Verdades sobre Cavaleiros do Brasil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta página trata sobre os fatos de Cavaleiros do Brasil


  1. Para se tornar um dos Cavaleiros do Brasil é necessário RG, telefone, endereço, uma infinidade de outros documentos e ser maior de 18 anos.
  2. A primeira armadura brasileira foi feita as margens do Rio Ipiranga.
  3. Tráfico de armaduras é crime no Brasil desde o sumiço da armadura do Acre.
  4. Oscar Niemeyer foi o responsável pela criação de quase todas as armaduras do Brasil. Ele nega ter criado a armadura do Acre.
  5. Dom Pedro II foi expulso do Brasil assim que Deodoro da Fonseca roubou e vestiu a armadura do Brasil.
  6. Na Guerra do Paraguai, o Brasil teve a cara de pau de só enviar cavaleiros de Plástico.
  7. Quando Getúlio Vargas se suicidou, tiveram depois que construir outra armadura, já que na hora de se matar com um tiro no peito, esqueceu de tirar a armadura, criando um enorme buraco.
  8. Juscelino Kubitschek criou inicialmente Brasília para ser o cofre de armaduras do Brasil.
  9. Quando o rei de Portugal saiu do Brasil, ele levou todo o ouro, por isso aqui as armaduras são feitas de cobre, latão...
  10. Jânio Quadros renunciou porque a armadura ficava muito larga nele.
  11. A Guerra dos Farrapos tem esse nome justamente pela condição das armaduras após a guerra.
  12. As armaduras estaduais são baseadas nas suas bandeiras.
  13. A única armadura de time de futebol que existe é a do Flamengo, usada por Obina. Está previsto que todos os outros times ganhem as suas armaduras até 3007, começando pela do Tabajara Futebol Clube.
  14. Recentemente os Cavaleiros do Zodíaco confrontaram os Cavaleiros do Brasil na Saga do Brasil.
  15. As armaduras normalmente retratam as características de seus cavaleiros, assim como seus ataques e suas fraquezas.
  16. Se Silvio Santos não estiver usando sua armadura ele pode ser derrotado com uma mera pergunta.
  17. Quando você se torna um Cavaleiro do Brasil, você passa a ser um funcionário público com direito vitalício aos beneficios e ao plano de saúde.