Cunnilingus

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Cquote1.png Na União Soviética, a buceta chupa VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre cunnilingus.

Babel fish.gifTraduzindo: Cunilíngua
Babel Fish sobre Cunnilingus
Cquote1.png Você quis dizer: Cu na língua? Cquote2.png
Google sobre Cunnilingus
Cquote1.png Não se entra em campo sem antes beijar o gramado. Cquote2.png
Jogador de futebol sobre cunnilingus.
Cquote1.png Ensine o seu filho a comer Danoninho sem colher. A esposa dele irá lhe agradecer. Cquote2.png
Tiozão do churrasco sobre cunnilingus.
Cquote1.png Homem que se diz macho, mas se recusa a fazer sexo oral numa mulher, é gay enrustido. Cquote2.png
Filosofia de boteco sobre cunnilingus.
Cquote1.png Se eu te der um beijo na barriga, você me diz qual o plural de decimal? Cquote2.png
Seu tio engraçadão sobre cunnilingus.
Cquote1.png Agora não meu filho! Sua mãe e eu estamos conversando! Cquote2.png
Teu pai sobre cunnilingus.
Cquote1.png Viscoso, mas gostoso. Cquote2.png
Simba sobre cunnilingus.
Cquote1.png Eat her pussy! Cquote2.png
Azealia Banks sobre cunnilingus.
Cquote1.png Isso me causou um câncer na garganta. Cquote2.png
Michael Douglas sobre cunnilingus.
Cquote1.png Ih, que isso! Cquote2.png
João Brasil sobre citação acima.

Animalingua2.gif

Cunnilingus (antigamente conhecido como linguete (Português brasileiro), minete (Português europeu) ou beijo australiano (Português tangamandapiano) é uma antiga arte de oratória utilizada para se comunicar apropriadamente com uma parte específica do corpo feminino.

Etimologia[editar]

Preliminares para o cunnilingus.

A palavra deriva de uma expressão do latim: cunnus (vulva) + lingere (lamber), causando uma grande confusão nas pessoas que possuem o português como idioma oficial e com razão por causa das iniciais do termo, fazendo com que muitos pensem que a prática seja um tipo de beijo grego. Isso também aconteceu com metade los hablantes de español, já que cu em espanhol é culo (cu + lo). Para resolver essa crise internacional, inventaram um novo nome para o beijo grego, assim, o cunnilingus continuou se chamando cunnilingus, enquanto o beijo grego passou a se chamar cunete, o que não resolveu em merda nenhuma, até que um bom samaritano batizou o cunete de Anilingus.

Prática[editar]

Primeiro os pré-requisitos. É necessário ter uma língua, de preferência bem elástica, boa higiene bucal, grana para conseguir levar uma mulher para cama e o principal, uma parceira também higiênica, pois executar cunnilingus numa mulher que não tenha tomado banho a mais de um dia pode causar morte por ingestão de bacalhau estragado. Da mesma forma, uma boca de alho fermentado capaz de matar uma onça pode dar um câncer na região, condenando a mulher a sentar no colo do Satanás.

A prática em si é bem simples: a mulher que for receber deve apenas relaxar e ficar de pernas abertas, sem maiores preocupações, exceto talvez a arcada dentária da pessoa disposta a cair de boca. Quem executa o ato deve lamber os pequenos lábios como se fosse um cachorro: nada de morder, enfiar dedo (a menos que a companheira peça por isso) e não ter nojinho, a menos que ela esteja azul e coberta de ranho. Caso sinta que vai ter um estiramento na língua por lesão de esforço repetitivo, é possível usar os lábios.

O cunnilingus é como encontrar uma surpresa de Kinder ovo, as vezes você fica feliz, as vezes fica decepcionada, mas o mais saboroso é o chocolate mesmo.

O segredo[editar]

Estes gráficos podem ajudá-lo nessa demanda.

Conforme pesquisas realizadas pelo Data Foda-se, 5% das mulheres sexualmente ativas dizem adorar cunnilingus, as outras 95% desconhecem totalmente latim. De acordo com 90% das mulheres heterossexuais, apenas um homem em três homens as fizeram chegar ao orgasmo com cunnilingus, enquanto entre 99% das mulheres homossexuais, três de cada três mulheres as fazem chegar ao orgasmo com cunnilingus, o que foi confirmado por 94,5% das mulheres bissexuais. Isso se deve ao fato dos homens não saberem muito bem latim antes saber pouco que nada.

O principal problema da ineficiência masculina é que uma boa parte dos homens não entende que lamber o clitóris de primeira, enfiar duzentos dedos no orifício vaginal e futucar o rego são grandes burradas, culpa de seus pintos que endurecem muito fácil e os deixam impacientes em procurar os lugares certos com a língua, rapidamente indo para o ato principal após as preliminares. Como as sapatões não são dotadas de pintos, não ficam afoitamente condicionadas a pular o cunnilingus, tampouco se desesperam em localizar as zonas erógenas, já que tiverem tempo de sobra para descobri-las todas as vezes que seus caminhões quebraram no meio da estrada e elas ficaram esperando que uma jovem de nobre coração e peitos gordos aparecesse para fazer uma hidráulise no motor.

Uma recomendação aos homens é abrir o PornHub e procurar filmes lésbicos com cenas superiores a 20 minutos de duração. Dessa forma, poder-se-á aprender a forma correta de cunnilingus. Uma recomendação às sapatões é aprender a arrumar carro e levar rola

Contra-indicações[editar]

Apesar da simplicidade da técnica, ela requer algum preparo físico da pessoa, tanto para executar o mesmo movimento por um longo tempo, quanto trocar para outro sem perder o ritmo, além de um bom fôlego que até Deus duvida e técnicas para respirar. Também é necessário que a pessoa esteja bem atenta caso a mulher venha a ter uma ejaculação, pois existe a possibilidade de morte por afogamento, além de um pescoço duro como a sua carteira, pois um orgasmo acidental pode fazer a mulher quebrar a cabeça de quem estiver embaixo, com as coxas, a menos que a mulher seja uma cracuda, mas esse tipo de mulher dificilmente recebe um cunnilingus pela falta do fator higiene...

Ver também[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Cunnilingus no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg