Servente

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Cquote1.png Estás demitido. Cquote2.png
Roberto Justus sobre servente
Cquote1.png Tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre servente
Cquote1.png Nossa que homem Cquote2.png
Crystian pior sobre servente bombadão
Cquote1.png Tem um level muito alto Cquote2.png
Tibiano sobre servente
Cquote1.png São pessoas conhecedoras que tem autoridade de trabalho! Cquote2.png
Louco do Lixo sobre servente
Cquote1.png Além de faixa preta eu sou servente! Cquote2.png
Bêbado Faixa Preta sobre servente
Cquote1.png HATOMANOKU! Cquote2.png
Otavão, o mendigo elegante sobre Bebado Faixa Preta

A vida de um servente[editar]

Servente-aprendiz carregando o Mestre-Pedreiro

A vida de um servente de pedreiro começa muito cedo. Geralmente aos seis anos os pais os colocam sob os cuidados de um pedreiro, que vai lhes ensinar todos os segredos para atingir esse tão sonhado título nobiliárquico da construção civil. Seu dia começa as cinco da manhã, onde o mestre pedreiro ensina a nobre arte de carregar tijolo, virar massa, e comentar sobre futebol. Na hora do almoço aprende a como esquentar sua marmita e no intervalo das refeições pratica a nobre arte de cantar as mulheres que passam perto da construção. A noite pode se matricular em alguma escola para terminar a 4ª serie e conseguir um diproma. Por volta dos trinta anos, é nomeado pedreiro, e pode desfrutar dos benefícios do título. Inclusive de ter o próprio servente.

As obrigações de um servente[editar]

Professor Pasquale comentando sobre o vocabulário do servente


Um servente é o menor título nobiliárquico existente no ramo da construção civil. Historicamente, trata-se de um assessor sênior que tem como responsabilidade cuidar das ferramentas de um pedreiro. É um termo análogo a severino orelha seca, mas este prevalece atualmente apenas nos canteiros de obras de Sum Paulo. É o último cargo, em ordem decrescente de importância, na hierarquia da construção civil. Cabe ao servente as seguintes obrigações com seu mestre:

- Servir o café na parte da manhã para o pedreiro, na tampa da garrafa térmica que serve de copo;

- Deixar o pedreiro esquentar primeiro a marmita:

- No caso de duas gostosas passando perto da construção, esperar o mestre pedreiro escolher qual ele vai assediar;

- carregar o pedreiro no carrinho de mão até a casinha para o mestre dar aquela cagada depois do almoço;

A Cerimônia de proclamação do servente a sedreiro[editar]

Com 30 anos, o servente se torna elegível para se tornar um pedreiro. Os candidatos mais adequados são proclamados serventes por um lorde pedreiro ou por algum dono de construção que esta sem dinheiro para contratar um pedreiro. A cerimônia de se tornar um pedreiro é simples: os candidatos tomam banho, cortam o cabelo curto e ficam acordados a noite inteira numa vigília tomando cachaça com tira gosto. De manhã, o candidato recebe o título no ombro com uma colher de pedreiro e depois afivelava-se um cinto de couro onde vai seu martelo de pedreiro.

Conseqüência de ser um servente[editar]

  • Trabalhar 95% a mais que o pedreiro na obra;
  • Ser repetente do supletivo do primário ;
  • ter uma coluna com formato S ou #8;
  • Ser doente mental ou psicológico
  • Não ter dentes
  • Ser homossexual
  • Feder a massa

Prêmio Eminente Servente[editar]

Tião, o Super Servente, exemplo de um profissional bem sucedido

O Prêmio Eminente Servente do Ano é um prêmio concedido, anualmente, pelo Instituto de serventologia em Alem Paraiba, Brasil àqueles serventes que mais se destacaram durante o ano no desempenho de sua tarefas na profissão de servente em âmbito nacional.

Premiados em 2011

  • Categoria Marmita de Ouro: Tião, o super servente;
  • Categoria Pegador de Dragão: Ariosval, das moça Bunita.
  • Categoria Ferramenta de Prata: Mané Picareta.

Serventes Famosos[editar]