e Orfeu de Lira. Mais tarde bateu de frente em uma luta mortal com Kanon de Gêmeos (com quem já havia lutado mais cedo e quase perdido), levando um especial de porrada do irmão de Saga de Gêmeos. Após ter tido a sua luta parada pelos outros juízes do Mundo dos Mortos, ainda voltou a lutar contra Kanon (que agora havia perdido a Armadura de Gêmeos), mas não se sabe o que aconteceu, se morreu, ou não, pois ele acabou sendo deixado de lado quando começou a Fase Elíseos da Saga de Hades.

Aiacos de Garuda[editar]

Aiacos mostrando que tem um rosto embaixo do elmo que lhe dá uma franginha emo

Aiacos de Garuda é o segundo juís do Mundo do Mortos a dar o ar da sua graça pelas bandas do anime. Mas, desde o primeiro momento em que surgiu, não passou de um simples e mero expectador dos poderes soníferos que a lira de Orfeu de Lira fazia em todo mundo, principalmente em caras fracos (menos em Radamanthys, que não foi pego pelo golpe). Caiu como um patinho nessa brincadeira do Cavaleiro de Prata, tendo doces sonhos juntos com Pandora e Minos (mas sabe-se lá com o que ele sonhava).

O Espectro de Garuda sendo ownado pelo Golpe Fantasma de Fênix (pior pra ele)

Seu poder de combate foi mostrado pelo primeira vez quando enfrentou Kanon de Gêmeos, no momento em que se meteu no meio da luta com a de Radamanthys, que, tava mais do que na cara, era a vitória garantida do Cavaleiro de Gêmeos. Luta bem (mal) pra caralho caramba, mostrando a força que o seu ataque, a Ilusão Galática, é capaz de fazer no adversário, deixando-o completamente tonto e com a cara borrada. O seu cabelo cobre completamente os seus olhos, mas nem pense em chamá=lo de emo, ou você será OWNADO rapidamente.

Seu combate mais fodástico (se não o único, já que não tinha muito tempo como um Juiz do Inferno), foi contra o Cavaleiro de Bronze Ikki de Fênix, que apareceu para ajudar o seu amigo Kanon, que estava em desvantagem. Ikki lutou bravamente, recebendo duas vezes consecultivas o ataque Voo de Garuda de Aiacos, que consistia em um arremesso para as alturas do inimigo que o desafiasse à fodilhésimos kilômetros de distâncias, fazendo-o cair exatamente em um X que ele marcava no solo. Uma vez o ataque funcionou perfeitamente, mas na segunda "Um ataque não funcionava duas vezes contra um Cavaleiro de Athena".

Depois de escultar essa frase (nem tão óbvia assim), Aiacos decidiu partir para outro ataque, o Ilusão Galática, que Ikki ainda não tinha visto, mas o cavaleiro sobreviveu ao golpe e não caiu uma segunda vez (pelo motivo da frase já citada). Ikki aproveita e lança em Aiacos o Golpe Fantásma de Fênix, que estraçalha com a mente do cara, mas não mata, só o cansa. Aproveitando que ele estava esgotado, Ikki o mata de vez com a foderosa Ave Fênix. Bom, esse Juiz foi uma perda de dinheiro para Hades.

Minos de Griffon[editar]

Minos mostrando como se dança de verdade, quando Orfeu resolve tocar uma música agitada

Minos de Griffon é o último juiz do Mundo dos Mortos a aparecer, no começo, da mesmo forma que Aiacos de Garuda e Pandora de Heinstein, acaba caindo na Pegadinha do Malandro de Orfeu de Lira, que, ao invés de tocar uma musiquinha para destrair os Juízes e o Imperador Hades, lança um golpe que os faz dormir por "pequenos" dez dias seguidos e sem intervalo de tempo para as refeições, mas depois acaba sendo acordado com a morte do Cavaleiro de Prata de Lira.

Junto com Aiacos, foi em socorro do seu outro amigo de Tribunal, Radamanthys de Wyvern, que estava levando um belo especial de porrada de Kanon de Gêmeos, interferindo na luta no momento em que Kanon daria para Radamanthys (ui!) o seu golpe de misericórdia. Minos compra a luta de "Rada" e apresenta a Kanon o seu principal poder, a Marionete Cósmica. Nesse golpe, Minos transforma o inimigo em uma marionete controlada por fios invisíveis, fazendo o inimigo se contorcer de dor aos seus mais singelos movimentos de dedos. Conseguindo quebrar até uma unha um dedo de Kanon. Mas acaba tendo o seu golpe anulado quando Ikki interfere no golpe, cortando os fios invisíveis (não me pergunto como ele os viu!).

Cquote1.png Você quer que eu quebre o seu pescoço, ou destrua o coração? Cquote2.png
Minos ainda dar a oportunidade do inimigo escolher como quer morrer

Quando os Cavaleiros de Ouro se reúnem para destruir o Muro das Lamentações, Minos aparece para lutar contra os Cavaleiros de Bronze, que só esperavam os de Ouro morrerem fazerem o trabalho de destruir o muro (ou seja, a parte mais difícil), Minos acaba sendo jogado longe com o poder que veio dessa destruição. Depois da abertura do cu Muro das Lamentações pela união de força dos Cavaleiros de Ouro, Minos ainda aparece para impedir a ida dos Cavaleiros para os Campos Elíseos, mostrando que não seria um pequeno tremor de terra que o destruiria.

Enfrentando o suspeito Hyoga de Cisne, tem sua passagem bloqueada por uma parede de gelo, mas que acaba não passando de uma fina camada fria, sendo destruída apenas com um soco do Juiz. Ele então aplica a Marionete Cósmica em Hyoga (que se deixou receber de poprósito, para faciliar a ida de Shun e Seiya para os Elíseos). QUando percebe que seus friends conseguiram passar para os Campos, Hyoga congela os fios que o prendem a Minos e, arrenbentando-os, dispara o seu glope plagiado de Camus de Aquário, a Execução Aurora. Minos ainda é duro na queda, continua vivendo, ainda por um filete de estava preso a Hyoga, que já tinha proceguido para os campos. Porém, ao adentrar a dimensão que o enviaria aos Elíseos, Minos tem o seu corpo totalmente destroçado, pois sua Sápuris não tinha sido banhada pelo sangue e pelo amor de Hades, assim como foram as Armaduras de Bronze, pelo sangue de Athena (pena!).

CUriosidades[editar]

Bom, pelo menos eles ainda são mais fortes do que esses aqui!
  • Os mais fortes Espectros de Hades foram derrotados pelas mãos de simples Cavaleiros de Bonze (uma vergonha para o Senhor do Mundo dos Mortos) e isso porque eles são os mais fortes;
  • Somente Radamanthys sobreviveu a esse cruel destino (Ou não, já que ninguém sabe o que houve depois com ele, o mesmo se aplica a Kanon);
  • Qualquer um dos Cavaleiros de Athena são mais fortes do que eles, fato que explica o motivo de todos terem sido humilhantemente derrotados;
  • Não se sabe se eles foram pro Inferno depois de mortos, afinal lá eles já estavam e o local ficou pior ainda com a chegada de Athena e de seus capangas;
  • Quem é que vai levar e trazer os mortos pelo Rio Aqueronte, se Caronte de Aqueronte morreu pelas mãos do encosto Seiya de Pégasus?;

Ver também[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Três Juízes do Inferno no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
Cavaleirospredef2.jpg