Plebeu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Plebeus)
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Todo mundo Cquote2.png
Google sobre Plebeu


Plebeu é qualquer um que seja da plebe, que não tenha o tal do título de nobreza, ou seja, 99% dos humanos terráqueos. Não tem nada a ver com ter grana ou ser famoso: não tem sangue azul, não é nobre e portanto é plebeu. Acá no Brasil, inventam reis e rainhas, mas os únicos que não são plebeus por aqui são os decendentes de Dom Pedro, essa história de rei Roberto Carlos, rainha dos baixinhos, rainha da tv brasileira é algo que os toscos inventam pra confundir as crianças...

Viva a plebe![editar]

... mas assim que a tia Juju começa a falar de monarquia a criançada já saca que essa asneira que sai da matraca de alguns é só de brincadeira, embora pros fãs não o seja.

Nobre tirando casquinha da plebéia... quanta nobreza.

Isso mesmo: por mais grana e fama que alguém tenha, continua sendo plebeu, o único lugar e tempo em que aconteceu de plebeu ser sinônomo de pobre, foi na época do Império Romano, que se a pessoa se tornasse rica, já davam título de nobreza e passava a ser patrício, já que sendo pobre nem direito a ser considerado da pátria tinha... por isso é que esse império foi pro saco. O Brasil é Republicano, aqui não temos nobres, sangue azul, aqui somos todos iguais, O povo que ainda idolatra reis e rainha é porque tem sentimento de inferioridade, que sempre beijar o chão que um outro pisou

Características de um plebeu (...)[editar]

...mas não sei porque querer ter sangue azul, isso não é sangue porra! É gosma e além disso, vermelho é bem mais bonitinho. Dizem que os plebeus não tem o sangue puro, mesmo que não tenha nenhuma doença, plebeu não tem uma genética superior, mesmo que seja inteligente, bonito, saudável e tudo mais. Plebeu não é um ser humano evoluído, mesmo que não tenha nada de errado em sua herança congênita. Plebeu não pode jamais se misturar (que significa, principalmente, dar uma bem dada) com os nobres, para que estes não percam sua pureza... na verdade só não pode procriar, para que os filhos dos nobres não deixem de ser superiores, mas pode comer as(os) nobres à vontade, que pureza alí não tem muita, deveras é só não procriar pra que não encham o saco. O fato do Príncipe Willian e seu irmãozinho Harry saírem pegando em peitinhos de plebéias por aí, mostra o quanto os nobres tem uma pureza que chega a ser angelical. No geral, é mais fácil um plebeu ter nojo do outro, porque um tem dinheiro e outro não, ou porque um mora bem e outro é vileiro, ou porque é branquinho e outro cor de rapadura, doque um nobre ter nojo de um plebeu. A plebe já causou nojo na nobreza mas, foi em outros tempos. Agora não tem tanto disso a não ser que o plebeu não tenha hábitos de higiene... daí, nem precisa ser nobre: é de dar nojo mesmo... seu plebeu imundo!

Conclusão[editar]

Esse lindo sapinho não é plebeu: é um príncipe encantado, beije pra ver...

Plebeu é uma pessoa normal, oque significa que os nobres são anormais. Pode ser verdade, embora parecendo por fora, que são seres humanos como quaisquer outros, mas já que esse negócio de que eles são diferentes é passado há milênios, então deve ter mesmo algo estranho com eles embora não se perceba por fora... chega a dar medo, e também serve de alerta pra brasileiras que cheguem perto de certos príncipes. Sabe lá oque pode surgir... de repente podem cuspir sangue azul urticante, que poderá danificar os peitinhos da plebéia. Ou sei lá oque mais pode surgir.

Tudo bem que tem plebeus que não parecem muito normais mas, quem foi que inventou isso de nobre não ser normal? E essa história de sangue azul? Alguém já viu um ser humano sangrar azul? Nem morrendo de hipotermia... mas já que os plebeus tem sangue vermelho, o sangue vermelho é que deve ser sangue bom.

Galeria da sabedoria[editar]