El Tajín

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Doritos.jpg ¡Yo lo no conozco, señor!

Esta es más una de las porquerías que viénen del México, como la Televisa, El Chavo del Ocho, Thalía y Moderatto. Lo autor está en una cantina en Guadalajara comiendo tacos con jalapeño y guacamole.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


El Tajín é a capital do Império dos Totonacas, uma civilização de índios que foram massacrados pelos Maias durante as Guerras Clônicas. O sítio fica localizado na região de Veracruz, o reduto indígena do México. Era conhecida como Cidade do Trovão aonde os deuses gostavam de comer algumas humanas, e se não ficassem satisfeitos faziam uma tempestade de trovões.

História[editar]

Quetzalcóatl irado quando oferecem uma não-virgem a ele.

A cidade foi erguida no Século I pelos toletes, uma civilização que se destacava pela falta de higiene, a cidade é visivelmente um plágio de Teotihuacan, e por isso considerada pela UNESCO patrimônio mundial por ser o primeiro plágio assumido da história o que imortaliza o lema da instituição "Nada se cria tudo se copia".

A cidade foi séculos depois conquistada pelos xixi-melecas, que usaram uma tática mais refinada de armas anti-higiênicas para superarem os toletes em mau-cheiro.

Séculos depois os espanhóis apareceram buscando ouro e madeira e dizimaram por acidente a população de El Tajín, só de se aproximarem com seu cheiro de quem nunca tomou banho na vida e já teve todas as doenças variáveis possíveis de cólera.

Hoje o "Instituto Mexicano de Antropologia e História do Saneamento Básico" busca restaurar a cidade e usar a revolucionária tecnologia de saneamento da antiguidade para empregar nas cidades mexicanas modernas.

Monumentos[editar]

O centro cerimonial do sítio cobre cerca de 1 km², é cercado por pirâmides, e sempre acontecia tudo o que você sabe dessas populações, um monte de gente alienada ficava adorando deuses e fazendo sexo enquanto caçavam javalis nas matas.

Rituais satânicos de sangrias podem ser claramente identificados nos altares da cidade.