Lord Byron

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps atlantik.png Coloque mais dados aqui. Lord Byron merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a


Gothar.jpg Este artigo foi possuído e agora é seguidor do Arquiduque das Trevas e Imperador do Mal,
Lord Göthar Tenebrian
.

Vamos desejar e admirar o Profeta Tenebrian!

Cquote1.png Louvem-me, aceitem o Goticismo!!! Cquote2.png


Lord Byton, ou seria a estátua do pensador?!

Cquote1.png Meu irmão Cquote2.png
Lord Gothcismus
Cquote1.png Eu versão inglesa Cquote2.png
Edgar Allan Poe
Cquote1.png Riquinho mimado Cquote2.png
Oscar Wilde sobre com inveja analisando litérariamente Lord Byron
Cquote1.png copiou meu estilo Cquote2.png
Batman sobre pelo fato de Lord Byron também ser rico, vestir preto e cuidar de rapzes orfãos
Cquote1.png My Idol!!! Cquote2.png
Michael Jackson Ao saber que Lord Byron era pederasta.
{{C|Transa gostoso!!!|Irmã de Bairon Considerado pai dos nerds góticos, Lord Byron (se escreve Lord Byron, mas pronuncia-se Lord Bairon seu analfabeto!!) era um riquinho que vivia escrevendo putarias. Viajou para os lugares de guerra pra ficar famoso e depois acalmar sua priminha deixando pra ela um presentinho entregue pela cegonha express. Lord Byron foi juntamente com Gothcismus um dos primeiros góticos da humanidade, porém Lord Byron pertencia ao lado Roxo-Escuro da força diferente de seu irmão que pertencia ao lado Escuro da força.

Biografia[editar]

A priminha de Lord Byron.

Lord Byron nasceu do segundo casamento de seu pai, tinha dois irmãos, Gothcismus e Edgar Allan Poe, só que o último foi trocado por um corvo. Lord Byron foi durante sua infância um nerd sadomasoquista, pois quando via um coleguinha apanhando corria pra apanhar no lugar dele. Durante sua adolescência começou a virar cabra-ômi e vivia junto de suas priminhas e praticava necrófilia com animais.

Quando seu irmão começa a fundar o estilo gótico ele decide viajar até a França pra ver se encontra sua prima de segundo grau Madame de Poumpadour, mas só encontra ossos, depois de fornicar com o cadáver vira o segundo gótico da história. Começa a escrever suas poesias(putarias) enquanto fumava Gudang e ópio, neste estágio estava começando a praticar auto-felação por falta de cadáveres, mas acaba fazendo uma encomenda da cegonha para sua priminha libertina.

Já mais velho começa a ajudar os orfãos e desabrigados encinando-os a dar um tapa no cachimbo, sempre com segundas intenções, gostava de retirar os rapaizinhos simpáticos que ele via nas ruas de Londres. Como foi acusado de incesto (fez com parente) seguido de necrófilia pelo marido corno de sua prima ele foge para Grécia onde fica encantado com as estátuas que fornicou por lá, como todo nerd gótico morreu de tuberculose devido ao excesso de Gudang que fumava enquanto torava parentes.

Resumo da vida:

"ele comia todas porque enquanto as menininhas de hoje em dia ficam molhadinhas com um vampiro que brilha no sol, as inglesas casadas da alta sociedade se apaixonavam loucamente por um putão que fez historia na literatura

Obras[editar]

Cquote1.png Ui, que linda!! Cquote2.png
Você sobre Lord Byron
  • Child e Harold- fala sobre os garotinhos que "encontrou" nas ruas.
  • Don Juan- fala sobre os homens gregos
  • O plágio de Álvares de Azevedo- fala sobre o primeiro gótico do Brasil.
  • Horas de Ócio- Fala sobre o seu tempo de pédofilo incestuoso de cadáveres