Solstício

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.


Solstício é aquele período onde os hemisférios da Terra (e de outros astros que tiverem uma estrelinha pra lhes bronzear a bunda), atingem o auge de tempo ou mais claro ou mais escuro, enquanto uns estão curtindo aquele dia longo, que clareia cedo e escurece tarde, outros estão no auge da vampirice, num dia de máxima carência de vitamina D - regado a depressão e olheiras.

Bate aqui, sol[editar]

Bicho que melhor aproveita o solstício de inverno.

Exagero na introdução, não chega a dar depressão, apenas se já estiver com algum tipo de problema sexual, neural, bundal... - mas é um período em que os dias são curtos e, quando chega o outono em um dos hemisférios, é que as noites estão longas e ainda ficarão longas por um bom tempo, sendo o dia do solstício, quase um não-dia porque a noite é bem mais longa que o dia, melhor pra dormir, se você não estiver naquela fase em que tem que acordar antes de clarear e dormir não muito cedo, mas assim é caso queira virar gente na face da mãe Terra.

E os raios solares atingem a mãe Terra de modo que as coisas se equilibre, assim as estações do ano, fazem que tudo dê certo, desde colheitas e pescas, até a sua deliciosa bunda tostada na praia ou seu charme encasacado igual a um espião. Nem seria preciso mencionar, mas no inverno é que o solstício de inverno se dá e, assim em geral essa noite do dia mais curto deve ser fria, porém não significa que seja a mais fria, pois depende de alguns outros fatores, mas sem dúvida será um dia e, principalmente uma noite fria, além de longa.

Nessas noites longas, sobretudo(sim, use), a mais longa do solstício, dizem que, inconscientemente todas as pessoas, mesmo os mais machões sentem um pouco de medo inconscientemente, menos eu, é claro - e dizem que mesmo corujas, gatos e alguns outros bichos que não têm problema com escuro, costumam sentir um certo medo. Alguns gatos pingados transformam o medinho fresco em curtição e nessa noite, caçam até gente e dragões de Komodo, mas nem todos os gatos são pardos fazem isso e, preferem ficar encolhidinhos perto de seus donos, se não tiverem donos, se amontoam - em geral as gatas convocam um amontoamento, principalmente as prenhes, que dispensam totalmente a noite longa de caçadas e adrenalina. Os gatos, se não puderem pegar gatas pra se acasalar, gastam sua energia nessa noitada.

No verão...[editar]

Querem que eu fique mais um pouquinho?

Quando o hemisfério abençoado pelo verão, está com dias mais longos, chega aquele dia mais longo, então o solstício de Verão, em geral marcando o início de Verão, mas já está quente desde o meio da Primavera, onde o equinócio já marcou presença há uns dias, quando a partir daí os dias vão ficando mais longos que a noite, até chegar o douradão e esperado dia do solstício - só não gosta quem estiver trabalhando debaixo do sol nesse dia, recomendando-se chapéu, boné(largue da bandana porque nesse caso, ela não serve pra nada), roupinhas frescas e muita água na carcaça.

Solstício de verão no hemisfério sul, ocorre no fim do ano e ainda bem, frio no início da ano seria uma bosta e, desculpe se tu gosta de neve, mas essa porcaria ainda pioraria o natal no nosso caso por vários motivos, entre eles falta de infraestrutura. Quando aqui está quente e, no caso de algumas cidades, está propício a morrer-se de insolação, se não for uma chuva de verão pra dar uma refrescada na moleira - enquanto nisso no hemisfério norte há criaturas sendo soterradas pela neve, ou tentando fazer sua casa reaparecer de debaixo de uma bolota de neve atirada por São Pedro. O solstício do hemisfério norte é quase no meio do ano e, já que não podem aproveitar verão no fim/início do ano, quase todos tiram férias no meio do ano.

No solstício de verão, além do dia ser mais longo, é mais quente, lembrando, não significando o dia mais quente por depender de alguns outros fatores, mas a claridade começa cedo e termina tarde. Acaba por se ter menos sono e mais vontade de mijar.