Desnotícias:Acre vence o Festival da Eurovisão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

ROTERDÃ, Holanda

Em uma maiores surpresas nos sessenta e cinco anos de história do certame, a canção Insira Título Aqui, representando o Acre, venceu a edição de 2020 do Festival Eurovisão da Canção, com uma canção inovadora tocada e cantada de trás pra frente, e um show de luzes e dança onde o próprio Satã saiu de um buraco negro gerado por meio de uma divisão por zero feita pelo cantor Ednaldo Pereira, o grande vencedor.

Insira Título Aqui foi a primeira canção da história do festival a receber 12 pontos dos júris e do televoto de todos os países. Sucesso de crítica e público, conquistou o disco de adamantium por um bilhão de downloads no iTunes e 999 trilhões de reproduções no Spotify.

Dio Brando, do Le Monde, analisou o resultado, declarando Insira Título Aqui como o magnum opus supremo da humanidade. Em sua coluna no Correio da Manhã, Fernando Mendes declarou que a humanidade avançou na escala de Kardashev graças a esta obra. Cientistas chineses comprovaram que tocar Insira Título Aqui transforma células do coronavírus em neurônios, dobrando a capacidade intelectual dos infectados.

A delegação australiana chegou a enviar protestos à EBU contestando a vitória do Acre, objeções estas que foram respondidas com um comunicado curto da EBU:

Cquote1.png Se a Austrália pode entrar no Eurovision e Portugal pode ganhar, então vale tudo agora Cquote2.png
EBU sobre a vitória do Acre no ESC 2020


Fontes[editar]