Borduguês:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindo(a) à Desziglobédia

A enziglobédia livre de gondeúdo e gue qualguer um bode edidar.

60 971 ardigos · 202 542 imagens

Ajuda

Embaijada

Bergundas

Bolítigas

Mídia

Gondribuir

Ardigo em destague
Touro mecânico fazendo mais uma vítima em seu expediente

O touro mecânico é uma antiga engenhosidade de repressão e tortura inglesa criada no final da Idade da Pedra (ou não), que veio a se tornar extremamente popular em parques de diversão e presídios de segurança máxima dos Estados Unidos. Consiste em uma máquina amaldiçoada que simula um chifrudo furioso encarnando uma entidade de algum boneco de posto (ou de uma traveca prostituta) que balança e chacoalha mais que o avião da Chapecoense, ou o seu irmão com epilepsia assistindo o fatídico episódio perdido do mal de Pokémon, tentando derrubar e jogar o pedaço de estorvo montado nele na parede ou, como na maioria dos desenhos animados, lá na dama-da-noite que o concebeu. Ainda é um "brinquedo" muitíssimo usado em festinhas infantis, sendo uma garantia segura de entretenimento para os pimpolhos e para o tiozão de cara suja que controla a bagaça, que pode tacar moleques fedorentos no chão à vontade sem ninguém ligar pro 190.

Nos anos de 1900 e lá vai o touro, antes do tempo em que minha vovó jogava pelada FUTEBOL na esquina, um certo mecânico barrigudo, sem muita criatividade na cachola e com muita merda acumulada nas tripas, teve a ideia incrível e totalmente aleatória de construir um tipo de carrossel inovador para os pimpolhos se divertirem porque para os macacos é que não seria. Porém, o senhor em questão tinha um leve grau de esquizofrenia combinado a um quadro crônico de Alzheimer, e criou uma espécie de boi com tremores generalizados e com movimentos de um dublê de filme pornô, o que cagou todo o projeto e fez com que o homem obeso desistisse da ideia rapidamente.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Evendos rezendes


Nezde dia...


Valando nizo, vozê zabia...


Imagem da vez
 
Abresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desziglobédia, uma (dez)enziglobédia esgrida com a golaboração de zeus leidores. A Desziglobédia é um zite de humor debochado e seu gondeúdo não debe zer levado a zério. Dodas as nozas regras e bolídicas gonvergem para um só bringípio: zer engrazado e não abenas idioda. É um bringíbio amoral, mas que imblica numa édica subjagente. Significa que, no âmbito da Desziglobédia, só bodem ter brogedênzia as grítigas que se refiram à qualidade diverdida de um ardigo. Não tem, bordando, nenhum sendido dendar defender os méridos morais ou ardízdicos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, brograma, gâme, etc.) e que tenha zido zaganeado num ardigo da Desziglobédia. Ezas coizas não inderezam nem um honorável bouquinho aqui.


Bardizibação
Dodos bodem bublicar gondeúdo onrine desde que não sejam vândalos ou desresbeidem as regras. Dendre as diverzas báginas de ajuda à zua disbozizão, estão as que esbligam como griar um ardigo, edidar um ardigo ou inserir uma imagem. Em cazo de dúvidas, não hesite em bergundar e dar sua abnião.


Gomunidade
A gomunidade bem crezendo dia bós dia. Borém brezisamos de mais golaboradores para bodermos ambliar o número de ardigos em língua borduguesa e expandir, melhorar e gonzolidar os que já exisdem.


Brojetos irmãos
A Desziglobédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundazam Desziglomidia. A Desziglomidia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com gondeúdo livre:


Lista completaComeçar uma nova edição