Guamaré

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Guamaré é um dos bairros ricos de Macau, no litoral da China, sendo portanto uma zona administrativa especial, sendo governada e gerida diretamente pela Petrobras. Local também conhecido como a Arábia Saudita brasileira, pois possui um rio de petróleo que conta inclusive com uma cachoeira em seu percurso, desaguando na refinaria da Petrobrás, em Pernambuco. É uma cidade tão rica que possui um sistema de petróleo encanado, pelo qual seus habitantes podem lavar seus carros, tomar banho, ingerir, lavar o cu, entre outras coisas.

História[editar]

A cidade flutuante de Guamaré vista do alto, só esperando o dia que ser afundada.

Local descoberto em 1605 por um explorador frustrado que procurava o mítico Acre, acompanhado apenas por seus bofes mais fieis, a esposa e seu filho bastardo. Ao chegar na região de território pantanoso, acreditou que havia chegado em Aquidauana e se convenceu estar perto do Acre, mas então teve uma insolação e morreu por ali mesmo. Os seus seguidores, óbvio, pararam a viagem, criando assim uma vila de pescadores.

Foi no ano de 1783 que náufragos de alguma canoa furada chegam ali, e decidem construir uma capela porque parece que só isso que as pessoas sabiam fazer no século XVIII para passar o tempo. O nome adotado veio da expressão "gua maré" que significava se entupir de cachaça, ou algo do tipo.

Mas foi necessário alguns séculos para só em 1962 o lugar ser transformado em município.

Geografia[editar]

A cidade fica no lombo do elefante, no litoral norte do Rio Grande do Norte, localizada num fiapo de terra onde não cabe mais nada. Com uma altitude média de 0 metros acima do nível do mar, os poucos habitantes sensatos que ainda perduram por ali, apenas aguardam o dia de um tsunami varrer aquilo e levar os funcionários metidos que trabalham na Petrobras.

Economia[editar]

A cidade é considerada rica para os padrões potiguares petróleo, principalmente por não ter tantas casas de taipa e pau-a-pique. O petróleo, todavia, como não pode ser vendido diretamente pelos habitantes, estes precisam se contentar com as esmolas da Petrobras caso aceitem trabalhar como semi-escravo para eles, ou então investir em pesca, salinas e cata-ventos gigantes.

Turismo[editar]

Com uma cidade localizada a 0 metros de altitude e no litoral (ou seja, se um dia vier uma onda de 2 metros, ela varre a cidade toda) vários turistas visitam a região para conhecer esta situação tão pitoresca.