Pingente de Schala

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Harrypotterputa.jpg Hocus Pocus!

Este artigo se trata de charlatanismo magia, encantos e todo tipo de macumba. Ele serra pessoas ao meio, tira coelho de cartola, faz vodu e adora uma varinha mágica. Se vandalizar, Harry Potter fará você desaparecer.


O Pingente de Schala/Leene/Marle é um artefato presente em Chrono Trigger responsável por muitos eventos responsáveis por iniciar a porra toda. No início, quem está com sua posse é Marle, posteriormente descobrimos que o pingente provém do Reino Zeal, em 12.000 A.C..

Criação[editar]

Não se sabe exatamente quem foi o principal responsável por sua criação, tudo o que sabemos é que, provavelmente, Melchior, o Guru da Vida, criou o pingente juntamente de Balthasar, o Guru da Razão enquanto construíam a Máquina Mammon. O pingente foi dado à Schala (por isso se chama Pingente de Schala, imbecil) para que ela pudesse ter um controle muito maior sobre a máquina e, talvez, até impedir que as coisas saíssem de controle. Como sabemos, não foi o que aconteceu. Triste. Ou não. Também não sabemos porque a Rainha Zeal permitiria a criação deste pingente, considerando sua esquizofrenia e imparável vontade de ter o poder de Lavos, mas enfim.

Aparição[editar]

O pingente, descarregado.

Em um primeiro momento, vemos o pingente aparecer em Marle, ainda no festival, quando ela se tromba com Crono e decide se juntar a ele. Posteriormente, vemos Melchior, até então desconhecido pelo jogador quem de fato é Melchior, tentar comprar o pingente de Marle, o que obviamente não irá acontecer. Após essa enrolação, o pingente se alopra pela primeira vez na hora em que Marle vai testar o telepod da Lucca, atração da Feira do Milênio. O pingente reage às ondas espaço-temporais geradas pelos pods e causa um vórtex temporal graças ao poder de Lavos, adormecido, mas ainda residente dentro do pingente. Isso faz com que Marle seja transportada, sabe-se-lá o porquê, para o ano 600 D.C.. Passada toda essa enrolação inicial do jogo, vemos novamente o pingente, mas desta vez em Schala, no ano 12.000 A.C., ela mesma faz um comentário notando a semelhança entre os pingentes.

Determinado momento, observa-se Schala abrindo uma daquelas portas com uma inscrição grifada em si, seladas. Uma NPC aleatória acaba falando que para abrirmos esta porta com o "pingente semelhante ao de Schala", deve ser carregando o poder de seu pingente junto à Máquina Mammon. Dito e feito, após carregado, o poder que até então estava adormecido, é despertado e emana do pingente, concedendo força necessária para abrir as portas, baús e conquistar as vadia tudo.

Uso[editar]

Além de poder controlar a Máquina Mammon, este pingente também é capaz de abrir portas! Olha só que útil. Entretanto, calmaria. Não são portas comuns, mas sim aquelas portas especiais que possuem um símbolo grifado nelas, localizadas em todas as eras após 12.000 A.C.. Também podemos abrir baús que possuem a mesma inscrição grifada, normalmente, ambas portas e baús possuem itens raros e que dão um aumento considerável de status ao personagem. Como supracitado, para usarmos o pingente com total eficácia, devemos primeiro carregá-lo no ano 12.000 A.C. junto à Máquina Mammon. Uma vez carregado, o pingente torna-se apto a abrir qualquer coisa, inclusive as pernas de uma vadia qualquer.

Ver também[editar]