César Cielo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: César Cielo.
Cielo mostrando que é o Superman das piscinas
Cielo durante as férias, em uma piscina praia qualquer.

Cquote1.png Você quis dizer: Tesão? Cquote2.png
Google sobre César Cielo
Cquote1.png Ele é lindo de sunguinha! Cquote2.png
Punheteiro que não entendem nada de esporte sobre César Cielo.
Cquote1.png Vou fazer natação só para ver os gostosos e tesudos de sunguinha Cquote2.png
Você sobre César Cielo.
Cquote1.png Você traiu o movimento "medalha de prata e de bronze", véééio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre César Cielo.
Cquote1.png Éééééé..... não sei, Galvão. Cquote2.png
Casagrande sobre César Cielo.
Cquote1.png Aiii que loirinho tesudoo!! Cquote2.png
leitoras da Desciclopédia que não entendem nada de esporte sobre César Cielo.
Cquote1.png Que caralho grande porra!!!! Cquote2.png
Pevertido sobre o tamanho do pênis de César Cielo.
Cquote1.png Nossa, agora até eu estou com medo de mim! Cquote2.png
César Cielo,se achando o gostoso depois de quebrar seu milésimo record
Cquote1.png Há!!! Ele sabe fazer o Créu velocidade 10!!! Cquote2.png
Leigo que não entende nada de natação sobre César Cielo.
Cquote1.png Todo César é foda! Cquote2.png
Júlio César, imperador romano, sobre César Cielo.
Cquote1.png Ele ainda não me perdeu! Cquote2.png
virgindade sobre Cielo.
Cquote1.png Ele nada bem. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Cielo.
Cquote1.png Meu irmão mais velho. Cquote2.png
Anjinho sobre César Cielo.
Cquote1.png Brasileiro campeão olímpico? Não foi novidade para mim. Cquote2.png
Capitão Sarcasmo sobre César Cielo.
Cquote1.png Mas ele não é o dono daquela marca de maquininha de cartão? Cquote2.png
Desinformado sobre César Cielo

Quem é[editar]

César Augusto Cielo Filho, também conhecido como Cesão ou também como Tesão ou ainda como Tchelo Filo pelos narradores americanos da ESPN é um nadador americano brasileiro que conquistou uma medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim e duas medalhas de ouro no Mundial de Natação, fatos que deixaram o povo brasileiro muito decepcionado, já que todos esperavam por medalhas de prata, de bronze, ou até mesmo um glorioso 4º lugar. Cesão, atualmente, é o recordista mundial dos 50 e 100 metros nado livre, apesar de Galvão Bueno insistir que o recordista é o Usain Bolt. Antes de seus feitos históricos, Cesão era mais um nadador brasileiro desconhecido pelas pessoas normais no Brasil.

Aplaudindo.gif
César Cielo merece
uma salva de palmas por não se contentar apenas em participar!


A Trajetória do Campeão[editar]

Cielo, um fenômeno. Nada tão rápido que parece voar sobre as águas literalmente
Em Santa Bárbara d'Oeste, Cielo, então Cesinha, utilizava suas habilidades na água para pescar.
Cielo chora por ter fracassado na busca pela medalha de bronze, seu grande objetivo.

César Cielo nasceu em Santa Bárrrrbara d'Oeste, mais um vilarejo perdido no interior de São Paulo, reduto de caipiras. Como todos os barbarenses, a família de Cielo é descendente de imigrantes italianos e vivia do cultivo de cana-de-açúcar. Consequentemente, era uma chupação de cana danada na casa de Cesão. Mas ele não estava feliz com aquela vida de merda. Cesão queria mais.

Num belo dia, Cesão resolveu tirar água do joelho durante o trabalho no canavial e então foi a um laguinho que havia lá perto. Nessa, acabou escorregando e quase se afogou. Quase, porque ali ele descobria suas incríveis habilidades natacionísticas. Após treinar por algum tempo numa banheira num clube da cidade, Cielo foi tentar a sorte na cidade grande e rumou a São Paulo.

Em Sampa, Cielo treinou no Esporte Clube Gimnospermas Pinheiros, onde conheceu ídolos (ou não) da natação brasileira, como a o Xuxa e o Gustavo Borges. Vendo esses nadadores, Cielo começou a sonhar em seguir os passos deles e conquistar muitas, muitas medalhas de prata e de bronze. Ele passou, então, a se destacar no mundo natacionístico. Mas isso não significava que sua vida era fácil. Sobrevivia com com o bolsa-atleta (11 reais e 15 centavos) dado por Ricardo Teixeira, que além de dono da CBF, também comanda a natação e todos os outros esportes no Brasil, e trabalhava como vendedor de caldo de cana na Guarapiranga.

Insatisfeito com o descaso dos cartolas brasileiros e com a falta de apoio, Cielo planejou sua fuga: resolveu ir para os Estados Unidos da América, onde foi estudar Administração de Piscinas (estudar, sei...) em uma universidade localizada no Alabama, o estado mais caipira da América. Cesão conseguia o que queria: sossego; isolamento; aprender a falar inglês; deixar de ser brasileiro; comer gringas.

Lá nos Esteitis, Cesão conquistou inúmeros bons resultados, inclusive competindo pelo Brasil (apesar de declarar ser, agora, americano). Mesmo assim, ele continuava desconhecido em sua terra-natal. Nem mesmo com o seu desempenho no Pan do Rio, em 2007, quando ganhou 30 medalhas de ouro, derrotando nadadores da Jamaica, de El Salvador e estudantes americanos de 12 anos, Cielo se tornou conhecido aqui no Brasil.

Mas 2008 chegou, e com ele as Olimpíadas de Pequim. Cielo se classificou para a final dos 100 metros livres, deixando todos os cidadãos normais perplexos com aquele novo talento brasileiro. Ele conquistou, então a medalha de bronze na prova, realizando o maior sonho da carreira: igualar o feito de seu ídolo Gustavo Borges. Depois da conquista, Cesão deu uma declaração surpreendente em uma entrevista ao Jornal Nacional:

Cquote1.png Eu sei que vai ser difícil para o povo brasileiro entender, mas eu prometo que vou ganhar uma medalha de ouro para o Brasil nos 50 metros, amanhã. Nós, americanos, estamos acostumados com isso. Eu vou ganhar. Cquote2.png disse Cielo.


E não deu outra: ele ganhou a primeira (e última?) medalha de ouro na natação para o Brasil. Isso o fez tão conhecido, mas tão conhecido, que Cielo teve de deletar sua conta no Orkut, pois havia gente até do Acre querendo tê-lo como amigo, além do fato de paparazzis malas da revista Caras terem passado a perseguir cada passo do nadador.

Em 2009, no Mundial de Roma, Cielo chegou como favorito e, confirmando as expectativas, venceu tudo o que disputou, sempre ganhando do francês Ratatouille, com sua envergadura de 5 metros de ombro a ombro. Nem mesmo Michael Phelps o bateu (na verdade eles nem competiram juntos, mas isso é um mero detalhe...).

Depois de ganhar tanto, batento até punheta recordes mundiais e quase matando Galvão Bueno do coração, César Cielo está tentando seguir a carreira de modelo para então conquistar uma vaga no elenco de Malhação, obviamente no papel de um americano.

Galeria[editar]