Granola

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Zetsu rosto.PNG Este artigo faz parte do incrível mundo Vegetal Folhoso

Este vegetal foi certificado pelo Greenpeace sendo livre de agrotóxicos e outras pragas nocivas.


Granola é um elemento típico da dieta natureba. A granola consiste em uma amálgama de castanhas e frutas secas adicionadas à aveia caramelizada.

Reação de um ser humano ao ver uma tigela de granola com aveia. Não é legal. Para quem faz. Mas para quem vê...

A granola (gran, em latim: grãos; ola: movimento que as torcidas de futebol fazem, ou seja, uma ola de amálgama misturada à aveia caramelizada) surgiu por volta de 4.300 a.C. no antigo Império Democrata Persa-Libanês, durante a campanha de invasão ao Canadá conduzida pelo Imperador Marchex II. Devido ao clima ríspido e pouco elegante, as provisões das divisões avançadas mostraram-se propensas à hipotermia, restando aos soldados apenas a aveia caramelizada e uma amálgama de castanhas e frutas secas.E foi assim que o império persa-libanês foi derrotado, sobrando apenas os cavalos, que se recusaram a comer aquela porcaria.Dias depois da derrota, os persas libaneses decidiram que quando um povo vizinho fosse visitá-los, seriam recebidos com um pote de porcaria, ops quis dizer iguaria.

Atualmente, a granola representa a mais importante fonte de nutrientes e fibras adocicadas do mundo utópico onde todos possuem alimentação saudável e praticam exercícios fisicos regularmente (depois de terem vomitado, é claro!)

Onde se encontra[editar]

  • Mercearias
  • Supermercados
  • Cantinas de escola (isso aqui não é privado, tá?)
Este artigo é um esboço.
Quem fez esse esboço não tem pinto.
Você pode fazer este artigo comer a Tia do Batman (e depois comer o Robin).
Ruth lemos01.jpg Este é um artigo gastronômico.

Ruth Lemos garante: "Esta página tem valor nu-nu-tri-triii... adequado!"