Desciclopédia Mobile

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Atenção.jpg Este artigo se trata de eventos desatuais, então larga de preguiça e faça o favor de dar uma atualizada nesta porcaria!

Se for o caso, retire parte da merda colocada pelos vândalos pré-históricos aqui e crie piadas novas para que o artigo volte a ser engraçado e não apenas idiota. Os descíclopes agradecem!


Quevedo25on.gif Este artigo trata de coisas que nón eczisten!

Este artigo trata de algum mito, lenda, conto, história de pescador ou desculpa esfarrapada e provavelmente contém informações sobre animais grotescos que capturam sua alma.

Yoda.jpg
Este artigo ou seção trata do futuro. Tudo que for escrito a partir daqui foi baseado nas premonições do Mestre Yoda.
Clique aqui para mais premonições do mestre Yoda você ver.

Cquote1.png Você quis dizer: Sonho Cquote2.png
Google sobre Desciclopédia Mobile

Estado de um celular que tentou acessar a Desciclopédia Mobile.

Desciclopédia Mobile é uma lenda virtual que de acordo com astrólogos e escatologistas deve acontecer em 10 de onzembro de 2900 e quarenta e dez. Dada a poderosíssima qualidade do servidor da Desciclopédia essa versão assim que instalada irá levar instantaneamente à exaustão do IPv4, acabando-se de vez com a internet como a conhecemos e causando um bug tão assombroso que todos os vândalos sairão das covas e transformarão o site na Zombiepédia. Há quem também aposte numa sobrecarga em todos os smartphones do planeta, nascimento de um político honesto, o Palmeiras ganhar um Mundial, uma mulher não ficar com dúvida sobre qual dos ienzi vestidos que tem vai vestir e o retorno da virgindade cutânea da tua mãe, entre outros fenômenos completamente impossíveis.

História[editar]

O clamor pela criação desse sistema de acesso ao site por meio de app de smartphone é algo que provém dos tempos em que misteriosamente apareceram uns riquinhos no site que compraram o iPhone quando foi lançado. Claro que depois virou tão modinha que se pá até a Xuxa já lançou seu smartphone da Xuxa pros baixinhos ostentarem mesmo sendo igual ao PC da Xuxa, que não servia pra porra nenhuma. E como virou modinha, o clamor foi aumentando mais e mais e mais.

Só de tanto clamor o servidor num único dia de clamor forte caiu umas 100 vezes por minuto.

Daí dizem que um dia, não bem ao certo, o sistema começou a ser montado, numa operação de guerra que compreendeu todo o Exército Descíclope, os desciclopedianos e descíclopes, 10000 castores domados e mais a Luiza, aproveitando sua estadia no Canadá, ajudaram a montar um campo de desenvolvimento que rivalizaria até mesmo com o Vale de Silício, Hollywood e São Pornando juntos. Com toda essa parafernália, foi dada a largada para o desenvolvimento da versão mobile da Desciclopédia, usando um novo ultra-fucking servidor que se chamaria "Dragão Maníaco", em referência ao facto que "se essa porra cair, juntamos as sete esferas do Dragão e ela volta na hora!"

Depois de anos de trabalho escravo, digo, voluntário de todos, o servidor fica prontinho, e assim o Desciclopédia Mobile finalmente entra em operação no fatídico dia 10 de onzembro de 2900. Mas a entrada no ar desse servidor tão potente causa um reverbério de níveis jamais vistos no mundo virtual, rompendo a barreira da Matrix e criando uma infinitude de falhas e bugs, como sua sogra te chamando de "genro predileto" ou seu patrão te dando aumento sem você sequer pedir.

Desesperados com tão absurda perturbação na Matrix, a Deus Ex Machina envia seus clones do Agente Smith e acabam por implodir a central com o servidor e replicando mensagens para o passado, causando quedas infinitas nos servidores restantes e tornando impossível a criação da Skynet versão mobile da Desciclopédia.

Cquote1.png É só isso? Nunca veremos uma versão bonitinha feito a Wikipédia tem? Cquote2.png
Você sobre o fim da história com esse anticlimax.

E eu sei lá! Eu sou pobre, só acesso o site por lan house uma vez no mês quando sobra grana do lanche do recreio...