Pokémon O Filme: Hoopa e o Duelo Lendário

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Spoiler5.JPG ATENÇÃO! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais SPOILERS!

Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Pein mata uma porrada de gente, mas depois as resusscita e morre, ou que Yugi consegue as três cartas de deuses egípcios.

Spoiler3.jpg
光輪の超魔神 フーパ
Pokémon O Filme: Hoopa e o Duelo Lendário (BR)
PokemonM18.jpg
Bandeira do Japão Japão
2015 • Pokémon • Dormiram no meio do filme e não anotaram
Direção Uns japas ai
Roteiro Uns japas ai (2)
Elenco A mula de Pallet, uma loira sem personalidade, aquele nerd e uma guria retardada
Gênero Infantil


Pokémon O Filme: Hoopa e o Duelo Lendário é mais um dos inúmeros filmes da série Pokémon, onde é o décimo oitavo filme e que foi feito em 2015, ou apenas em 2016 no Brasil por pura preguiça dos japoneses.


O filme como diz o nome, tem o pokémon Hoopa como foco dele, sendo que naquela época, era apenas um pokémon qualquer que foi apenas descoberto pelos hackers sem nada pra fazer que mexeram em alguns arquivos do jogo e acabaram descobrindo esse pokémon quanto Diancie e Volcanion, mas ninguém sabia quase porra nenhuma desse pokémon, sendo que esse filme apenas serviu para a venda do pokémon Hoopa contrabandeado por várias lojas de games assim como outro qualquer filme de Pokémon.

O filme[editar]

O filme foi feito na região de Kalos, com Ash e sua gangue local estão fazendo porra nenhuma como sempre, e resolvem visitar uma região secreta de Kalos dominada por Estado Islâmico muçulmanos ricos e vão parar em um uma piscina em uma região desértica, onde do nada aparece Hoopa tentando roubar Ash e sua gangue achando que tá no Brasil e Hoopa faz tanta merda que consegue mandar o Ash pra puta que pariu um lugar muito distante. Na mesma cidade, aparece alguns figurantes, que tentam abrir a garrafa que consegue transformar Hoopa em sua forma demoníaca, e com isso tentam abrir e fechar a mesma garrafa, até que a Equipe Rocket, como sempre, faz uma burrada e quebra a mesma garrafa, fazendo que a forma demoníaca e a forma normal de Hoopa se separassem.

Para que o filme não ficasse uma verdadeira bosta e fracassou, Hoopa em sua versão encapetada, como no trailer, começa a abrir mais de 8000 portais pra tentar controlar vários lendários para destruir Ash e sua gangue, onde coloca um Kyurem, Dialga, Palkia, Giratina, Groudon e um Kyogre. (sendo que iram colocar até um Arceus na batalha, mas seria apelação até demais, onde o próprio apenas apareceu como pokémon secundário no filme)

Para evitar tanta apelação na batalha de lendários, a Hoopa normal faz vários portais que entre eles, aparece uma Latias, um Latios e um Rayquaza, onde mesmo com a apelação dos vários lendários se tretando, os mesmos não conseguem infelizmente matar a mula de Pallet e os lendários ficam quase meia hora se tretando ao decorrer do filme, até que alguém do nada consegue consertar sua garrafa, fazendo que Hoopa voltasse ao normal.

Personagens enchedores de linguiça novos do filme[editar]

Ash depois das drogas.
  • Baraz: Um garoto desocupado que ficou famoso (ou não) por tocar indevidamente na garrafa maldiçoada de Hoopa e que ficou encapetado, mas mesmo assim foi salvo pela sua irmã. Possui um Braviary e um Solrock
  • Meray: Uma guria retardada e irmã mais nova do personagem acima, onde foi a mesma que conseguiu salvar a burrada do seu irmão de ficar encapetado pela garrafa de Hoopa. Não possui nenhum pokémon por ser uma personagem inútil.
  • Ghris: Uma pessoa do tempo de 1900 e guaraná com rolha que conseguiu enfrentar a forma demoníaca de Hoopa e selar o mesmo dentro da tal garrafa, onde atualmente se encontra comendo capim pela raiz.

Ver também[editar]