Luiz, o Espalha Lixo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Feia-001.jpeg Este artigo é sobre algo ou alguém com falta de beleza!

Não nos responsabilizaremos por qualquer dano em sua visão ou vontade de continuar a viver. Alguma foto da Preta Gil pode estar neste artigo.

Luiz esperando um gari terminar seu serviço.
Luiz na época em que trabalhava como carteiro.

Cquote1.png Você quis dizer: Este site? Cquote2.png
Google sobre o Espalha Lixo.
Cquote1.png Criminosinho muito barato. Cquote2.png
Narrador sobre Luiz, o Espalha Lixo
Cquote1.png Agora o meu trabalhinho sujo! HAHAHHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Luiz, o Espalha Lixo sobre ser um criminoso barato
Cquote1.png Esse cara é um otário. Sujar cidades? Roubar chocolates é muito mais gratificante HAHAHA!! Cquote2.png
Roberval, o Ladrão de Chocolates sobre Luiz, o Espalha Lixo
Cquote1.png Tu tá errado, cara! Cquote2.png
Theo Becker sobre Luiz, o Espalha Lixo
Cquote1.png Filho da puta! Cquote2.png
Gari sobre Luiz, o Espalha Lixo
Cquote1.png Tira essa roupa preta porque tu é MOLEQUE. MOLEQUE! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Luiz, o Espalha Lixo
Cquote1.png Fui eu que ensinei Cquote2.png
Houdini sobre Luiz, o Espalha Lixo conseguir sair de uma lixeira acorrentada
Cquote1.png Mais feliz que pinto no lixo. Cquote2.png
Velho deitado sobre Luiz, o Espalha Lixo

Quem é esse sujeito?[editar]

Cidade após a visita de Luiz

Luiz, o espalha lixo é um pobre homem saído do hospício esgoto e sua maior diversão/ocupação/atividade, como seu nome sugere, é espalhar lixo por todos os cantos limpos da cidade. Veste roupa preta e sua pele possui um leve tom verde, por ser um marciano ficar enjoado de tanto ver ruas e calçadas limpas pelas cidades. Tem os olhos apontados para direções diferentes que lhe dão uma visão mais ampla de lugares a serem sujados, cagados e encatarrados. Luiz vive nos esgotos da cidade e seus amigos são ratos que riem de suas piadas infames. Quando vê ruas ou praças (ou ruas e praças) limpas, um frenesi insano e uma risada retardada levam embora o pouco de sanidade que possui e transforma qualquer rua em lixão numa fração de segundos. É um sujeito muito difícil de ser capturado pois, devido a grande malha de esgotos que atende os milhões de cagões habitantes da cidade, pode facilmente desaparecer entre os encanamentos, escondendo-se atrás das merdas sujeiras e não é qualquer policial que tem a coragem de enfrentar o cheiro de merda de Luiz.

Luiz vira alvo do Pica Pau[editar]

Comandante usando a linha quente para contatar o lugar onde o pica pau estava...
Periscópio usado por Luiz para espionar a rua e as calcinhas das garotas de saia
Luiz depois de suas festinhas noturnas e de encher a cara de lixo tóxico até amanhecer

A sujeira de Luiz estava até tolerável, mas depois que ele adquiriu a mania feia de cagar na rua e ouvir Restart ao mesmo tempo, as autoridades da "cidade grande sem nome que ninguém conhece" resolveram tomar providências. O comandante do departamento de polícia então toma a pior atitude de fazer uma chamada para alguém que até o Satanás tem medo: o passarinho infernal cabeça de fogo.

Pra quem não sabe, Pica pau possui um carrão estilo Batman, usado somente em missões secretas. A diferença básica é que o carro do Pica Pau é personalizado com um enorme para-choque com o formato da cara dele em tamanho gigante (imagine o carrão do James Bond com um parachoque com o formato da cara dele).

Pica pau então vai a caça do porcalhão verde usando seus apetrechos de agente secreto de última geração.

Cquote1.png HAHA, essa é pra rir. Aquele bobo não encontra nem um caroço em uma melancia Cquote2.png
Luiz, o Espalha Lixo ao saber que Pica Pau está em seu encalço

Cquote1.png Hihihihihi Cquote2.png
Rato puxa saco sobre piadinha idiota acima

Usando um radar super moderno (muito parecido com uma televisão mal sintonizada), Pica Pau encontra Luiz dando bobeira na rua, parado e olhando para ontem e acelera atrás dele. Ainda usando seu carro, (uma mistura de carro com canivete suíço), Pica Pau utiliza armas de força letal, tais como a buzina fura-bunda, a velha e ultrapassada super caneta-tinteiro e a borracha que apagou Luiz de vez.

A estréia da técnica do replay instantâneo[editar]

Luiz, uma vítima do sádico replay instantâneo
Um carro tão pequeno com um painel tão grande... Tem que ver isso aí

Cansado de apanhar igual boi e ladrão, Luiz decide bancar o homem aranha e fugir pelos telhados dos prédios (depois de um mergulho revigorante em uma lata de lixo, claro).

Cquote1.png Vou mandar meu helicóptero controlado pelo rádio com câmera de TV Cquote2.png
Pica Pau sobre sua televisão de tubo voadora
Com sua super ultra modernidade de 1900, Pica Pau localiza Luiz pulando de prédio em prédio e o encurrala de um jeito inovador: Olha para cima e grita: Cquote1.png Desista Luiz, eu já peguei você! Cquote2.png. Neste momento, surge um grande campo de força que aprisiona Luiz no prédio, incapacitando-o de seguir sua correria pelos telhados.

Luiz antes e depois de elaborar seu plano de fuga do replay instantâneo. Adiantou muito.. desta vez ele foi afundado na terra, onde deve ter sido menos doloroso

Para se livrar desse campo de força, Luiz faz uma mágica extremamente complicada que pode resultar em acidentes catastróficos se der errado: de sua manga, ele retira uma gigantesca bigorna (para a surpresa do Pica Pau). A sede de sangue de Luiz era tanta que ao soltar a bigorna, ele entra no elevador supersônico do prédio somente para ver a bigorna esmigalhar o seu inimigo. O problema é que o elevador desceu tão rápido, mas tão rápido que superou a aceleração da gravidade fazendo com que Luiz fosse fulminado pela sua própria bigorna. Surge então instantaneamente o replay instantâneo.

Disfarces discretos são a especialidade de Luiz

Cquote1.png Para não prejudicar aqueles que não prestaram atenção ao lance, vamos mostrá-lo novamente com a magia do replay imediato. Cquote2.png
Narrador sobre sádicos que não viram a cena
Cquote1.png Replay instantâneo ¬¬ Cquote2.png
Narrador nº 2 corrigindo o narrador nº1

Depois de o narrador satisfazer os sádicos de plantão, Pica Pau então aparece no topo do prédio e salta para um poste (cuja função real é desconhecida já que não possui fios). Luiz, esperto como ele só, decide cortar o poste a machadadas para fazer um ser que voa cair no chão. Resultado: Obviamente não conseguiu e ainda sofreu o golpe chamado bate-estaca.

Cquote1.png Agora, mais uma vez para redobrar o seu prazer, vamos repetir a cena Cquote2.png
Narrador falando abertamente aos sádicos de plantão
Cquote1.png Adoraria provar esse poste batendo em mim várias vezes... Cquote2.png
Você sobre viadagem replay instantâneo

Desta vez, o esperto Luiz estava preparado: Não ia cair nessa conversa fiada de replay instantâneo. E ele tinha um plano de escape. Ao "machadar" o poste novamente, Luiz corre para o infinito, acelerando na velocidade do som até chegar em um lugar pacato de estrada de chão, tipicamente interiorano. Porém, o implacável replay instantâneo não bobeou e foi lá buscar Luiz.

Aprendiz de Houdini e a visita à cadeia[editar]

Luiz escapando de uma lixeira acorrentada
Luiz tentando fuzilar o Pica Pau.

Mais tarde, Luiz fumava seu baseado charuto numa boa quando, ao ver Pica Pau se aproximando, se joga dentro de sua casa uma lata de lixo, largando seu charuto na rua. Pica pau então joga o charuto dentro da lata de lixo fazendo Luiz ter um pequeno acesso de tuberculose aguda purulenta. Para evitar tomar uma atitude precipitada, Pica Pau primeiro se certificou se era mesmo o Luiz e não apenas uma lixeira que tossia. Ao ver os grandes olhos de Luiz saltando pelo buraco da lixeira, Pica Pau enfim prende o meliante dentro do disfarce da lata.

Luiz descansando depois de tanto errar seu alvo.

O que muitos não sabem é que além de materializar bigornas do nada, Luiz aprendeu também como escapar de lixeiras acorrentadas com o grande Houdini. Pica Pau fica estupefato ao presenciar tamanha habilidade e parte pra cima de Luiz, pondo a cabeça no buraco do esgoto onde Luiz se metera. Mal fez isso e Pica Pau quase teve a cabeça estourada por uma bala do 3oitão super potente de Luiz que foi achado no lixo.

Luiz já cansara dessa perseguição chata e sem dinamites, por isso resolveu apelar. Com suas duas armas, partiu para cima do pica pau tentando transformá-lo em peneira... Sem sucesso. Acabou tomando uma chapoletada na cabeça e dormindo até a chegada na cadeia. Mais um trouxa capturado...

Luiz, no entanto, tem uma vantagem sobre todos os outros vilões que Pica-Pau prendeu / queimou / bateu / dinamitou / fodeu / atirou. Luiz foi o único deles a ver Pica-Pau sendo preso junto consigo e, assim, conseguir rir da cara dele. Motivo: depois de receber a recompensa que serviria apenas para comprar o alpiste das crianças, Pica Pau acidentalmente jogou um mini pedaço de envelope no chão, o que lhe valeu a mesma sentença na cadeia de alguém que sujou a cidade toda durante muito tempo, como o Luiz. Moral da história: não importa o tamanho da merda que você faça... é merda de qualquer jeito.