Super-herói

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Taumaporra Meme.jpg Eu sou obrigado a falar...esse artigo aqui tá uma porra!
Dá pra botar essa... porcaria pra melhor?


20121009225518!Os Incríveis.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

Quevedo25on.gif Este artigo trata de coisas que nón eczisten!

Este artigo trata de algum mito, lenda, conto, história de pescador ou desculpa esfarrapada e provavelmente contém informações sobre animais grotescos que capturam sua alma.

Encontre Wally versão hard.

Super heróis são boiolas caras bem dotados (mas que não são o Kid Bengala) de incríveis poderes que, por falta ter quem comer, passam a vida combatendo o Mal e defendendo os chatos deprimidos. Em vez de usar seus fantásticos dons para pacificar a Palestina, limpar Brasília ou desfavelizar o Rio, eles vivem lutando contra uns bandidinhos de merda como Lex Luthor ou Dr. Octopus, que só queriam dominar o mundo em paz. Os super heróis tem a irritante mania de ser afeminados bonzinhos e de bom caráter, e vivem se fodendo passando por situações difíceis por pensarem sempre nos interesses dos outros antes de pensar nos próprios. Por isso mesmo, são adorados por milhões de nerds, emos e leitores de artigos idiotas da Desciclopédia. As únicas exceções a esta triste regra são o Chuck Norris, o Capitão Nascimento e o Chapolin Colorado, que por isto não serão discutidos neste artigo.

Biografia típica dos super heróis[editar]

Super JC: nasceu pobre e analfabeto, e depois descobriu ter super poderes.

O super herói típico é como o Lula: nasce analfabeto e não sabe de nada. Não sabe quem são seus verdadeiros pais, e se sabe os perdeu muito cedo (geralmente é criado pela avó ou pela tia boazinha, já viu no que dá). Não sabe que possui superpoderes. Não sabe declarar o Imposto de Renda. Não sabe que tem um ricaço comendo namorando sua amada. Um dia, porém, é pego pelo TRAUMA, e esse acontecimento traumático faz com que ele se descubra. Aí aparece alguém mais velho e muito sábio para enrabá-lo instrui-lo na sabedoria do bem bla-bla-bla e ensiná-lo a usar seus poderes. Geralmente este mestre também lhe conta quem foram seus pais e que ele tem uma missão idiota e impossível. Como ele é o mocinho da história, no fim ele consegue derrotar o monstro gigante e fedorento, mas sua amada continua não querendo dar para namorar com ele. Aliás, uma das provas da idiotice dos super heróis (ver adiante) é que ele nunca conta pra gostosa que ele é o poderosão da história, com a desculpa de que tem medo de que seus inimigos a usem contra ele. Com isso, passa a vida inteira sem usá-la a seu favor.

Alguns dos super heróis mais famosos[editar]

Super-homem[editar]

Sem comentários...

O Super-Homem não era super nem muito menos homem. Nasceu no planeta Tatooine Krypton, que era como o Rio Grande do Sul finge ser: um lugar isento de boiolagens. Aí o Grande Oráculo do Planeta previu que aquele bebezinho viria ser a primeira biba a poluir o planeta e resolveram mandá-lo para a Terra, que já tinha o Caio Blat e a Rogéria, mesmo.

O pai do pivete não acreditou no oráculo, ficou puto e inventou uma bomba que explodiu o planeta em pedacinhos. Alguns pedaços chegaram na Terra antes do bichinha menino (que viajava num [[Fiat 147]]) Uma pedra bateu no veículo e o tirou da rota: em vez de pousar em Campinas como planejado, ele foi parar em Smelllittlepequenatownville, onde foi adotado por um velho broxa que não tinha filhos.

Lá, ele conheceu e se apaixonou por Lex Luthor, um jovem rico e promissor que sonhava em dominar o mundo. Queria dar para o Lex, mas regateava: quando Lex chegava junto, ele fugia. Um dia, Lex Luthor achou uma pedra que tirava a força e a supervelocidade do amiguinho. Começou aí um caso que durou alguns meses, até que Luthor enjoou dessa luta e o abandonou. Depois disso, Clark Kent (era o nome-fantasia do Super-homohomem) nunca mais parou de peseguir o pobre Lex, infernizando a vida do coitadinho por causa de um amor não correspondido.

Os amigos do Super tentaram limpar a barra dele; inventaram uma paixão por Lois Lane e até um casamento, mas não apresentaram nenhuma prova documental, sendo incerta até mesmo a existência de tal personagem. Afinal, que mulher se casaria com um cara que usa uma roupinha azul colada, com um sungão vermelho por fora?

Homem-Aranha[editar]

Notou alguma semelhança?

Ele era apenas um garoto nerd com sérios problemas de identidade sexual: tentava se convencer de que era apaixonado pela gostosa da escola, mas gostava mesmo era dos fortões do time de futebol. Vivia com uma tia boazinha e um tio mocorongo bonachão.

Os colegas percebiam que ele era, tipo assim, delicado. Por isso mesmo, o esculachavam sem dó. Um dia, pegou no pau esbarrou em um colega durante uma visita a um laboratório de pesquisa genética. O colega o empurrou bem em cima de uma caixa de vidro cheia de aranhas, que se espatifou toda. Ele tinha pavor, ódio, rancor receio de todos os tipos de aranhas. Teve um ataque histérico e começou a gritar "fui picado, fui picado!" e desmaiou. Passou vários dias doente e delirando.

Enquanto isto, seu tio bateu as botas, isto é, foi comer capim pela raiz. O rapaz, então, se sentiu mais livre para soltar a franga, e costurou uma roupa coladinha para sair nas ruas caçando maus elementos. Mas ainda tinha vergonha da tia saber de suas preferências, e começou a usar também uma máscara. Mas como nem assim ele conseguia nada, vivia subindo pelas paredes. Logo ficou famoso e se tornou o herói de todas as drag-queens de Nova York. Enquanto isso, continuava fingindo que gostava da Mary Jane a biscate gostosa da escola.

Quarteto Fantástico[editar]

pelo menos tem mulher nessa.

Uma turma de amigos ricaços decidiu fazer um menàge a quatre (suruba) no espaço, algo nunca feito antes na história deste país. Como a nave espacial foi comprada noParaguai, deu merda deu tudo errado, uma parte da nave explodiu e eles foram bombardeados por Raios Gósmicos do Espaço, bem na hora em que a putaria experiência ia começar. O cara que segurava uma camisinha virou o Homem-Látex, o que segurava um vibrador de mármore virou o Coisa de Pedra, O que estava preparando os ferros em brasa virou o Atocha Humano (thanks C&P) e a única mina que já estava arrependida e querendo sumir daquela enrascada virou a Tetuda Invisível.

De volta à Terra, eles logo ficaram famosos, principalmente o Homem-Látex, que conseguia traçar uma mina em um lugar, dedilhar outra a cinco quadras de distância e, com a mão que sobrou, comprar uma paradinha na boca mais próxima. Só a Tetuda Invisível ficou decepcionada: ningúem notava ela.

Acontece que um amigo deles, que já tinha ficado com inveja porque não o chamaram para a suruba, ficou ainda mais fulo com o sucesso deles, e comprou sua própria nave bichada no Paraguai e lá foi para o espaço. Só que a nave dele estrunchou-se bem na hora em que ele estava obrando, e tudo que ele conseguiu foi uma caganeira radiativa crônica.

Isso o deixou ainda mais vingativo, rancoroso e imbecil. Toda vez que olhava para o que produzira, enquanto a privada derretia, dizia: Este também será seu destino, Quarteto Fantástico! Foi assim que ele se tornou o Dr. Destino e o arqui-inimigo de nossos heróis.

Porque os super heróis são idiotas[editar]

Agora melhorou!
  • 1- Ele sempre cai nas armadilhas dos vilões. O herói vê um buraco com uma placa "o super vilão está aqui" pula lá dentro e cai numa armadilha eletromagnética que vai desintegrá-lo em dez, nove, oito... (o vilão também é idiota, devia fazer uma armadilha que desintegrasse a outra anta logo.
  • 2- Quando pega o vilão, em vez de detonar o cara, ele fica com dó e ou o deixa ir embora ou o manda para a cadeia, de onde ele sabe que o vilão logo fugirá.
  • 3- Ele sempre usa um uniforme ridículo, quase sempre colado ao corpo (vide fotos autênticas acima) o que é muito desmoralizante, para dizer o mínimo.
  • 4- Ele sempre deixa outro comer a perseguida namorada dele. Mas talvez seja de propósito...
  • 5- Ele tem complexo de pobre. Impede um assalto de quinhentos milhões e não pede nem 1% de comissão.

As super-heroínas[editar]

Apesar de teram matado o Kurt Cobain e a Janis Joplin, as super-heroínas são muito melhores que os super heróis, porque são gostosas e também usam uniforme coladinho, o que eleva nosso moral.