Galvez Esporte Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Galvez Esporte Clube
Escudo do Galvez.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Talvez Esporte Clube
Origem link={{{3}}} Acre- Rio Branco
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Acriano
Divisão Série A
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Galvez Esporte Clube é um suposto time de futebol, semi-amador, localizado no suposto estado do Acre. Foi inventado em 2011 para fazer de conta que no Acre havia mais de um time além do Rio Branco FC, o único mais ou menos conhecido. Ninguém nunca viu esse time em ação, afinal o Acre não existe então muito menos times de lá, mas a julgar pelas raras imagens montadas desse time encontradas no Google, trata-se certamente de um time semi-amador sem torcida e sem perspectivas de se tornar grandes coisas.

História[editar]

Fundação[editar]

O time surgiu em 2011 através dos restos mortais de um time desconhecido chamado Tiradentes do Acre, um clube que faliu (único destino viável a qualquer time do time do Acre) cujos restos foram apreendidos por uma operação da polícia militar que visava encontrar cigarros traficados. Como eles estavam no Acre, um lugar indigesto, decidiram se vestir com aqueles trapos jogados e formar um time de futebol dos poliça, e apesar do caráter semi-amador da equipe, por falta de times no estado do Acre, rapidamente o Galvez tornou-se a terceira potência estadual.

Acredite ou não, existe segunda divisão no Acre, e o Galvez começou por lá, embora o time fosse tão ruim que foi só vice em 2011 não se sabe para quem pois duvida-se que existam times o suficiente para isso, sendo o Galvez campeão da segundona acriana apenas em 2012 porque jogou sozinho.

Campeonato Acriano de 2013[editar]

O máximo que o Galvez pode fazer na temporada de 2013 foi chegar nas semi-finais do estadual, só para apanhar de 5x1 para o Rio Branco FC, e isto porque este mesmo Rio Branco nem campeão foi. E durante os 365 dias do ano de 2013, foi só isso que o Galvez fez.

Campeonato Acriano de 2014[editar]

Com muito custo, chegou novamente apenas até as semi-finais do campeonato estadual, o que não é difícil pois nunca existem mais de 4 times inventados simultaneamente para disputar aquele estadual. Nas semi-finais perdeu para o Atlético Acreano e encerrou seu ano ali mesmo. Como os jogadores são policiais militares, nem precisam se preocupar em ficarem desempregados.

Campeonato Acriano de 2015[editar]

Finalmente, após tanto insistir, chegou á sua primeira final estadual em 2015, mesmo ficando a incríveis 12 pontos de distância dos primeiros colocados na primeira fase. Por questões de cagada, e pelo fato do adversário ser um time do Acre, eliminou o Atlético Acreano e alcançou a final, onde foi goleado e conquistou seu primeiro vice.

Temporada 2016[editar]

O regulamento mudou, mas o Galvez continuou sendo um mero coadjuvante e saco de pancadas do Rio Branco e Atlético no campeonato estadual. A grande diferença nesta temporada foi a estreia do time na Copa do Brasil, mas ao invés de enfrentar um Flamengo, um Santos, um Cruzeiro, o Galvez foi designado para jogar contra o Rio Branco FC do Acre, sem sorteios, pois a CBF julgou ser inadequado que dois times inexistentes jogassem simultaneamente o torneio nacional, precisando haver esta disputa preliminar, a qual o Galvez ganhou o primeiro jogo.

Títulos[editar]