Peloponeso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Peloponeso (do grego, Pelo do Polonês) é a maior ilha da Grécia. Ficou famosa na mitologia grega por ter sido o local onde Onã ensinou seu pupilo Odisseu por 6 meses a arte da masturbação e onanismo.

História[editar]

O Peloponeso foi criado quando Platão estava fugindo da polícia federal após ser descoberto como cabeça de uma rede internacional de pederastia. Platão fugiu para o sul da Grécia, é cortou aquela península, criando a ilha do Peloponeso, separando-o do restante do mundo conhecido.

Nos séculos que se seguiram, Peloponeso sempre foi o palco daquelas milhares de tretas e guerras que os gregos se amarram em criar, entre os mais famosos conflitos estão a Guerra da Morea, a Guerra de independência da Grécia, a Guerra dos FDP e a mais famosa Guerra do Peloponeso, quando inventada as Olimpíadas, espécie de festival esportivo que testa a resistência sexual dos competidores.

Turismo[editar]

Mapa do Peloponeso.

No sul da Grécia, o acesso à Peloponeso pode ser feito de diversas formas. O turista pode ir para lá de ônibus (com velocidades de cerca de 38,7 quilômetros por hora), ou de carro (para apreciar as sofisticadas autoestradas locais que cruzam fétidos pântanos), caminhada, ou natação (se conseguir se desvencilhar dos inúmeros tubarões) e o turista também pode optar por uma rota aérea, que passa através do Peloponeso e o turista deve cair com um para-quedas onde desejar.

É fortemente recomendado que os visitantes do Peloponeso tenham seguro de carro e seguro de vida, antes de tomar a decisão fatal de visitar o local.

Economia[editar]

A Economia do Peloponeso é baseado 96% em plantações de maconha, 1% em haxixe, 1% em azeite e as culturas de milho (para esconder a maconha), 1% de vinho (para ter algo para beber) e 1% em estudantes de zoofilia que vão ao Peloponeso para as exclusivas faculdades de pós-graduação deste curso.

População[editar]

Polícia do Peloponeso.

A ilha abriga 600.000 habitantes, dentre eles, 300.000 são grego, e o restantes, são albaneses, búlgaros, ciganos e alemães.

Os povos habitantes do Peloponeso são conhecidos na Europa por serem extremamente simpáticos e hospitaleiros. É o único lugar no continente onde você é roubado em menos de 1 hora. A ausência completa de leis ou ordem ajudam ainda mais a população ter mente aberta.

Além de toda essa maravilha, as criaturas do sexo feminino em Peloponeso são famosas por suas maneiras delicadas, quase não usam roupas, o turista terá muito amor e prazer durante 9 meses, até tornar-se pai.

Cultura[editar]

O Peloponeso está repleto de atividades culturais 365 dias por ano. Ocorrem desde apresentações musicais (Metallica, Efi Thodi, Konitopoulaioi, RBD, etc.) até a Guerras de Tomate para celebrar o natal.

Há também a Festa da Melância, o maior baile funk da Europa. É cultural e obrigatório em Peloponeso que haja 69 restaurantes por habitante. Além disso, existem cerca de 2.452.653 puteiros em cada município.