Brad Armstrong

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rodney Hopkins
Cn2epyt5bswvaareqab5.jpeg
Nascimento 23 de setembro de 1965
Toronto, Ontário
Nacionalidade Bandeira do Canadá Canadá
Ocupação Cafetão
Olhos Castanhos
Gênero link={{{3}}} Masculino
Cônjuge Jessica Drake
Filho(s) Deve ter um monte
Nível de inteligência Alto
Vícios Passar a rola nas vagabundas

Brad Armstrong é uma espécie de faz-tudo na indústria pornográfica: é ator, diretor, produtor, roteirista e até figurinista. Como se filme pornô precisasse de roteiro ou figurino...

História[editar]

Este simpático cidadão não costuma divulgar informações sobre o que fazia antes de se envolver com a libertinagem, até porque ele já trabalha com putaria há muito tempo e não é mais nenhum jovenzinho, então provavelmente deve estar ficando esclerosado e nem lembra mais como era sua vida antes. O único fato de conhecimento público a respeito disso é que ele chegou a cursar publicidade e design gráfico na faculdade.

Ainda na adolescência, começou a trabalhar como stripper nos puteiros canadenses. Como era menor de idade, falsificou sua identidade e passou a usar o nome de guerra que utiliza atualmente, sendo que na verdade Brad Armstrong é o nome de um falecido lutador de wrestling. Como o verdadeiro não fazia parte da WWE, e sim de uma empresa rival a esta, as pessoas estavam cagando e andando para ele. Armstrong, o fake, trabalhou fazendo striptease durante uma década, até que foi descoberto por uma puta chamada Erica Boyer que o convidou para virar ator pornô. Em seu filme de estreia, já participou logo de uma suruba envolvendo seis pessoas, incluindo a própria Boyer e o astro Randy Spears, mais conhecido pelos punheteiros por ter interpretado o Coringa na superprodução Batman XXX.

Embora seja bem pirocudo e já tenha atuado em vários filmes, Armstrong é mais reconhecido por sua carreira de cineasta, pois é um dos raros profissionais do séquiço a realmente se preocupar com a qualidade técnica de suas obras. Foi apelidado de "Steven Spielberg do Pornô", além de ser um dos machos com mais troféus AVN Awards ganhos até hoje. Seu magnum opus é uma paródia pornô do clássico natalino Esqueceram de Mim.

Mesmo sendo um promíscuo cheio de DST, Armstrong já foi casado três vezes. Sua primeira esposa foi uma anônima qualquer que se divorciou dele em 1992 após descobrir a profissão do marido. Ninguém sabe por quanto tempo eles foram casados, aliás, ninguém se importa. A segunda cônjuge foi a musa das punhetas Jenna Jameson, que ficou com ele de 1996 a 2001, formando o casal de ouro da pornografia durante aquele tempo. A terceira e atual corna é Jessica Drake, outra puta paga consagrada, unida matrimonialmente a ele desde 2006.

Em 2016, Armstrong declarou apoio nas eleições presidenciais dos Estados Unidos à candidata democrata Hillary Clinton por suas contribuições à pornografia desde a época na qual levou chifre do Bill Clinton pela famosa chupeta da Monica Lewinsky, e também por solidariedade à colega de profissão Stormy Daniels, que foi renegada por Donald Trump após ter gentilmente cedido a ele seu brioco.

Ver também[editar]