Caça-Rachador

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Caça Rachador ordenando o regresso de Pica Pau com mais um litro de cachaça

Cquote1.png Você quis dizer: Cachaça Rachador Cquote2.png
Google sobre Caça-Rachador
Cquote1.png Eles fazem assim? plruuuplruurupukpu cucô! Cquote2.png
Dúvida do Pica Pau sobre os Rachadores
Cquote1.png Eu sou um bombardeeeeiro! Cquote2.png
Caça-Rachador sobre sua sanidade mental ele mesmo
Cquote1.png Seu pé chato! Cquote2.png
Pica Pau sobre o Caça-Rachador

Caça-Rachador mostrando a nobre arte de vigiar e deixar a retaguarda desprotegida.
Caça-Rachador e seu famoso entusiasmo na guerra contra rachadores.

Caça-Rachador, ou só guarda mesmo, é um simpático e bêbado guarda que procura incansavelmente os chamados Rachadores. É um cara grande e gordo que só consegue andar com a ajuda de sua motoca de brinquedo pois seu peso não é aguentado por suas pernas. Sempre atento a qualquer movimento suspeito, o Caça-Rachador vigia os dois lados de uma estrada de mão única, evitando assim ser pego dormindo de surpresa por um rachador. Seu trabalho é um tanto quanto ingrato pois capturou poucos rachadores na pista, entre eles um certo gato que corria dirigia sob efeitos de substâncias ilícitas, mas como ele se recusou a fazer o teste do drogômetro bafômetro, acabou sendo liberado. Quando fala sobre sua profissão de procurar rachadores, um tipo de tristeza incompreensível toma conta do guarda, deixando-o deprimido. Talvez isso aconteça pelo fato de a remuneração ser inexistente baixa, ou por não ter o que comer. No entanto, logo se anima quando alguém lhe pergunta o que seriam rachadores, pois, segundo o próprio Caça-Rachador, a parte mais interessante de seu monótono trabalho é fazer onomatopéias para simbolizar as merdas peripécias de um rachador.

Mas o que é um rachador, afinal?[editar]

Cquote1.png É um cara que faz ... MMMMMMMNNNNNNHHHOOOOMMMMM Cquote2.png
Caça-Rachador sobre pergunta acima

O Rachador é um ser que gosta de viver a vida perigosamente, além de ser muito democrático no quesito atropelamento: Não faz distinção entre homens, mulheres, animais, crianças, velhos, padres, sogras, gays e qualquer outro ser existente que possa atravessar uma rua em algum momento da vida. Abaixo, pode-se conferir alguns exemplos da obra-prima de um rachador:

O encontro com o Rachador[editar]

Caça-Rachador mostrando seus conhecimentos sobre "Espaço Pessoal".
Rachador fazendo uma demonstração de sua técnica.
Pode acontecer a perda acidental das roupas ao perseguir um rachador. Por isso, é essencial saber se vestir rápido.
Caça-Rachador quicando correndo o mais rápido possível atrás do Pica Pau, mas a árvore, que era cúmplice, se pôs no caminho.

Um dia desses, fazendo sua costumeira vigilância na beira da estrada, o Caça-Rachador é surpreendido por trás pelo mais famoso rachador de todos os tempos: o Pica Pau. O guarda não tinha idéia de que um dia cheio de alegria e diversão o esperava, por isso começou a dar confiança ao Pica Pau, respondendo a suas perguntas cretinas curiosas. Ao fim de um diálogo saudável entre guarda e motorista, o Caça Rachador finalmente abre seus olhos e vê que está diante de um rachador de primeira, que tem a habilidade de ir até ao Alaska e voltar em um piscar de olhos. Com a intenção de punir Pica Pau por sua ousadia, o guarda o convoca imediatamente para uma séria conversa onde serão feitas perguntas aleatórias relevantes sobre nada sua infração, mas o Pica Pau que sabe o que é ser aleatório relevante, decide ele mesmo propôr assuntos para as perguntas do Caça Rachador.

Entre esses assuntos estão: Damas, garotas, mulheres, brotinhos e loiras, o que mostra que Pica Pau curte zoofilia sempre está alheio às situações em que se mete. Ao ser ameaçado de ter a cabeça esmagada por um perigoso pedaço de papel enrolado, Pica Pau desafia o guarda a lutar com ele sem o uniforme. Para isso o convence a fazer um strip tease tirar o uniforme e lutar com aqueles pijamas anti-higiênicos com abertura na bunda, datados da época da sua avó Aceito o desafio de lutar pelado com o Pica Pau, o guarda coloca sua cara furiosa, reservada apenas para cagar ocasiões especiais e parte pra cima. Mas antes de a luta se tornar mais que apenas poses, Pica Pau quer tirar uma foto para guardar de lembrança, e a máquina fotográfica se revelou um membro adicional do Pica Pau, que acabou resolvendo a luta com alguns socos e ganchos.

O guarda então é projetado para o infinito e além, onde abriu uma enorme cratera na estrada. Pica Pau se despede com uma buzinada no nariz do guarda e desaparece pela estrada. Rapidamente, o guarda sai do buraco em que se encontra e parte atrás do Pica Pau com sua motoca possante. No entanto, o Caça-Rachador acaba escorregando seu traseiro gordo do banco da motoca, dando a oportunidade de ela ganhar liberdade e desaparecer de vista.
Neste momento aparece o Pica Pau um simplório senhor do interiorr do Acre daquela localidade em que se encontrava. O Caça-Rachador vai logo ordenando pedindo que o senhor siga sua motoca insubordinada. Mas o coitado do senhor, por causa de sua vontade de encher o saco sua idade avançada, não podia ouvir corretamente o guarda, que teve que falar cada vez mais e mais alto, até que o senhor se encheu, pôs sua barba postiça no nariz do guarda e saiu a galope para longe, deixando o homem da lei doido de raiva.

Nesse meio tempo, aparece novamente o Pica Pau um "honolável chinezinho" e sua biga seu táxi-riquixá, prontos pra servir seus clientes. Quando o guarda pede para o chinezinho seguir a carroça, o pobre oriental, que não entende muito bem as coisas do ocidente, confundiu frente com trás e acabou indo pela direção oposta, se chocando com uma mureta. O guarda foi voando alto e se salvou de virar um pudim de banha no chão graças ao seu traseiro gordo que não só amorteceu a queda como o fez quicar como uma bola de basquete até ser parado por uma árvore que estava de bobeira por ali. Parando para descansar debaixo da árvore, o guarda vê que é impossível capturar o Pica Pau e, quando o Pica Pau uma garotinha pergunta a ele se quer uma carana, o Caça-Rachador se submete a mais profunda e intensa loucura. Alguns meses depois, em um depósito de birutas hospício, o Caça-Rachador recebe a visita repentina do PQP, Pica Pau não cansa? doutor do estabelecimento. O doutor, para testar a sanidade do seu paciente, resolve fazer um questionário completo de uma pergunta só.

Cquote1.png É verdade que os rachadores fazem $#¨*¨&%#¨%? Cquote2.png
Doutor Pica Pau

Ao perguntar isso, o Caça-Rachador fica neurótico e psicótico, para o divertimento do Pica Pau.