Justizeca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
0,,14479677,00.jpg Atenção! Este artigo seca!

Cuidado ao ler, pois ele pode lhe passar uma uruca filha da mãe! Ééé... Porque tem gente que bota OLHO GORDO.

Juicer Philips Walita, hein??? Eu sempre quis enfiar a fruta inteira assim...

20121009225518!Os Incríveis.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

Descomics.jpg

Este artigo é parte do Projeto Descomics, o seu universo de personagens.

Introdução[editar]

Cquote1.png HUMM!!!! legal!!! eu vou combater o crime NÉ, ÉEEEE!!!, Cquote2.png Cena do filme, The Eyes fat
Edição nº1, Na toca do rato!

Justizeca teve uma carreira brilhante quando foi policial federal em São Paulo,

Seu nome é Zeca Frank Pimenteira da Silva Castle, ou Frank Pimenteira para quem preferir, e ele é sem dúvida alguma o herói mais olho gordo que existiu; invejoso politicamente, incorreto em todo o Universo Marvel.

Sejam bem vindos a vida do Justizeca, e deixai do lado de fora toda a esperança, aqueles que por essas portas adentrarem.


Frank Pimenteira é de origem paulistana, nascido em São José dos Campos, a família Pimenteira tradicionalmente gerava homens mal intencionados, eram muito invejosos, tinha alguns parentes na família que secavam até a própria caixa d’água com seus olhos gordos.

Frank Pimenteira foi criado nesse ambiente, ele seguia os valores morais de sua família, e teve base para a formação de um caráter quase honesto, quase trabalhador, quase religioso e colocando olho gordo em cima da família acima de tudo na vida.

O jovem Frank Pimenteira seguiu carreira militar, e se tornou capitão na marinha Brasileira depois de ter colocado olho gordo nos amigos.

Pimenteira lutou na guerra da Bolívia, colocou olho gordo no gás Boliviano explodindo o país inteiro e se tornou o melhor soldado que um exército poderia ter:

Quase Determinado, Quase Leal, Quase Resistente, Quase Astuto, era uma Máquina de azar.

Ele se especializou em técnicas de combate diversas, armamentos, explosivos, sobrevivência, veículos de guerra, e tudo mais que um homem precisa saber para ganhar uma guerra inteira sozinho, Quase sempre nem precisava usar estas armas, pois ganhava guerras só no olhar.

Quando Pimenteira voltou, se casou com Leid Queite, e tiveram dois filhos.

Um dia Pimenteira foi com sua família ao rio tiete para um piquenique, era um dia tranquilo, e todos estavam muito felizes, se divertindo, comendo e as crianças empinando pipa com o pai. Era um dia perfeito, até que se ouviram gritos. Umas Gangues de olhos gordos se enfrentavam disputando poder, e um dos homens fugiam pelo parque, na direção dos Pimenteiras. A família teve o azar de testemunhar o assassinato do homem, e para eliminar as testemunhas os assassinos atiraram em todos eles. Todos foram atingidos, Leid Queite, apaixonou-se quando viu a metralhadora do bandido e fugiu com marginal deixando Pimenteira sozinho sem seus filhos.

Os assassinos ainda tentaram acabar com Pimenteira, quando ele estava no hospital, mas ele reagiu a tempo matando um dos homens colocando seu olho gordo na pistola do bandido.

Depois que Pimenteira usou seu olho, a pistola disparou sozinha, o mais incrível era que a arma ainda estava na cintura do bandido, o tiro atingiu pé do marginal onde o mesmo morreu de hemorragia com ferimento na ponta do dedo.

Ele recebeu a proteção da policia, e levou toda corporação a loucura, pois cada dia que se passava na DP, uma coisa quebrava ou dava prego quando Pimenteira aparecia pelas dependências da policia.


Não adiantava mais. Por mais que Pimenteira ficasse as coisas sempre quebravam ali dentro.

Então um belo dia Pimenteira resolveu usar seus super poderes para combater a criminalidade.

Passou a colocar olho gordo nos planos dos bandidos de plantão.

Primeiro ato heroico[editar]

Cquote1.png Eae rapaziada tudo mais ou menos?!?!? Cquote2.png

Seu primeiro grande feito foi impedir um assalto a banco; era uma linda noite ensolarada quando um grupo de bandidos apareceu na porta de um banco.


Tais bandidos usariam bananas de dinamites para arrombar a porta do cofre. Neste exato momento apareceu Pimenteira no local!


Ele chegou balançando suas grandes mãos e disse ao grupo de marginais:


Cquote1.png Eae rapaziada tudo mais ou menos?!?!? Cquote2.png


Cquote1.png HUMM!!!! Que legal!!! DINAMITE!!!! Dinamite é bom, explode as coisas NÉ, ÉEEEE!!!, Cquote2.png


Naquele momento Pimenteira tirou seus óculos é disse:


Cquote1.png Eu sempre quis ter uma banana de dinamite assim!!! Cquote2.png


O mais engraçado foi que a dinamite não explodiu, isso porque o estopim rompeu, a caixa de fósforos havia acabado de cair em um bueiro também, depois apareceu um caminhão carregado de banana prata atropelou os bandidos trinta segundos depois.


Pimenteira estendeu os braços batendo na cintura e disse:


Cquote1.png EEEeeeeeee!!! Sujou a rua de sangue!!! Cquote2.png


Então Pimenteira foi ao encontro dos restos mortais e disse:


Cquote1.png Posso dar um toque em vocês? Cquote2.png


Cquote1.png Esse caminhão de banana tem olho GORDO!!! Cquote2.png

Ver também[editar]