Lamborghini

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Lamborghini Franchesco Aghilleri
Lamborghini-coutach.gif
"Lamborghini... This is real life?".
Classificação Pseudo-Científica
Reino: Autobot
Filo: Superiorius
Classe: Caruu
Ordem: Shegundi lugar etternus
Família: Megazord
Gênero: Podeósiu
Espécie: Fodudo
Nome Pseudo-Científico
Podeósi Fodudo

Cquote1.png Você quis dizer: L'Alborghetti Cquote2.png
Google sobre Lamborghini

Lamborghini: desing de Ferrari, qualidade de Ferrari, preço de Ferrari, mas não é uma Ferrari

Lamborghini é um grande fabricante de carros italiano que poderíamos estar agora puxando o saco da marca e dizendo que os carros dela são melhores do que de qualquer outra, que o carro é o que tem mais qualidade depois da ferrari, sua eterna inimiga.

Mesmo assim o lamborghini conseguiu conquistar seu lugar no mundo... Quer dizer... O lamborghini foi esquecido pelo mundo, pois não aparece em lugar algum, não é lembrado em lugar algum, e não recebe a devida atenção em lugar algum na face da terra. Por isso, a última frota de carros da lamborghini foram mandados para o espaço, para ver se chamava a atenção. Sabe o que disseram após isso

Cquote1.png ... Cquote2.png
Universo sobre as frotas de carro da lamborghini

Se uma marca de carro não consegue atenção no planeta terra, consequentemente o universo sequer notará quando a lamborghini falir ou pagar mico quando uma exposição da ferrari estiver ocorrendo ao lado de um dos novos lamborghinis countach ou murciélagos.

Existem várias histórias interessantes por trás da marca Lamborghini (ui!) vamos revelá-las aqui nesse artigo.

Origem da desgraça[editar]

Cquote1.png Deve custar R$ 1.000.000.000.000.000.000.000 Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Lamborghini

O lamborghini surgiu após muita burocracia e esforço de um fazendeiro chamado Sr.Lamborghini.

O Sr.Lamborghini era muito famoso pelas redondezas pelo seu leite, e quando eu falo em leite eu não falo daquele leite, mas sim do leite e do gosto ótimo que ele tinha. Ainda mais que na Itália, ela precisava muito de leite para poder funcionar sem nenhuma de suas engrenagens pararem... Mas o ápice do negócio empreendedor de Lamborghini foi durante a recuperação da Itália durante a segunda guerra mundial ter acabado.

Bem, ela precisava de vários suprimentos para poder alimentar os cidadãos ex-facistas. E Lamborghini lucrou muito naquela época, mas com certeza a parte mais difícil da história dele foi quando suas vacas morreram de forma misteriosa, talvez por uma prisão de ventre de 3 meses (vaca pode ter prisão de ventre?) que o dono havia ignorado. Então de alguma maneira, ele conseguiu continuar a produção de leite, tirando leite de seu gato... Aí foi inventada aquela piadinha bem famosa:

Cquote1.png Como se tira leite do gato? Cquote2.png
Piadinha sem-graça
Cquote1.png Do pires! Cquote2.png
Resposta de duplo sentido

Lamborghini ficou conhecido por tirar leite de qualquer lugar, conseguia tirar leite de gatos machos (e não me refiro aquele leite) e até mesmo de periquitos. Mas o seu maior feito foi tirar leite de tijolo... Sim, ele era mestre nisso, e isso lhe rendeu um prêmio nobel de alimentação na época.

Com um prêmio nobel, uma fábrica de leite de tijolo e dono de uma imensa mansão, Sr.Lamborghini ainda tinha dúvidas do que fazer nos seus próximos curtos anos de vida. Sim, ele estava velho e precisava de uma distração... Então ele criou o primeiro lamborghini: o Lamborghini 350 GT, o primeiro da série.

Crescimento da marca[editar]

Lamborghini 4x4. Aposto que você acha que isso é montagem

A marca começou a crescer rapidamente, com o primeiro modelo Lamborghini 350 GT produzido na década de 60. Na verdade, tal Lamborghini foi produzido pelo filho já que o pai morreu após um infarto... Efeito do leite gorduroso dos próprios tijolos que ele criava.

Mas, o único carro Lamborghini que Sr.Lamborghini tinha realmente criado foi o lamborghini que já citei, pois estou com preguiça de fazer o nome.

A marca começou a crescer, e por se tratar de uma marca de carros oficial, a fábrica de leite de tijolo foi vendida para um empresário fracassado que transformou a fábrica em uma grife italiana (acho que channel... Foda-se a marca!).

Com o dinheiro na mão, Lamborghini cresceu, contratou empregados, e conseguiu lançar mais alguns carros que fizeram muito sucesso e renderam alguns milhões para a empresa que já tinha grande fama e renome. Mas, nem tudo são flores, e algo muito ruim aconteceu com a empresa... Quer dizer, não exatamente isso: o filho de Lamborghini demitiu o vice-presidente da empresa, um gênio em mecânica, desing de carros, ótimo em markenting e dentre outras qualidades.

Acontece que após ser demitido, ele o ex-vice-presidente jurou que iria montar uma marca de carro 10 vezes mais poderosa que a Lamborghini e que iria esculachar a Lamborghini toda vez que lançassem um carro novo... Assim nascia a rival da Lamborghini, a Ferrari.

Rivalidade[editar]

Sim, a Lamborghini já fabricou esse Gurgelzão aí.

A Ferrari decolou logo que foi fundada. Graças ao pequeno impulso que as pessoas que trabalhassem lá ganhariam um vale refeição de 1,99 a cada final de jornada de trabalho duro. A estratégia funcionou e os funcionários da ferrari trabalhavam como se a vida dependesse disso (mas não depende? Como se ganha a vida então?). Em pouco tempo, a Ferrari conseguiu 50 anos em 5.

Era completamente incrível! Ao contrário da Lamborghini, os carros da Ferrari eram produzidos com peças de tanques de guerra e blindados da segunda guerra, enquanto os carros da Lamborghini eram produzidos com pedaços de tratores. Começava a rivalidade eterna da Lamborghini.

Crise na empresa[editar]

Lamborghini tentando tirar uma casquinha do universo feminino, lançando esse par de saltos que podem chegar a uma velocidade de até 320km/h!

A empresa entrou em profunda crise na entrada da década de 80. Todos sabiam que a cor da Ferrari era vermelho naquela época, e sem ver saída para a situação em que estava, a Lamborghini se afundou em dívidas e acabou sendo comprada por uma marca menor que produzia apenas carros populares e poluentes e que só havia produzido dois carros até então.

A Lamborghini foi comprada pela Chrysler, uma marca que só tinha fama nos Estados Unidos e que só comprou a Lamborghini para aumentar a competividade em sua terra natal. Atualmente a rivalidade entre Ferrari e Lamborghini não existe mais, já que a guerra já estava vencida antes mesmo do surgimento da Ferrari. Agora alguns Lamborghinis são famosos e lembrados de vez em quando pela franquia Need for Speed que sustenta as ações da marca.

Preço[editar]

O Lamborghini é famoso por inovar, principalmente na área dos preços para a compra dos carros. É considerado por alguns críticos nostálgicos como "um carro que supera a Ferrari em qualidade e estilo". Mas existe um porém: se você for comprar um Lamborghini Countach, por exemplo, e quiser fazer ele em parcelas, cada parcela custará um olho da cara. Se você quiser comprar ele à vista, você corre sérios riscos de ter um infarto, e se você quiser usar cheque especial, a coisa irá piorar mais ainda no final do mês.

Para entender melhor o preço do carro, vamos ver os processos de fabricação do mesmo, assim você verá por que o mundo é tão injusto em taxas e parcelas.

Fabricação[editar]

Aqui estão o número de pessoas necessárias para fabricar um Lamborghini: Parece que a empresa não usa robôs para criar os carros, e prefere, ao invés disso, usar escravos pessoas no lugar das máquinas
Em 90% dos Lamborghinis podem ocorrer pequenos incêndios rotineiros que são facilmente controláveis
Countach, o carro que copiou o desing da máquina do tempo em "de volta para o futuro"

A fabricação do Lamborghini é muito cuidadosa e envolta de segredos o que tornou o acesso dessa informação muito complicada para conseguirmos trazer ela para cá.

A fabricação tem 5 estágios, cada um com seus funcionários incompetentes que agem diferentes e gostam de parar a linha de produção para provocar crises de ataques nervosos no chefe. Vamos ver agora os estágios:

Estágio 1: carroceria[editar]

A carroceria é o esqueleto do carro para você, desinformado que acha que Lamborghinis são carroças... Quer dizer, são carroças sim, só que carroças de ricos.

A produção da carroceria começa à partir do resgate de ogivas nucleares perdidas na segunda guerra mundial. Só para você ter uma ideia, a carroceria é sempre criada com ogivas nucleares perdidas pelo mundo, e essa é a justificativa de duas coisas peculiares nos carros:

  • Sobraram poucas ogivas nucleares da segunda guerra para produzir carros, o que justifica o preço.
  • Poucas pessoas são dispostas para verificar cada canto do planeta terra para achar uma mísera carcaça de bomba nuclear.

A ogiva é colocada e esmagada até parecer um carro ou então um fusca depois que foi atropelado por um rolo compressor. Então após isso, é feito um lançamento em colunas e é feito esse processo por mais de 5 dias até o carro estiver com o formato de um ovo... Estranho não? Mas é assim a carroceria é feita e é após isso que passamos para o próximo estágio.

Estágio 2: motores[editar]

Os motores são uma parte muito interessante, pois sem eles, o Lamborghini não seria chamado de carro (mesmo assim, acho que ele não é). Os motores basicamente podem ser feitos à partir dessas três fontes de energia:

  • Fluvial, no caso seria instalado um moinho na parte de trás do carro e água depositada dentro. Esse modelo de funcionamento é muito prático e já foi usado pelo menos em mais de 90% de todos os carros produzidos pela Lamborghini. Não tem desvantagens, e o sistema tem garantia de que é inovador e que funciona, isso rendeu o prêmio nobel de inteligência automobilística para a Lamborghini, logo depois de ter adquirido o prêmio, a marca vendeu o prêmio.
  • Eólico, é também muito prático e projeta uma hélice de energia eólica de tamanho de mais ou menos 4 metros. Produz energia suficiente para poder dirigir por mais de 5 km... Tudo pelo meio ambiente!
  • Normal e poluente, além de qualidade duvidosa, é um motor comum de Ferrari... Ops! Eu disse Ferrari? Eu quis dizer 100% tecnologia de Lamborghini, com o típico desing italiano que faz a diferença em cada curva. O Motor normal tem potencial maior do que os outros, por isso, quando for comprar (isso se for comprar) um Lamborghini, sempre peça com esse tipo de motor, pois os outros não existem.

Cquote1.png O quê? Não existem? Então por que listou eles logo acima? Cquote2.png
Você
Cquote1.png Deve estar imaginando coisas... Muitas dorgas hein!? Cquote2.png
Eu

Estágio 3: miscelânia[editar]

Um lamborghini participando de um racha real, no maior estilo Need for Speed.

O que é miscelânia? Não sei, mas eu poderia colocar como "Parte da fabricação do carro em que eles entopem ele com frescuras desnecessárias, como o Airbag e Freios", mas eu como sou prático, coloco miscelânia para indicar que simplesmente tem várias coisas no carro.

No estágio 3, os funcionários trabalham a mil, pois eles tem que correr para pegar o cafézinho, voltar para o computador, programar todos os protocolos computadorizados para depois de arrumar todos os números nas ordens corretas, a máquina poder funcionar corretamente e fazer todo o trabalho duro.

Para colocar os freios, airbags e etc, demoram 20 segundos... Depois passamos para o próximo estágio, o mais demorado.

Estágio 4: Precauções[editar]

A imagem acima você verá em sonhos!

Agora o carro está quase pronto, só faltam 50% de tudo... Sim a incompetência da Lamborghini é incrível! Não é à toa que são sempre consideradas um passo atrás da Ferrari e também isso justifica porque eles não tem equipe de fórmula 1.

Então os robôs adicionam ao carro poltronas reclináveis, com vibradores para massagem nas costas estressadas e mais um porta copos para colocar cervejas. Também é adicionado um compartimento de cana-de-açúcar para você poder convencer o guarda que o bafômetro está quebrado.

A Lamborghini também coloca um kit de primeiros socorros no porta-malas, que (eu já disse isso?) fica na frente do carro. O fabricante já sabe que você vai em algum momento, fazer merda com o carro assim como você faz com a sua vida diariamente. Depois de adicionado todas as besteiradas de segurança, começa o estágio 5 que é a pintura do carro.

Estágio 5: Pintura[editar]

Um Lamborghini de lego que pode ser remontado toda vez que você bater em um poste com ele.

Agora a parte mais importante do Lamborghini: a pintura.

Cquote1.png Ué? Mas e as partes de segurança? Não são importantes? Cquote2.png
Você sobre a pintura ser mais importante que a segurança
Cquote1.png A Lamborghini não se importa com segurança, só quer que você compre o maldito carro! Cquote2.png
Eu que ganharei um emprego na Lamborghini com essa indagação

Bem, prosseguindo, a pintura representa 90% do preço do carro. Exatamente o que você pensou, a pintura que dá os milhões, pois a Lamborghini tem uma plantação de árvores, e dessas árvores é retirada a tinta que será usada em seus carros. Há quem diga que a pintura é "única", mas outros suspeitam que a pintura da Lamborghini é vagabundae que o preço é distorcido.

Existem três cores principais, o amarelo, laranja e prata. O amarelo sempre foi o símbolo da Lamborghini, graças ao lamborghini capetim que ficou famoso pelo desing, velocidade e blá, blá, blá. O laranja ficou famoso devido ao lamborghini coultacho e suas cores chamativas e que provocavam ataques epilépticos toda vez que alguém na rua via ele passar. E o prata... Porque não tinha cor melhor, e o prata é sinônimo de chique hoje em dia.

O carro está pronto assim! Então ele é enviado até o lixão a concessionária mais chique para (tentar) vender o carro.

Esporte[editar]

Depois que a Lamborghini começou a doar carros da frota Gallardo para a polícia italiana, cenas como essa começaram a ficar cada vez mais frequentes

O Lamborghini nunca participou de qualquer tipo de esporte, devido que a marca tinha em sua época de autonomia, uma certa deficiência em seus carros.

Polícia norte-americana do Need For Speed: Hot Pursuit 2 mostrando como parar um rachador

A deficiência seria a falta de controle em seus carros que tinham motor de trator na época. A velocidade máxima dos campeonatos de corrida era 300km/h, e o Lamborghini era 400 e olhe lá. Ou seja, o carro quase voava com seu motor... Por essa falta de controle do carro, ninguém era maluco o bastante para comprá-lo e também ninguém o comprava porque não sabiam para que iriam usá-lo.

Estão prevendo que a Lamborghini só riá poder montar uma equipe de corrida, no dia em que a Fórmula 1 abolir todas as frescuras regras e os carros poderem ser comparados a foguetes.

Markenting[editar]

Cquote1.png Legal esse carro... A mulher vem junto? Cquote2.png
Cquote1.png Não quer comprar o carro não? Cquote2.png
Agora você ganha um kit de primeiros socorros de bônus quando você compra seu lamborghini. Viu? Quando você se acidentar vai poder costurar seu braço bem feliz, pois agora você tem um incrível kit de primeiros socorros inteiramente grátis!
Lamborghini faz campanhas para a inclusão dos deficientes no trânsito!

O markenting da Lamborghini é o mais intrigante de toda história automobilística. O markenting se baseia na contratação de mulheres no maior estilo "atriz pornô" para fazerem poses em seus carros Lamborghini, como você pode ver na propaganda ao lado. Mas, frequentemente, a pessoa que vê a propaganda nunca pensa no carro, e sempre pergunta pela mulher.

OBS. O termo "atriz porno" não significa que eles contratam de fato atrizes porno, mas eles contratam mulheres que você nunca pegaria... Assim como uma atriz porno.

Os preços estratosféricos dos carros são facilmente mascarados através dessas propagandas com mulheres, assim a lamborghini consegue atrair vários ricaços que procuram as mulheres. Daí começa a chantagem: "Você conseguirá quantas mulheres que você quiser com essa maravilha!" E então mostram o carro para o ricaço.

Obviamente, o milionário solitário vai querer comprar o carrão para conseguir as mulheres. É bem assim que se ganha a vida na Lamborghini, e parece que o markenting funciona bem.

O único que da para levantar as portas

Conclusão[editar]

O Lamborghini é um carro para poucos, sendo que apenas pessoas que ganharam seu primeiro milhão 15 anos antes de comprar um, podem ser consideradas donas de um intrépido Lamborghini!

Mas devemos destacar que:

  • Um Lamborghini aumentará as chances de morte em +60%;
  • Um Lamborghini poderá acabar em cima do telhado de uma casa;
  • Nunca use seu Lamborghini em ruas comuns, só em autódromos;
  • Opte por um seguro de vida polpudo antes de comprar um;
  • Nunca empreste ele para seu filho, você sabe que ele ficará bêbado e acabará sendo roubado e o ladrão destruirá o carro em um acidente;
  • É de consciência multiversal que uma Lamborghini (atual sinônimo para carro pica) fica lado-a-lado com um Celta 2012 pois 80 quilômetros por hora são 80 quilômetros por hora, arrombado. Porém, muita gente ainda crê que não.

Agora aproveite seu caixão lamborghini, ele é uma máquina muito potente e que realmente vale a pena comprar um. Seus amigos vão ficar babando, pois você conseguirá pegar mulheres, só levantando (isso mesmo, levantando) a porta do seu lamborghini, poderá fazer seu chefe ficar de queixo caído só ao mostrar o banco de couro italiano e fará sua mulher ter orgasmos múltiplos ao ela se olhar no espelho do carro.

Então, como o próprio bordão da Lamborghini diz: "This is a real life?"... Ou melhor, a resposta do bordão: Não, é apenas um sonho, você nunca terá um carro desses nem que trabalhasse por 300 anos e depois começasse a investir na bolsa de Nova York para lucrar mais ainda.

Ver também[editar]