Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/b/b7/Capcompédia.png}}

Virtualgame.jpg Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Vayne Aurelius faz mais uma Heal Jar.

Lindomar Turbo.jpg Você quer levar um PILÃO?

Este artigo envolve algo relacionado a brigas. Se você é homem o suficiente para encarar, vá em frente, mas não se esqueça de levar gelo!


Marvel vs. Capcom: Suruba de Super Herois
Marvel vs Capcom Clash of Super Heroes.jpg

Homem Aranha e Ryu se beijando

Informações
Desenvolvedor Capcom
Publicador Capcom
Ano 12 de Janeiro de 1998
Gênero Porradaria com duplas
Plataformas Fliperama, PlayStation
Avaliação 89%
Idade para jogar Livre

Cquote1.png Caralho! Só tem a Morrigan, Jubileu e a Chun-Li de mulher nesse jogo! Cquote2.png
Jogador tarado sobre Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes

Cquote1.png Nada à ver, n00b, tem a Roll, só terminar com o megaman e apertar direita -.-' Cquote2.png
Nerd viciado sobre jogador tarado.

Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes é um jogo produzido pela Capcom, quando comprou a Marvel Comics após um pacto com o Satã. O jogo reúne personagens de Street Fighter e X-Men e de outros jogos falidos para cairem na porrada.

Qualquer pessoa normal enjoa desse jogo após 5 lutas.

Jogabilidade[editar]

Os controles de Marvel vs. Capcom são um verdadeiro teste de paciência, repletos de ataques repetidos, o controle de todos os 300 personegens é baseado no mesmo sistema de botões:

  • Meia-lua pra frente + soco: Solta o Hadouken (todos personagens tem um hadouken).
  • Meia-lua pra trás + soco + chute + R1 + R2 + Meia-lua pra frente + reze bastante: Solta o Especial de porrada
  • Soco, Chute, Soco, Chute, pra baixo, botão de reset: Reseta o jogo.
  • Aperte X 1 milhão de vezes + X 100 mil vezes: Troca de personagem.

Mas fora esses comandos malucos, é sempre uma tradição nesses jogos você ser obrigado a jogar com dois ou mais personagens. Ou seja, nunca Forever Alone e sempre lutando em Montinho.

de usar personagens de Street Fighter e de algumas outras séries fracassadas da empresa como Darkstalkers e Megaman.

História[editar]

Em 1998 o mundo sofria com uma terrível febre mundial, onde todos os Pivetinhos de Fliperama do mundo inteiro eram loucos viciados para gastar fichas de fliperama nas rodoviárias, feiras e shoppings, a Capcom decidiu lançar este Marvel vs. Capcom para ficar milionária na base dos trocados de pivetes do mundo inteiro.

O motivo da criação desse jogo foi porque em 1994, a Capcom tinha lançado um joguinho de luta chamado X-Men: Children of the Atom, onde o Akuma do Street Fighter era um personagem secreto (não, eu não estou de zueira! o Akuma apareceu mesmo no jogo!). A empresa de gibis Marvel adorou o jogo em 1996 fizeram então X-Men vs. Street Fighter, jogo que duplicou o numero de pivetes de fliperama nos Estados Unidos, e o Akuma além de secreto continuava apelão. Então eles fizeram o Marvel Super Heroes vs. Street Fighter, agora com menos lutadores de rua e novos super-heróis jogáveis, e o Akuma não era mais secreto, só que tinha um chefão filho-da-putamente mais apelão chamado Cyber-Akuma.

Com isso a Capcom viu que essas surubas estavam dando dinheiro pra caralho. E apesar da febre mundial, em 1998 a empresa lançou o Marvel vs. Capcom. Jogo onde além de você poder usar os X-Mens, Super-Heróis e personagens de Street Fighter, agora era também possivel jogar com personagens séries fracassadas da empresa como Darkstalkers e Megaman (que só ganharam fama por causa do jogo mais tarde)...haaa, é o Akuma não apareceu nesse jogo.

Cquote1.png É, não ta. Mas dá pra fazer o Ryu ficar com a moveset do Akuma apertando meia-lua pra trás e soco alto Cquote2.png
Nerd sobre o fato de não ter o Akuma no jogo
Cquote1.png E apertando meia-lua pra trás e soco médio, o Ryu fica com a moveset do Ken. Assim como, apertando meia-lua pra trás e soco baixo faz o Ryu voltar a ter a própria moveset. Cquote2.png
O mesmo nerd sobre afirmação acima

Tenho que confessar que o nerdão aí tá certo. Enfim, isso só comprova que o jogo não tem sentido nenhum.

Personagens[editar]

Marvel

Chun-Li mostrando a calcinha para todo mundo no vestiário masculino.repare na cara do homem aranha.

Secretos

Capcom

  • Ryu - O criador do Hadouken.
  • Capitão Comando - Chefe do Cartel de Medellín.
  • Chun-Li - Uma das pouquíssimas mulheres do jogo, mas suas pernas musculosas podem não ser um bom atrativo...
  • Zangief - Claro! O pior personagem do jogo, além do mais ridículo (usa apenas uma cueca vermelha). Defensor da visão socialista de mundo.
  • Jin - Um cara que ninguém conheceria se não fosse por esse jogo.
  • Morrigan - A prostituta do jogo, porque nem todos os personagens masculinos são gays.
  • Strider Hiryu - Ninja sinistro que ninguém conheceria se não fosse por este jogo.
  • Megaman - Uma aberração científica em forma de guri retardado.

Secretos

v d e h
Marvel vs Capcom logo.png