Sting Chameleon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Babyashaus.jpg Este artigo se trata de um réptil!

Ele pode ser um dinossauro ou uma lagartixa, adora tomar sol e foi morto para virar bolsa de perua!

Caboco.jpg Bem-vindo à selva!

Este artigo é sobre algo ou alguém localizado no meio do mato e vai te levar para o Lado Verde Escuro da Força. Se vandalizares, Rambo vai descarregar a metralhadora no meio da tua fuça!

Sting Chameleon após bater a cabeça e pensar que é um cachorro.

Cquote1.png Você quis dizer: Yoshi Cquote2.png
Google sobre Sting Chameleon

Sting Chameleon é um dos primeiros chefões que fazem sua aparição ao longo de toda a série Megaman X. Como de costume, ele é um Maverick aleatório que decidiu se unir a Sigma por odiar os seres humanos devido a algum motivo aleatório do qual não se tem conhecimento. De todos os paus-mandados de Sigma, Sting Chameleon é o mais obscuro, pois não se sabe absolutamente nada sobre ele, apenas que ele é esnobe e orgulhoso. Por consequência disso, ele não respeita ninguém, apenas Sigma, por considerá-lo mais forte e provavelmente ter medo de apanhar. Sobre seus motivos pessoais para odiar os humanos: como já foi citado, não se sabe ao certo. O mais provável é que ele seja apenas mais um desses revoltados com a vida que necessitam de um alvo para desferir todo o seu ódio, e escolheu os seres humanos como força motriz de suas frustrações, o que explica porque decidiu se aliar ao aeroporto de mosquito e aos demais criminosos animalescos da primeira rebelião. De sobra, esse miserável consegue ser um dos mais apelões do game, e você só vai conseguir matá-lo se ter a sua disposição um bumerangue australiano roubado, uma vez que todos os ataques dessa desgraça são impossíveis de serem desviados.

História[editar]

Sting Chameleon verificando o poder de luta de um inimigo com seu scouter acoplado ao olho.
Sting, criador da milenar técnica do alpinismo em espinheiro.

Sting Chameleon era filho de um lenhador, com quem passou boa parte da infância. Sua mãe, uma espanhola com quem seu pai casou em uma visita ao país, teria sido devorada por um Pé-Grande europeu quando Sting ainda era criança, e por conta disso, ele nunca chegou a conhecê-la. Sting teria sido fruto de uma gravidez não planejada, e durante a gestação sua mãe teria tentado se suicidar inúmeras vezes ingerindo verde malaquita. Porém, nenhuma delas funcionou, e Sting teria nascido mesmo assim. Devido ao contato com o veneno ainda no ventre de sua mãe, embora Sting não tenha morrido, ele adquiriu um sério defeito genético, no qual teria nascido com a pele verde.

Como seu filho era uma aberração, seus pais decidiram que a melhor maneira de criá-lo (já que a merda tinha sido feita mesmo) seria afastando-se da civilização e dos olhares preconceituosos. Assim a pequena família fugiu pra uma floresta no Canadá, onde viveram os três juntos por seis meses até que sua mãe virasse janta. Após a morte da mesma, seu pai encontrou algumas partes (dois braços e uma perna) de sua mãe, e fez um enterro digno no quintal de sua casa. Seu pai decidiu plantar sobre sua cova algumas flores para deixar o lugar mais belo e fazer jus a memória da sua mãe, mas como era uma mulher mais amarga que salada de rúcula, a única coisa que cresceu lá foram pés de espinheiro.

Assim, o jovem Sting teve de ser criado por seu pai. Como sabia que seu filho necessitava de leite materno, mas sua mãe já não estava entre nós, ele passou a levar seu filho para o celeiro todas as noites e o colocava para beber leite diretamente das vacas, uma vez que naquele fim de mundo em que viviam dificilmente seria possível encontrar uma mãe falsificada ama-de-leite. Assim, os dois viveram durante muitos anos assim, afastados da civilização e num lugar tão remoto que nem mesmo Deus sabia ao certo da existência. Assim que atingiu a idade suficiente, seu pai passou a ensinar seu filho o ofício de lenhador. Sempre que Sting perguntava porque ele era verde enquanto outras pessoas eram rosadas, seu pai inventava que ele foi presenteado com a bênção de uma fada da floresta. Afinal de contas, seria muito menos traumático para ele do que dizer que sua mãe tomava veneno para dar cabo dela e dele.

Sting exibindo suas habilidades natas com o Le Parkour.

Como naquele fim de mundo não tinha TV e nem Internet, nas horas vagas Sting costumava se divertir da melhor maneira que encontrou: escalando os espinheiros que cresciam no túmulo de sua mãe. Seu pai não aprovava aquilo, pois Sting sempre voltava pra casa cheio de arranhões ou espinhos encravados pelo corpo todo, mas não o impedia, afinal de contas, o pobre coitado não tinha culpa de não haver mais nada com o que se divertir naquele lugar. Logo, deixava seu filho brincar da maneira que desejasse, na expectativa de que por si próprio seu filho percebesse que brincar nos espinheiros era burrada. Mas não adiantou, e seu filho continuou a frequentar as árvores. Após anos voltando para casa cheio de buracos pelo corpo, Sting finalmente para de voltar sem qualquer machucado, tornando-se expert em escalar espinheiros. E mais: Sting adquiriu tanta experiência com seus hematomas que havia desenvolvido um novo método de caça, que consistia em arremessos de espinhos a distância, e passou a ajudar seu pai em suas caçadas, sempre com ataques certeiros bem na fuça de seus alvos.

Certa noite, cansado de mais um dia longo de caçada, assim que chegou em casa, nem jantou, e foi direto pra cama, caindo em sono profundo. Entretanto, no meio do cochilo, Sting acorda com fome, e dirige-se até a cozinha para fazer um lanchinho da meia-noite. Porém, como estava meio sonolento, assim que retira a comida da geladeira, ele acaba trancando sua língua nela, ficando preso até a manhã seguinte. Quando seu pai o ajuda e ele finalmente consegue se libertar, sua língua acaba sendo esticada e aumentando de tamanho. Desse dia em diante, Sting ficou incapaz de se alimentar de alimentos de tamanho muito grande, pois era muito difícil mastigar e manter sua língua toda enrolada dentro da boca sem mordê-la. Como já tinha comido moscas e baratas quando era pequeno e gostado, Sting acaba se tornando insetívoro, alimentando-se apenas de insetos e outros artrópodes que apareciam pela frente. Seu pai de início havia ficado preocupado, pois se seu filho já era estranho sendo verde e escalando espinheiros, que dirá comendo insetos? Mas ele fica relaxado ao perceber que seu filho adorava tudo aquilo... Por mais esquisito excêntrico que aquilo parecesse.


A revolta[editar]

Assim que Sting atinge seus 18 anos, seu pai revela que como estavam morando num país distante, eles deveriam seguir as leis nacionais. Dessa forma, ele deveria alistar-se ao exército nacional canadense por exigência do governo, e caso não o fizesse, seria caçado pela polícia montada e jogado numa masmorra, onde seria obrigado a escutar um loop infinito do aterrorizante hino nacional do Canadá. Medo da sina que o aguardava, sem nem questionar muito, Sting se alista, e acaba sendo aprovado. Assim, ele é enviado para um duro treinamento, onde seria obrigado a servir seu país por um ano. Durante sua estadia no exército, ele desenvolve várias habilidades de sobrevivência na selva, e surpreende a todos com suas técnicas avançadas de escalada e arremesso de espinhos. E para completar, após uma introdução básica sobre emboscadas na selva, Sting acaba ficando conhecido como o melhor soldado na arte da camuflagem, sendo inclusive capaz de entrar escondido na barraca do general e roubar café sem que fosse percebido.

Sting em um momento de depressão, após seu pai vestir o aconchegante paletó de madeira. Pra variar, ainda chove, só pra deixar o clima ainda mais lúgubre.

Após anos de serviço no exército, tendo conhecimento de suas habilidades, Sting é contratado pelo governo canadense para espionar os Estados Unidos, para retribuir na mesma moeda, já que os mesmos adoravam meter o nariz nos governos alheios. Como não tinha escolha, Sting aceitou, e passou a atura como um espião. Foi fácil: bastou uma uma certidão de nascimento falsa para que ele começasse a ser tratado como um legítimo norte-americano. Hospedou-se em alguns hotéis baratos próximos da Casa Branca, e sempre que possível, roubava informações sigilosas acerca da Nova Ordem Mundial e da Área 51. Após mais algum tempo de serviço, Sting consegue se aposentar ainda jovem, e finalmente pode voltar para a floresta e rever seu pai após tanto tempo fora.

Mas eis que surge uma desgraça: assim que volta para a floresta, ele fica sabendo que seu pai tinha sido devorado no almoço por um urso que tinha fugido do circo e não comia há dias. Aquilo teria gerado um efeito devastador na cabeça de Sting, que se fechou para o mundo e chegou a conclusão de que mataria qualquer um que ousasse se aproximar do lugar, desenvolvendo uma personalidade soberba e sádica. Sting se fechou naquela floresta, e passou a assassinar qualquer turista que sequer pensasse em visitar o local. Como o turismo vinha decaindo em virtude dos assassinatos, sendo que ele sempre fora uma importante fonte de divisas para a região, as autoridades decidiram isolar a região e alterar o cronograma de visitas, e para evitar que Sting se deslocasse para outras regiões, eles tacaram fogo em tudo, queimando a parte da floresta em que ele se escondia.

Entretanto, Sting conseguira escapar ileso, e aquilo só tinha contribuído ainda mais para ele odiar a humanidade, pois tinha destruído a floresta que servia como única fonte de lembranças de seus pais. Só o que lhe restava agora era um cabo de machado deixado pelo seu pai. Antes de planejar sua vingança contra os seres humanos, Sting precisava encontrar um novo lugar para morar. Dessa forma, ele acaba se refugiando numa pequena reserva florestal situada bem no meio de uma grande metrópole, que lembrava muito sua casa, exceto pela barulheira infernal do trânsito e pela poluição.

Apesar de ter encontrado uma nova casa, além do desafio de conseguir suportar aquele ambiente desagradável de cidades grandes, Sting também não fazia ideia de como faria para se alimentar, já que insetos nesses ambientes grandes costumam ser mais escassos que na floresta, devido ao constante uso de inseticidas para erradicá-los. O único lugar onde era possível encontrar insetos vivos era no bairro chinês, mas para isso, ele precisava de uns estranhos papeis verdes que o povo da cidade chamava de "dinheiro". Como não seria aceito em qualquer emprego, devido a sua aparência física assustadora anormal, começou a se apropriar de suas habilidades avançadas de camuflagem para chegar de fininho e bater carteiras das pessoas que passavam por perto. Quando a pessoa não passava de um pobretão sem nada no bolso, Sting ficava puto da cara e a assassinava o infeliz ali mesmo, e jogava seu corpo no bueiro da cidade para ninguém desconfiar. Certo dia, Sting se aproximou de fininho de um estranho careca com roupa esquisita, e quando tenta roubá-lo, eis que o mesmo percebe sua investida, e lhe aplica um gancho do Scorpion embaixo do queixo. Porém, o careca vê potencial nele, e o convida para juntar-se a sua rebelião contra os humanos. Sting, reconhecendo o indivíduo como superior a ele, aceita na hora, pois assim poderia matar uma grande quantidade de humanos sem ser incomodado.

Derrota[editar]

Sting de mau humor ao ser perturbado em seu habitat natural.

Assim que Sting aceita a aliança com Sigma, ele rapidamente o designa para a sua floresta particular, onde animais selvagens são treinados para tornarem-se assassinos de humanos. Sting Chameleon era a pessoa perfeita para essa função, pois além do fato de que ele se sentiria como se estivesse em casa, seu sadismo somado a sua habilidade sorrateira faziam dele uma ótima ferramenta de defesa, que permitia que o mesmo aproximasse silenciosamente dos invasores e torcesse seus pescoços de forma rápida em eficazes emboscadas. Também tinha a sua disposição quantos insetos pudesse devorar, uma pedra exclusiva onde ele podia tomar alguns revigorantes banhos de Sol e nas horas vagas podia assistir documentários da TV Escola sobre preservação ambiental.

Certo dia, Sting estava em seu jardim regando seus espinheiros quando percebe um distúrbio em toda a reserva florestal. Algo aparentemente tinha acontecido no sistema de distribuição de água da floresta. A rede de irrigação começou a expelir água sem parar, além dos canos que abasteciam a floresta terem estourado, rapidamente enchendo toda a floresta. Puto da cara, Sting telefona para seu comparsa Launch Octopus para reclamar do péssimo serviço que ele estava fornecendo, uma vez que a água não dava em árvore e estava cada vez mais cara. Entretanto, ninguém atende, e assim que o alarme de alerta a invasores toca, Sting se dá conta de que toda aquela confusão era culpa do inimigo, e é claro, o polvo explosivo provavelmente já estava comendo capim pela raiz.

Sting dando uma surra memorável em seu oponente numa épica batalha... de esconde-esconde.

Assim que seu inimigo chega a se encontro, Sting se prepara para dar uma lição nele, além é claro de fazê-lo pagar todo o prejuízo que ele tinha gerado com o desperdício de água. Sem perder muito tempo, Sting inicia sua investida escalando os espinheiros e se camuflando entre a folhagem, deixando seu alvo confuso. Subitamente, Sting se move até o inimigo, e dá o ar da graça próximo a ele, golpeando com consecutivas linguadas. X até tenta revidar, mas sempre que atirava no verdinho, ele se camuflava e saía de vista, deixando o oponente confuso e sem saber se enfrentava um Maverick ou o filho perdido da Lince Negra. Volta e meia Sting descia ao chão, aplicava umas linguadas horizontais e novamente se camuflava em meio aos espinhos. Como não queria perder muito tempo com aquele inútil, Chameleon não demora muito para começar a usar seu combo camuflagem + espinhos, no qual ele aparecia em algum lugar estrategicamente calculado do cenário e utilizava sua altamente precisa técnica do arremesso de espinhos personalizada, que ao invés de enviar os espinhos clássicos, lançava espinhos envoltos com uma rajada de energia verde, provavelmente uma mistura de raios gama com lixo tóxico. Por fim, ele utiliza um novo ataque, no qual ele usa sua língua de tamanduá para se pendurar no teto e balançar até que caísse uma chuva de espinhos, banhados em veneno de monstro-de-gila, que causavam uma dor insuportável quando acertavam. Quando estava prestes a aniquilar o inimigo, eis que a apelação surge: o mesmo passa a atacá-lo com um bumerangue aborígene de alta precisão, impedindo que Sting se mantivesse camuflado. Assim, Sting acaba indo para a vala, e pra variar, morto no mais puro jogo sujo por parte de seu oponente.

Fase[editar]

E depois da surra de bunda, apresentamos agora e com exclusividade, a surra de língua. E aí, vai encarar?

A fase de Sting Chameleon trata-se de uma reserva florestal onde Sigma provavelmente realiza experiências genéticas proibidas com animais selvagens, o que explica porque ele colocou um camaleão psicopata para cuidar das coisas por lá e dar cabo de visitantes. Há quem acredite que Sigma crie por lá espécies exóticas de plantas venenosas, pássaros dodô e até mesmo dinossauros. Sabendo disso, X foi enviado para pôr um fim nas experiências depravadas do careca. Aparentemente, o sistema de abastecimento da floresta é administrado por Launch Octopus, e caso você mate o tio dos tentáculos antes de ir para a fase, o encanamento subterrâneo (que provavelmente deve ser feito de metal, dada a ambientação do jogo) entra em curto-circuito e o local todo é inundado, matando muitos dos insetos de que Chameleon se alimenta, o que explica o porque de tanta apelação por parte desse boss.

Basicamente, você inicia a fase passando por uma série de inimigos moleza, para os quais você só vai morrer se for um noob de marca maior. Dentre os inimigos iniciais, estão umas pererecas verdes que ficam deslizando pela água ou simplesmente pulando sem rumo e pedindo para serem mortas. Além delas, existem uns robôs lenhadores, provavelmente projetados pelo próprio Sting Chameleon com ajuda de sua experiência no Canadá. Esses robôs são um porre, e ficam arremessando em você umas madeiras de ferro, projetadas com um moderno sistema de magnetismo, que voam em você atraídas pelo seu corpo magnético (afinal, lembre-se que você é um robô, e como tal, tem partes de metal).

A reserva florestal administrada por Sting Chameleon, um lugar repleto das piores bestas que a mente doentia de Sigma pode imaginar.

Passando essa parte inicial, você vai chegar até um esconderijo da Akatsuki abandonado. Na parte de baixo desse esconderijo, caso você tenha matado o polvo, você poderá descer e pegar um lampião rosa do outro lado com ajuda da água, que vai lhe proporcionar um aumento insignificante de vida. Caso contrário, nem tente, pois entre você e o lampião existirá um buraco infinito praticamente impossível de ser evitado. Logo acima da caverna do esconderijo, você enfrentará um sub-chefe: um robô verde apelão que fica pulando feito um sapo. Se você for um noob, é bem provável que tente matá-lo com seu arsenal, mas vale ressaltar que será completamente inútil, já que esse robô é feito de um metal desconhecido pela ciência, provavelmente de origem alienígena, resistente a fogo, energia, ar, míssil perseguidor, gelo, madeira, metal e até a magia negra. A única forma de derrotá-lo é usando seu tirinho de almôndega, e quando destrui-lo (caso você consiga, é claro), como prêmio você receberá uma cápsula contendo um clone do Papai Noel, que vai dar de presente um novo design pra armadura de seu boneco personagem pensando que já é Natal.

Após usar a cápsula e ouvir as abobrinhas desse velho chato, você vai ter que passar por dentro da caverna e chegar ao outro lado. Mas essa não será uma tarefa fácil, pois ao longo do seu caminho começarão a cair pedregulhos do teto devido ao sapateado de um lutador de sumô contratado pela Capcom (provavelmente E.Honda) em cima da caverna, especialmente para atrasar sua vida. Pra completar, ainda caem uns Transformers do teto com formato de pedra, que ficam arremessando rochas em você caso não seja rápido o suficiente para matá-los. Além desses robôs, fora do caverna você poderá observar o Pica-Pau bicando árvores falsificadas e arremessando bernes mutantes em você. Não se sabe ao certo o porque de seu comportamento hostil, mas tudo indica que ele fora induzido a um estado de hipnose por Sigma, e além de se esquecer que é do bem, passou a pensar que é ninja, e utilizando a técnica dos clones da sombra, pode ser visto ao longo de toda a fase em mais de uma árvore ao mesmo tempo.

Ainda seguindo esse percurso, você deverá escalar uma capela de Nossa Senhora Aparecida, onde terá um robô medieval verde ocupando o lugar da santa e uma vida logo acima dando sopa, deixada lá como presente divino, sem qualquer obstáculo ou pegadinha do malandro te impedindo de pegá-la. Por fim, você chega a última parte da fase antes do chefão, onde você precisará atravessar um treco marrom que afunda pra chegar do outro lado e enfrentar o maldito. Recomenda-se que você use o robô que deixaram abandonado lá, pois como a reserva não dispõe de nenhuma rede de tratamento de esgoto, os efluentes de toda floresta são jogados nesse buraco, e se você ir sem tomar as devidas precauções, correrá o risco de contrair vermes e morrer antes de chegar ao boss. Vale ressaltar que ao longo do caminho, você também terá de lidar com uns cagões que se escondem dentro da primeira máquina de lavar que encontram pelo caminho e com uns demônios voadores invocados pelo próprio Sting Chameleon para roubarem sua alma.

Ver também[editar]