Desnotícias:Morreu André Ventura

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Dilma cigarro.jpg I M A G E N S|||F O R T E S

Neste artigo são exibidas imagens fortes. Caso você possua doenças cardíacas ou seja menor de 18 anos, idoso, gestante, fresco, patricinha ou emo, não leia este artigo.

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

LISBOA, Portugal

As eleições presidenciais portuguesas de 2021 terminaram com Marcelo Rebelo de Sousa sendo eleito por mais cinco anos, mas a principal notícia se deu por via do terceiro colocado na votação: o líder de extrema-direita português André Ventura foi encontrado morto tentando chupar a própria piça em um apartamento de Lisboa, após o seu fracasso nas eleições.

O CHEGA, partido político ao qual pertence (até se demitir por ter ficado atrás da Ana Gomes), planeja um funeral de seu cadáver político, começando no Alentejo (onde teve votação surpreendente), onde será usado como saco de boxe pelos alunos da AA da Universidade de Évora. Seguindo a viagem, irá para o Algarve, onde irá nadar com os peixes. A turnê de despedida de Ventura continua por Lisboa, onde violará as regras de confinamento para assistir um jogo do Benfica, razão pela qual conseguiu pelo menos cinco porcento dos seus votos. O cadáver não será mostrado no Porto por motivos óbvios, indo diretamente para o Minho, onde planeja fazer uma acção promocional com a Red Bull de onde saltará de bungee jump de uma das torres do castelo de Guimarães, seguindo para Fafe, onde irá participar de uma demonstração de jogo do pau, só que desarmado. O cortejo fúnebre terminará em Elvas, onde Ventura conseguiu significantes 20%, quando o cadáver será transportado por camião até a fronteira com Espanha, para que Ventura seja enterrado no Valle de los Caídos, substituindo um de seus grandes ídolos.


Ventura e seus apoiadores ensaiando para o Bungee Jump
Carta de suicídio político de Ventura

Fontes[editar]

Compartilhe
essa desnotícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram