Duende Artur

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
21892694.jpg HA HA! SAVE THE LEPRECHAUNS!!

Este artigo é irlandês. Ele mora no fim do Arco-Íris, resistiu aos vikings e aguenta chuva o ano inteiro. O autor é um católico fanático que fala galês misturado com inglês e bebe cerveja até desmaiar.

Posuido.jpg Este artigo é sobre um demônio!

Provavelmente tem asas de morcego, chifres de bode e/ou um rabo esquisito, além de perturbar você e cometer atrocidades. Não clique aqui se preza por sua vida!

Artur ainda na época que ganhava a vida como bailarino (mensagem subliminar intensifies).

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Pica-Pau Verde? Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Duende Artur

Artur O'Toole é um Pica-Pau Leprechaun duende, que seria um anãozinho benfazejo que veio da Irlanda pra realizar nossos desejos (até rimou, mas é tudo propaganda enganosa). O problema é que o filho da puta só sabe fazer merda, igual ao governo Bolsonaro, e todo e qualquer amo que ele atendeu se fodeu lindamente. Atualmente, no mundo dos duendes, Artur teve o registro cassado devido a sua total incompetência.

Seu melhor duende?[editar]

Pica-Pau, como qualquer mortal (rimou de novo!), ainda que tenha conseguido se livrar das situações mais absurdas possíveis, em geral (critical hit atrasado) provocadas por ele mesmo, também sofre do pior mal que atormenta a humanidade desde que um bando de camelôs decidiu fazer um cercadinho no quintal e acontecer um monte de merda que não foi limpa faz uns... ah, foda-se: são as contas. No caso de Pica-Pau, eram muitas, mais que as reservas que ele tinha quando visitou o Chalé Suíço do Leôncio, e ele não tinha dinheiro (nem móveis na casa) pra pagar tudo aquilo, afinal, ele trabalhou a vida inteira apenas como voluntário. Sem saber mais o que fazer, ele começou a ter ataques de desesperança e jogar as contas pro alto igual bailarina do Sílvio Santos em sorteio de cartas, até que, totalmente do nada, brotou um trevo de quatro folhas do cu do assoalho. Acreditando que traria 72 virgensboa sorte, já que trevo não transmite AIDS, ele tirou a planta do chão e bum, explosão "ZAP!", ele se transformou no Duende Artur! Se o Pica-Pau tivesse comunicado a polícia, isso não teria acontecido.

Artur analisando calma e cientificamente o bafo do Pica-Pau.

O verdinho duendinho, então, explicou seus poderes usando um repente de Caju & Castanha e truques expostos pelo Mister M no Fantástico, como flutuar, ficar pequeno como um elefante e grande como uma ameba, ficar rosa, azul ou negão, usar Kage Bunshin no Jutsu, sugar todos pra dentro de si mesmo automaticamente (com exceção de um que era teimoso e teve que voltar no manual) e até em animais exóticos, como o Quico e o Crash Bandicoot. Após sua apresentação altamente didática (e xarope) o meliante ofereceu seus serviços de três desejos, apenas.

Satã Negão zoando com a cara do Artur após sua 8001ª ida ao inferno por ordem de seu amo.

Tendo carta branca pra tocar o terror 3 vezes, o Rói-Pau desejou ser rico, muito rico, e pediu ouro, OURO, OOOOUUURO!!! Assim, Artur mandou ele se inscrever no Show do Milhão o levou pro fim do arco-íris (que na verdade era o nome de um banco de Nova York). Lá, o cabeça de fogo viu vários sacos cheios de vale-balão moedas de ouro e saiu correndo com um pra comprar um... telefone de ouro? Entretanto, já na rua, o caro amigo do Lobo Mau descobriu que foi tapeado, muito tarde aliás: imediatamente (que rápido...) a polícia começou a caçá-lo como ladrão. Após ser algemado, levado à delegacia e tudo mais, Pica-Pau se defendeu dizendo que foi "um duende" o culpado, sendo bem óbvio que o policial iria a zoar com o pássaro pela sua prática de consumo de LSD, mas logo "coisas estranhas" aconteceram com ele, como uma marretada fantasma, uma TNT misteriosa, um telefone de TNT, uma bala perdida da própria arma em sua bunda, uma janela fantasma na parede, três baldes com pingas (na verdade um tinha uma dinamite elástica), um leão verde (Mutano?) e uma poça d'água de profundidade do cu da Hotkinkyjo. Tudo culpa do duende encrenqueiro.

Quando o Pica-Pau achou que tinha se livrado da Polícia, dois novos guardas o prenderam, bem menos incompetentes que o anterior. Assim, ele pediu seu segundo desejo: que o tirasse dali. Assim, ele foi trocado misteriosamente por um gambá, deixando os dois gambá desesperados e bem fedorentos, já que borraram as calças de medo se serem esporrado com o mijo do gambé (acho que tá trocado, não sei). Por fim, já em casa e de saco cheio de tantas rimas forçadas, Pica-Pau finalmente fez seu último pedido, e o único que realmente prestou: mandou Artur ir beber com Jeremias no inferno pra tomar noku. E o fato chocante (para os crentelhos) é finalmente revelado (pela sonora voz de Anderson Silva): Duente Artur é um fracassado igual ao grande Nappa e aquela tinha sido somente mais uma viagem rotineira pro fogo.

Vídeos[editar]