Helena de Troia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
A biscate responsável pelo início da Guerra de Troia.

Helena de Troia é uma personagem histórica da mitologia grega, considerada a puta mais gostosa do mundo e cobiçada por todos os machos virgens que viveram em sua época. Filha do promíscuo Zeus, o deus supremo da Grécia Antiga, e da bela rainha Leda, espartana zoófila que possuía uma tara por cisnes.

Sendo filha de um deus com uma mortal, isto faz de Helena uma semideusa. Foi concebida por sua mãe Leda após a mesma ser vítima das putarias de Zeus, que transformou-se em um garboso cisne para seduzi-la e garantir uma rapidinha. Tal ato de zoofilia resultou na prenhez de Leda, que depois botou quatro ovos e, após estes chocarem, deram origem a Helena e seus irmãos Clitemnestra, Castor e Pólux. Como Zeus já tinha mais de oito mil filhos espalhados por aí, ele pouco se lixou para os quadrigêmeos, portanto Leda convenceu o maridão Tíndaro de que ele seria o pai, e o rei corno adotou a prole como se fosse sua.

À medida em que foi cresecendo, Helena virou uma baita gostosona e passou a ser cortejada por tudo quanto era otário. A fim de escolher o melhor pretendente, seu pai Tíndaro criou um reality show para que os maiores heróis gregos disputassem o coração da filha bastarda. O vencedor foi o sortudo Menelau, que além de ganhar Helena, de quebra ainda foi coroado rei de Esparta. Porém, ele na verdade não foi tão sortudo assim, porque mulher gostosa é igual melancia e ninguém come sozinho.

Em viagem a Esparta, o príncipe troiano Páris se encanta por Helena, e como Menelau é um velho broxa, ela nem hesita em se entregar ao turista, que é um jovem belo e viril. Feliz com a nova rola que arrumou, Helena aceita fugir para Troia com Páris, abandonando não somente Menelau como também a pequena Hermíone, filha do casal. Para amenizar o escândalo, foi divulgado pelos tabloides gregos sensacionalistas que Páris havia sequestrado Helena, o que deixou Menelau putaço e o fez declarar guerra contra Troia, da qual a Grécia saiu vencedora graças ao famoso golpe do Cavalo de Troia.