Jeff Hanneman

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Buddy Guy com tres na cama.jpg

Carlos Santana deu sua benção a este artigo!

Obrigado! Este artigo se sente mais forte agora :)

Clique aqui para mais abençoados.

Dark-Art-Grim Reaper 01DesktopNexus.jpg Jeff Hanneman já morreu!

Virou adubo...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Cquote1.png Agora que morreu todo mundo gosta, não é? Cquote2.png
Qualquer um sobre Jeff Hanneman.
Cquote1.png Meu amor!! Por quê você não está respirando, docinho?! Cquote2.png
Kerry King sobre Jeff Hanneman.
Cquote1.png Está bombando no Twitter Cquote2.png
Computeiro sobre A morte de Hanneman estar no Trending Topics.
Cquote1.png Amor sem beijinho, Hanneman sem Hammettinho... Cquote2.png
Kirk Hammett sobre Jeff Hanneman.
Cquote1.png Vai com Deus, cabeludo! Cquote2.png
Chuck Schuldiner sobre Jeff Hanneman.
Cquote1.png Seja bem-vindo meu rapaz! Cquote2.png
Satanás sobre Jeff Hanneman.
Cquote1.png Ai que fofo! Cquote2.png
Hebe Camargo sobre Jeff Hanneman.
Cquote1.png Tomei o lugar dele, perdeu playboy! Cquote2.png
Gary Holt sobre Jeff Hanneman.

Jeff Hanneman foi um jovem californiano que ficou famoso ao participar da banda de Glam Metal Slayer. Com o que aprendeu nessa banda ele usou para virar um estilista de moda e outras coisas da passarela. Depois que o Slayer mudou seu estilo para Thrash Metal, Jeff acabou largando o mundo da moda e virou um guitarrista de renome no cenário do Metal. Hanneman, mesmo a sete palmos debaixo da terra, continua sendo o ídolo de muita gente tem sempre um baba-ovo... .

História[editar]

Metal no sangue, veio!

Hanneman nasceu nos EUA em 1964 numa família de veteranos de guerra, o que explica o fato de Hanneman ter uma paranóia que faz o pensar que uma granada irá explodir no seu colo. Hanneman teve uma infância bem feliz e criativa, principalmente quando ele jogava garotos menores na lixeira da escola e tacava fogo na sala do diretor... coisas simples que fizeram a infância de Jeff tão rica. Durante a adolescência Jeff começou a gostar de Hardcore Punk e outras coisas de delinquente, mesmo levando porrada com rolo de macarrão dos pais ele perseverou nisso e aprendeu a tocar guitarra. A paranóia da granada atrapalhava muito o jovem Hanneman, pois o mesmo se atirou diversas vezes no palco (tendo alguém para o segurar ou não) com medo que a tal "granada" explodisse.

Era Slayer[editar]

Em um belo dia de neve e chuva Jeff encontra Kerry King enchendo a cara na praça e os dois começam a conversar. King fala que ele estava planejando uma banda de Glam Metal, mas faltava alguém para tocar guitarra junto com King, Hanneman aceita na hora e fala que pode tocar para King (UI!). Hanneman depois de algum tempo no Slayer decide criar as grifes Dolce & Gabana, Calvin Klein e Korova, porém não dá certo devido a paranóia da granada e outras coisinhas... foi nessa época que Jeff pressionou o Slayer a virar uma banda de macho, virando Thrash. E o sucesso veio...

Morte[editar]

Hanneman levou uma picadura do Homem-Aranha e acabou morrendo por complicações no dedão do pé em 2013. A morte dele comoveu o mundo todo, inclusive o Brasil.

Estilo de tocar[editar]

Jeff e Dimebag Darrel tinham um estilo muito parecido: um riff fodão pra guiar a música inteira junto com riffs auxiliares e um solo rápido e que traz orgasmo musical a quem escuta. Jeff tocava em tremolo picking e fazia solos caóticos em conjunto com King, criando o "estilo Slayer de solar."

Legado[editar]

Um monte de gente sem ter o que fazer e vários músicos metaleiros se tornaram viúvas do Hanneman. Até hoje os puxa-sacos insistem em dizer que Hanneman foi um grande músico e tallz, desconsiderando as gafes causadas pela paranóia da granada.

Jeff escreveu algumas músicas para o Slayer como "Dead Skin Mask" e "Angel of Death". Muitos dizem que ele era mais criativo que King e só não criou mais músicas porque o Careca não deixou.

Acusações de Nazismo[editar]

Ele foi acusado de ser nazista diversas vezes, principalmente por causa da letra de "Angel of Death". De fato, Hanneman tinha insígnias do exército do Terceiro Reich, trocando até figurinhas com Lemmy Kilmister, mas isso aí é história pra outro artigo. Hanneman sempre negou ser nazista.

Fatos[editar]

  • A paranoia da granada só acabou quando ele morreu.
  • Os parentes dele eram alemães.
  • Ele só falava English.
  • Ele não era nazista.
  • Depois que morreu todo mundo reconheceu seu talento, até os que nunca ouviram falar dele.
  • Enquanto você lê esse artigo, Jeff conversa com o Diabo agora.
  • Ele tem legado musical e você não.
  • Hanneman irá voltar.
Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Jeff Hanneman no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg