Tommy Gunn

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Thomas Joseph Strada
Cxi9hk8sxxr0ljuclpjr.jpeg
Olhe para esse sorrisinho maroto...
Nascimento 13 de maio de 1967
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Ocupação Puto pago
Altura 1,73 m
Olhos Castanhos
Cabelo Castanho

Tommy Gunn é um ator pornô que começou a carreira já tiozão, com quase quarenta anos de idade na fuça.

Biografia[editar]

Nasceu em Nova Jérsei, mas é filho de um italiano com uma chinesa, sabe-se lá como isso aconteceu.

Foi um moleque extremamente tímido com as garotas na escola, pois era baixinho e magrelo. Assim como você, que é um loser na vida, Tommy Gunn poderia muito bem ter usado os trocentos foras que tomou como desculpa para virar um nerd punheteiro virjão e solitário, mas felizmente tomou vergonha na cara e começou a malhar para ficar com o corpo musculoso como as meninas gostavam. Há quem diga que ele também chegou a usar anabolizantes para obter um resultado mais rápido e satisfatório, mas levando em consideração o tamanho da piroca que ostenta, provavelmente isso foi apenas um boato inventado por gente recalcada que jamais terá ou chupará uma rola igual à dele.

Fã de esportes desde a infância, sonhava em ser atleta profissional quando crescesse, mas não conseguia decidir em qual modalidade gostaria de seguir carreira. Esta dúvida chegou ao fim quando ele virou monstro de tanto fazer musculação na academia, e assim sua escolha óbvia foi pelo fisiculturismo. No primeiro campeonato do qual participou, já foi desclassificado porque acidentalmente rasgou a sunga com o pau, mas como sempre tem algum cafetão infiltrado nesses tipos de concurso, Gunn recebeu um convite para virar stripper em uma boate gay, o qual aceitou sem frescura.

Durante uma apresentação de striptease na Hungria, Gunn conheceu a também stripper Rita Faltoyano, por quem se apaixonou e foi correspondido. Ambos começaram a namorar, até que ela recebeu a proposta de virar atriz pornô, mas disse que somente aceitaria se o amado pudesse acompanhá-la sempre durante as filmagens. Como já estava acostumado a ver a namorada no meio da putaria, ele nem se importou com a ideia e topou de boa.

Em 2004, enquanto aguardava Faltoyano terminar de ser enrabada por duzentos e oitenta e sete negões consecutivamente, Gunn fez amizade nos bastidores com Brad Armstrong, um dos muitos caras que já haviam comido profissionalmente sua namorada, e foi convencido por ele de se juntar ao lúdico universo da pornografia. Logo no primeiro filme do qual participou, já faturou o prêmio de melhor caralho revelação. Aquele seria o primeiro de muitos AVN Awards que Gunn viria a ganhar, além de outras premiações não tão importantes como o Oscar e o Globo de Ouro.

Gunn e Faltoyano se casaram em 18 de junho de 2005, mas em 2008 se divorciaram porque ele a teria traído com Ashlynn Brooke. Sim, traição entre atores pornôs, não questione a coerência disso.

Além de atuar, Gunn também chegou a dirigir alguns filmes, mas como não aguentava ficar apenas olhando, sempre acabava largando o posto de cineasta e literalmente se metia performaticamente nas cenas. Por conta disso, a empreitada como diretor não deu muito certo e foi abandonada.

Atualmente[editar]

Desde 2012, Tommy Gunn faz um bico paralelo como empresário, lançando uma linha de produtos licenciados que inclui cuecas e próteses penianas inspiradas em seu próprio instrumento de trabalho, sucesso de vendas entre os machos virgens.

Eventualmente, também faz participações especiais (leia-se figuração) em obras não pornográfcas, mas nem adianta citar aqui quais foram porque são tão insignificantes que ninguém conhece.