Cobaia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Conrrrhado.jpg Credo, seu azar é contagioso!

Este artigo traz relatos de uma criatura azarenta que só se estrepa no dia-a-dia.

E pode até não passar embaixo de escada ou quebrar espelho, mas mesmo assim, se fode.

Um cientista louco trocando o cérebro de uma cobaia com um macaco. A imaginação não tem limites!!

Cquote1.png Você quis dizer: Pobre coitado Cquote2.png
Google sobre Cobaia
Cquote1.png Eu uso sempre... MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Cientista louco sobre Cobaia
Cquote1.png Aiiii, num faix issu ku bixinhuuuu!! Cquote2.png
Guria retardada sobre Cobaia
Cquote1.png E quem disse que eu uso bichinhos? MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Cientista louco respondendo

Uma típica cobaia, testando um novo veneno para dentes que tem o mesmo efeito de lico de cair pinto. Repare que essa cobaia também testou o método de operação de pele que foi usado em Michael Jackson.

Cobaia é aquele pobre coitado que pode morrer a qualquer momento de uma maneira cruel e agonizando, apenas para os cientistas (normais e loucos) testarem as suas fórmulas, e saber se está bom para as pessoas comuns, como por exemplo, os playboizinhos de merda.


Como se torna uma cobaia?[editar]

Cobaias que receberam DNA de seres humanos. Repare que a primeira coisa que eles aprenderam foi como fazer 69.

Bom, se a pessoa (ou animal) em questão for um rato, é praticamente certo que ele se tornará uma cobaia. Para ser mais preciso, se tem 99% de certeza que se tornará uma Cobaia. Agora, se for qualquer outro animal, as chances caem um pouco, e se torna aproximadamente 98,9%.

Agora, quando se é um humano, as chances variam dependendo da situação. Se for na vida real, as chances são de 10% (isso se a pessoa em questão for um completo inútil que ninguém se importa). Se for em um filme de terror, em especial envolvendo cientistas loucos, as chances da pessoa se tornar uma Cobaia são de, aproximadamente, 100% (na verdade, as chances são de 101%).

Requisitos para ser cobaia[editar]

O emprego de cobaia é ideal para vagabundos aqueles que têm uma quantidade significativa de tempo para perder sem atrapalhar suas atividades produtivas, as empresas farmacêuticas, armamentistas, e cientísticas loucas podem legalmente chamar essas pessoas de "voluntários", e estão, por vezes, dispostas a pagar até em dinheiro esses seus "voluntários" que, digamos, estão com muito tempo livre para serem vítimas investir em suas "pesquisas" nazistas sádicas, desta forma, o perfil ideal dos candidatos a cobaia contempla:

  • os desempregados;
  • os estudantes universitários;
  • trabalhadores temporários;
  • ex-presidiários;
  • jovens que decidiram que testar drogas é melhor do que bater cartão com os escravos assalariados;
  • imigrantes ilegais, inclusive os nordestinos;
  • africanos (só os que moram na África)
  • alcoólatras moradores ou não de rua;
  • e viciados em outras drogas baratas como crack, cola de sapateiro, etc.

Mas, onde é que essas empresas capitalistas selvagens sádicas, loucas, e armamentistas conseguem dinheiro para financiar as suas pesquisas imorais? Com você. Por incrível que pareça, algumas dessas pesquisas nazistas dão certo, e, viram remédios para as mazelas da humanidade.

Mas sabe o que essas empresas capitalistas selvagens fazem? Eles pegam esses medicamentos e os enchem de resíduos químicos radioativos venenosos contaminados com gases para controle da mente, e vendem em caixinhas bonitas como remédios, assim, essas empresas indecentes sem vergonha ganham fábulas vendendo suas "fórmulas medicamentosas" que custaram quase nada por preços exorbitantes e auferindo lucros obscenos ao explorar as enfermidades dos velhinhos aposentados, crianças catarrentas, e outros desvalidos, e ainda pagam médicos charlatões sem um pingo de ética para prescreverem suas medicações cujos resultados são duvidosos.

Moral da história: da próxima vez que você for à farmácia e encontrar um bêbado drogado caído na sarjeta mendigando um trocado para comprar mais crack, agradeça o altruísmo desta ilustre figura que permitiu que existisse um remédio para tratar a sua doença.

O que uma cobaia faz?[editar]

Isso é o que acontece quando uma cobaia está num mau dia... Se é que uma cobaia tem algum bom dia...

Simples: a única coisa que uma Cobaia precisa fazer é ficar esperando a sua morte certa, tomando alguns chazinhos de cogumelos alucinogenos, ou talvez experimentando algumas poções de remédios de rato com concentração diminuída. Bem, de qualquer maneira, é quase certo que uma Cobaia desça para o andar de baixo poucos instantes depois de provar as novas poções.

Porém, as Cobaias de cientistas loucos são muito pobres coitados. Isso porque é bem provável que elas acabem tendo olhos arrancados e enfiados na bunda, tenham a sua área de lazer colocada dentro do nariz, ou até mesmo tendo a língua arrancada e colocada "". Enfim, as torturas que uma Cobaia pode passar vai da imaginação do cientista.


Cobaias nos desenhos[editar]

Nos desenhos, o exemplo mais conhecido por todos nós do uso de cobaias (e tenho certeza de que você conhece) é no desenho do Pássaro Rói Pau, onde o Professor Grossenfiber utiliza cobaias, em especial o pássaro de cabeça vermelha.

Porém, o Professor Grossenfiber também mostrou que existe o auto-uso de cobaia, afinal, quando ele foi usar o Raio-tranformador, ele acertou ele mesmo, e... bem... digamos que ele não se deu muito bem.


Ver também[editar]