Shido de Mizar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Rokusho.jpg Este artigo é relacionado a fillers!

Você nunca vai ver num mangá, provavelmente não serviu para porra nenhuma
e é difícil pacas de encaixar na cronologia original (ou não).

Clique aqui para saber de outras coisas sem importância.



Shido

ShidoX.jpg

Classificação Guerreiro Deus
Cavaleiro
Deus a que serve Odin
Armadura Mizar
Golpes Garras do Tigre Negro (Viking Lightning Tiger Claw)
Impulso Azul (Blue Impulse)
Perfil
Nacionalidade Asgard
Local de Treinamento Asgard
Nascimento Filler não nasce, brota de um local como o Tietê
Frase Favorita "Impulso Azuuuul!!!"


Cquote1.png Você quis dizer: Super Gêmeos? Cquote2.png
Google sobre Shido de Mizar
Cquote1.png Experimente também: Saga e Kanon Cquote2.png
Sugestão do Google para Shido de Mizar
Cquote1.png Noob! Cquote2.png
Bado de Alcor sobre Shido de Mizar
Cquote1.png Apelão! Mas não me venceu não! Cquote2.png
Aldebaran de Touro sobre Shido de Mizar
Cquote1.png Eu venci ele! Cquote2.png
Shun de Andrômeda sobre Shido de Mizar
Cquote1.png Que vergonha, perder pro Shun! Cquote2.png
Seiya de Pégasus sobre Shido de Mizar
Cquote1.png Hum... foi carregado pelo irmão no final! Cquote2.png
Ikki de Fênix sobre Shido de Mizar

Apresentação[editar]

A única coisa que Shido e Bado tem em comum (além da aparência, é claro)

Shido de Mizar foi o primeiro dos sete Guerreiro-Deus da Saga de Asgard a se apresentar na segunda fase (mas que na verdade foi só um filler, somente serviu para ter mais personagens e vender mais produtos, como bonequinhos, camisas e chaveiros) do anime yaoi Cavaleiros do Zodíaco, um desenhinho que passava na falecida Rede Manchete de Televisão. Shido foi o encarregado de dar o pontapé inicial para que se começasse a guerra Santa no anime, invadindo o Santuário de Athena, atacando os Cavaleiros da Deusa e (se possível) matar a Deusa protetora da Terra, Saori Kido, a Athena. Demonstrou a força dos Guerreiros-Deus de Asgard, do Norte da Europa, e o que os Cavaleiros do Santuário estavam para enfrentar, podendo ser que nenhum voltasse vivo desse combate mortal (ok, tô exagenrando um pouco, mas é só para ficar mais emocionante a história).

Shido possuiu um irmão gêmeo univitelino (ou seja, é um irmão idêntico a ele, caso você tenha faltado nas aulas de Biologia seu vagabundo e não saiba disso), que foi afastado de sí no nascimento, sendo que somente o seu irmão, Bado de Alcor, tinha conhecimento de sua existência e do grau de parentesco bizarro entre eles. Shido era rico (da Zelite mesmo de Asgard) e acabou sendo agraciado com a Armadura do Guerreiro-Deus de Mizar, sendo ela preta afro-descendente, diferentemente da do seu irmão Bado, que entrou de gaiato na história, tem os poderes plagiados do de Shido e não pode aparecer entre os outros Guerreiros-Deuses, além de ter a Armadura totalmente branca, com alguns pequenos detalhes em relevo (mas que, como tal, é irrelevante). Sua história é mais ou menos assim (ou não, nunca se sabe).

Vida de Menino Rico[editar]

Shido era tão rico que tinha até o seu próprio cavalinho, o que deixava Bado verde de inveja

Shido levou uma vida de rei desde que pôs os pés nesse mundo, recebendo todos os privilégios possíveis, pelo fato de se tratar do primogênio de um casal da Zelite de Asgard. Por não haver ultrassonografia nessa época, Shido quase tem o mesmo destino do pobre e miserável do seu irmão Bado, se não fosse pela questão do nascimento. Em Asgard tinha um lenda que, se o primogênito de um casal viesse a nascer gêmeos, a família toda cairia em desgraça. Por serem pais desnaturados temerosos em suas lendas e crendices, Sr. e Sra. Mizar decidiram por abandonar o mais novo, sendo que o azarado acabou sendo Bado. A criança foi abandonada em uma floresta, junto com uma adaga de ouro (que Shido também possuia), para que quem o encontrasse fizesse o serviço que os pais não tiveram coragem de fazer e ganhasse a faquinha como uma singela lembrança macabra pagamento.

Impossível Shido ficar sozinho sem o irmão dele ficar por perto igual uma sombra

Para o azar dos pais e de Shido, a criança acabou sendo encontrada por um casal de camponeses (e já que são camponeses são pobres) que, com pena de matar o pequeno que morria de calor frio, resolveram adotá-lo como filho (para o azar do garoto, que teve que ficar na miséria por toda a sua vida), afinal, se ele ficasse alí estaria certa a sua morte (ORLY?).

Por muito pouco Athena não morre (tinha que ser o Shun)

Enquanto isso, Shido ganhou todos as regalías que "um filho único" poderia desejar em sua solitária vida, brinquedos, viajens para o Bariloche e um carro importado; sendo que o seu irmão (que ele nem imaginava que existia), tinha que conviver com uma lata sendo um carrinho (e tampinhas de Coca Cola sendo as rodas), uma viajem até a casa do visinho para pedir comida e se alimentar do pão que o Diabo amassou, amaldiçoando para sempre as condições em que vivia. A única coisa que Bado tinha, que ainda valia alguns trocados bacanas, era a sua adaga dourada.

Mesmo sem ter nenhuma habilidade potencialmente foderosa, Shido acabou sendo escolhido pela representante do Deus Odin na Terra (já que o deus citado não teve a ousadia de reencarnar nessa era), a hentai Hilda de Polaris, para ser um dos seus sete Guerreiros-Deuses (guarda-costas exclusivos). Como a família Mizar já tinha um histórico muito conhecido pelos habitantes do Palácio Valhalla, nada mais justo que dá para Shido (ui!) esse tão cobiçoso cargo, já que ele era o "filho único" dessa classe social privilegiada (mas se bem que não me adimiraria se tivesse rolado um acordo por baixo dos panos).

A Saga de Asgard - Infiltração no Santuário[editar]

A Armadura do Guerreiro-Deus de Mizar, a Estrela Zeta

Depois de uma seleção "bem remocrática e imparcial", Shido finalmente foi agraciado com a Armadura do Guerreiro-Deus de Mizar. Além disso, como um brinde, digamos assim, começou a contar também com a proteção da constelação de Ursa-Maior, sendo a sua estrela guardiã dessa constelação à mesma que representa a Safira de Odin que carrega consigo no meio do peito, na Armadura, a Estrela Zeta. Os Guerreiros-Deus de Asgard dividem entre sí uma constelação, já que, por serem somente um filler, não possuem o direito de ter uma constelação só sua, diferentemente dos Cavaleiros de Athena, os de Generais Marinas de Poseindon e os Espectros de Hades, além de muitos outros agraciados.

Shido de Mizar em sua Armadura de Guerreiro-Deus

Para que Hilda de Polaris pudesse despertar a atenção da hentai Deusa Athena, reencarnada no corpo (e que corpo) de Saori Kido, para a sua causa de dominação mundial, nada melhor do que uma pequena invasão ao seu Monumental Santuário sagrado. Precisando de um Guerreiro-Deus que se utiliza-se do "correr pra caralho" nessas horas, para que a coisa fosse tudo muito rápido e sem dor (ou não), ela pensou no seu braço direito Siegfried de Dubhe, mas como o cara poderia acabar morrendo facilmente, ela não quis arriscar e decidiu por mandar uma peça que não fizesse muita importência no jogo (um peão, basicamente), e de acabou delegando a tafera por o riquinho e bem nutrido Guerreiro-Deus de Mizar, a Estrela Zeta, já que dinheiro é o que não fazia falta a ela (ou não).

Shido invade o Santuário, chegando rapidamente à Casa de Touro, protegida por Aldebaran de Touro (não se sabe como ele passou pela Casa de Áries e derrotou Mu de Áries, mas tudo bem, quem liga afinal?). Com um único golpe, Shido derruba o touro como um ágil "Rei da Muleta". Depois disso, derrota outros Cavaleiros de Bronze, como os fracos: Jabu de Unicórnio, Ichi de Hidra, Ban de Leão Menor, Nachi de Lobo e Geki de Urso. Quando chega perto de Athena e a ataca, aparece Shun de Andrômeda para defendê-la. Lutando com ele, aparece Seiya de Pégasus, que acaba levando uma surra de Shido. Fugindo para uma floresta escura com Shun (ui!) Ikki de Fênix proteje o irmão e compra a briga, mais tarde surge Saori Kido, Hyoga de Cisne e shiryu de Dragão, vendo que assim estava complicado, decide fugir e anuncia o início da guerra.

Luta contra Shun - Morte de Shido[editar]

Shido confiante de que irá vencer (doce ilusão)

Após a morte (devemos dizer vergonhosa) de quase simplesmente TODOS os sete Guerreiros-Deuses , pelas mãos de simples e frágeis Cavaleiros de Bronze (Odin deve ter ficado desapontado), sobrou somente dois seres viventes desse grupinho que foi formado no início do filler, Shido e Siegfried (Bado era a "carta-na-manga" de Hilda de Polaris e não era cotado como um dos Sete, já que sua vivência ou morte pouco importava pra qualquer um). Após o mimado e falso Alberich de Megrez fazer uma visitinha ao Mundo dos Mortos sem volta pelas mãos de Shiryu de Dragão, os Cavaleiros de Athena seguem para o Palácio valhalla, sendo que Shun de Andrômeda acaba tendo que ficar para trás, para lutar contra o (já então conhecido) Shido de Mizar (e também por ser o único que ainda não tinha vencido ninguém).

Cquote1.png Prepare-se, Andrômeda, para conhecer o meu golpe mais forte! Cquote2.png
Shido e sua frase de ação (que de nada adiantou)

Antes de partir para o combate das Doze Casas no Palácio Valhalla, Shido havia prometido a Hilda que derrotaria os Cavaleiros de Athena (como sempre TODOS prometem antes de morrer), ela confia (ou finge confiar) na palavra dele e o encaminha para o combate. Shun tenta diversas vezes imobilizar o Guerreiro-Deus da Estrela Zeta, mas falha em todas as suas tentativas, além de ter a sua corrente congelada por causa do frio dos diabos que fazia dentro do Palácio, fazendo-as servir somente como peso de papel e para mais nada. Shido o ataca com o seu Impulso Azul, que o arremessa ao chão, além de o congelá-lo no local em que caiu (assim como Camus de Aquário já havia feito uma vez com Hyoga de Cisne, puro plágio). Mas Shun, que despertando o seu 24º 7º sentido, quebra o poder desse golpe e tira a sua roupa se desfaz de sua armadura rosa, para atacar Shido com a Tempestade Nebulosa.

É a segunda vez que ele utiliza esse golpe, sendo que a primeira, que foi contra Mime de Benetnasch, nem sequer arranhou o adversário, mas ele tenta mais um vez (vai que finalmente esse golpe, que derrotou Afrodite de Peixes, um Cavaleiro de Ouro, acaba servindo pra algo). E assim ele o faz, aplicando-o sem piedade em Shido, que vacila um pouco e é derrotado. Shido acaba vencido mas, com o surgimento do irmão Bado de Alcor que luta com Ikki de Fênix, ele desperta e imobiliza Ikki, pedindo para que o irmão o ataque sem piedade, matando ele e Ikki juntos como um casal. Porém, Bado acaba não fazendo isso, pois não deseja matar o irmão (apesar de essa ter sido a sua vontade por toda a vida). Com isso, Shido finalmente morre e, tendo Bado desistido da luta, leva o corpo do seu irmão dalí em seus braços (ui!). Pobre menino rico.

Curiosidades[editar]

Cara de um focinho de outro
  • Shido e Bado foram inspirados na dupla Sandy e Júnior (metaforicamente falando, claro!), sendo que um é a "sombra" do outro;
  • Falam que um raio não cai duas vezes no mesmo local, mas Shido, que simplesmente tava na cara que era mais forte do que Shun, quando invadiu o Santuário, acabou morrendo pelas mãos dessa bibinha dele;
  • Shido e Bado tiveram o seu primeiro contato em uma floresta, quando Bado caçava. Bado recebeu a mesma adaga de ouro que já possuia em troca de um coelho que havia caçado.
  • Essa história não é contada nesse artigo porque ela não foi nem um pouco importante para Shido, mas sim para Bado, por isso que ela está somente no artigo Bado de Alcor;
  • Shido acabou morrendo de morte morrida, sendo que poderia morrer assassinado e ter levado Ikki junto consigo, já que o mesmo nem se defender tentaria.

Poderes[editar]

Um "Átomo de Bonr", princípio do Impulso Azul

Shido ainda conta com dois foderes, diferentemente do seu irmão que só tem um, que não passa de um plágio de um dos dele:

  • Garras do Tigre Negro: Golpe racista, pois devia ser "do Tigre Afro-descendente". Movendo-se rapidamente, Shido dispara os mais variados arranhões com as suas unhas afiadas (ui! na cama isso deve ser uma loucura);
  • Impulso Azul: Nesse golpe, Shido cria a representação do Átomo de Bohr na sua frente (se não sabe o que é um átomo e muito menos quem é Bonr, saia daqui é vá estudar Química), que eleva o inimigo do chão e o congela, a partir do momento que o adversário toca o solo.

Ver também[editar]


Viking arca de Noé.jpg Ek est årtikkel Vikingen!

Este artigo veio das frias terras dinamarquesas! Ele gosta de remar, louva Odin e o Deus Metal, não tem nenhum senso de privacidade ou de educação e seu autor chegou ao Valhalla. Não vandalize ou envolva a Finlândia neste artigo!


Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Shido de Mizar no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
Cavaleirospredef2.jpg