Midi-Pyrénées

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Midi-Pyrénées, em português (Pirinéus do Meio) é uma região da França, mas não é problema considerá-la também um estado espanhol. Foi conquistada pelo Curdistão em 2014 e hoje faz parte da Occitânia.

História[editar]

Os dois maiores influentes de Midi-Pyrénées.

Midi-Pyrénées, assim como é o Novo México para os Estados Unidos, surgiu naturalmente como refúgio de árabes e ibéricos que durante a história chutam o pau da barraca na região vizinha da Península Ibérica. Em função do alto grau de árabes e espanhóis a francesice (lê-se viadice) na região de Midi-Pyrénées é aquém das tradições localidades gays/rosas francesas.

A atual região de Midi-Pyrénées durante a história foi aquela localidade que quando precisa fugir e se esconder em algum lugar, era para lá que era o melhor negócio. Midi-Pyrénées então foi sendo formada por exércitos derrotados e o clima na região sempre foi meio deprimente.

Atualmente Midi-Pyrénées é um estado da Occitânia ao lado de Languedoc-Roussillon e País Basco, as principais atividades do estado é auxiliar em planos separatistas à companheiros na Europa.

Para o restante da França, Midi-Pyrénées é considerado uma corja de traidores, seu único objetivo é conquistar a França.

Geografia[editar]

Situado ao norte do Deserto do Saara, leste da Groelândia e a sul do Reino Unido, Midi-Pyrénées é considerada a maior região da França, é destacável por ser maior que a Suíça, Bélgica e França juntas.

O fuso-horário da região é ajeitado para ser sempre meio-dia e horário de almoço, logo a população local apenas come e bebe (o que sabem fazer de melhor).