Desnotícias:Bayern de Munique obviamente vence o PSG na final da Champions League

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Cquote1.svg O pai tá off Cquote2.svg
Neymar pipocando mais uma vez

LISBOA, Portugal

Em mais uma final da enrolativa Liga dos Campeões, o atropelador de times de futebol Bayern de Munique, derrotou neste domingo de 23 de Outubro de 2020 o superestimado Paris Saint-Germain Football Club, que todos torciam a favor só por conta do Neymar mesmo. No primeiro tempo, logo de começo, já podíamos sentir que seria um jogo e tanto, de tirar o fôlego que nem o COVID-19, ou menos, bem menos... De qualquer forma, no primeiro tempo não ocorreu gol nenhum, porém várias tentativas de fazer um. De início o PSG não sentiu tanta pressão por parte do Bayern, e até chegou bastante perto de fazer o bendito do gol, mas na maioria das vezes o fominha do Kylian Mbappé, em tentar pegar toda a glória do gol para si, ou chutava fraco demais, quase recuando, ou dava uma bicuda desnecessária na bola. Enquanto isso o Bayern continuava no mesmo estilo de futebol de sempre: piscou, já tem um vermelhinho na sua frente, mas ainda assim não fez força suficiente pro gol sair...

Já no segundo tempo o jogo começou meio parado, meio monótono para os dois lados, contudo do mais absoluto nada, no que parecia ser apenas uma investida comum, o jogador mais subestimado de todo, com um moicano ctrl c + ctrl v feião do Ney, Kingsley Coman, cabeceou a bola pro gol, marcando um a zero pro time. Depois disso foi como um balde de água fria do PSG, mas com muita briga, barraco e discussão entre os jogadores, e um mar de cartão amarelo para ambos os times. Neymar é um jogador que não aguenta pressão, então ficou fraquinho, Mbappé sumiu do mapa, e o Ángel Di María literalmente foi pro banco. O PSG ainda tentou, e a se tentou, muitas tentativas emocionantes, mas que não impressionaram ninguém do Bayern, principalmente o técnico alemão, que não rolou no chão feito o Tite na Copa do Mundo de 2018, ou qualquer outro técnico alegre, só ficou ali paradão pensando a respeito da vitória. E agora é o momento das neymarzetes passarem pano pra partida má jogada do mito...

Fontes[editar]

Compartilhe
essa desnotícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram