Comentando propagandas de advertising

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Primeira leva de ads
  • Ad 1: A mulher perdeu 17 quilos evitando comer dois vegetais. A propaganda está OK, mas a imagem ilustrando deveria ser de uma magra fitness, não de uma gorda adiposa. Mas esse ad até que tá bom pra uma propaganda de internet que normalmente é escrita por coalas.
  • Ad 2: Porra velha, covarde é a tua mãe! Tudo bem que essa propaganda realmente me assustou, e acho que tem um efeito psicológico reverso, em vez de a pessoa ficar interessada, fica é cagada de medo.
  • Ad 3: Eu não sabia que a bruxa do filme Arraste-me para o Inferno era uma médium brasileira. Quem chafurda é porco, essa propaganda não faz sentido.
  • Ad 4: Essa velha tá me parecendo a outra do ad 2. E que insistência com esse negócio de morte, é isso que os usuários de internet estão procurando hoje em dia? Cadê o pessoal que curtia aquela velha putaria legítima, marota, toco y me voy?
  • Ad 5: Sem trabalhar? A imagem mostra uma garota parecida com aquelas que fazem programas, e isso é uma forma de trabalho. Mas 97 dinheiros por hora, isso me interessou bastante.
  • Ad 6: É, realmente a prostituição dá uma grana foda. Tô cada vez mais com vontade de entrar no ramo. Se aparecer outro ad desses, já quererei ver o tal vídeo.
  • Ad 7: Não sabia que a Tati de Chiquititas era vidente também. Mas certamente não ficarei surpreso, só ficaria surpreso o dia que eu morrer, mas aí não saberia se a vadia acertou ou errou.
  • Ad 8: De novo essa velha, porra?
  • Ad 9: Eu realmente não tenho o menor interesse em saber os três passos para fazer um homem me amar.