Bárbara Borges

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Japonesa fazendo nada.jpg


Bárbara Borges
Bárbara Borges
Nascimento 26 de janeiro de 1979
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Ocupação Gostosa


Bárbara Borges (Rio de Janeiro, 26 de janeiro de 1979) é uma pseudoatriz e puta gostosa brasileira. Filha do ator Alexandre Borges.

Desde cedo mostra sua vocação para puta, quando decide dar a bunda e chupar o cassete dos diretores de teatro para futuramente entrar para a Rede Globo. Consegue realizar este sonho graças a sua grande bunda seu grande talento.

Sua estreia na TV foi como periquita Paquita (assistente de palco da apresentadora Xuxa ) em 1995, trabalho que fez de quatro durou quatro anos. Durante esse tempo deu várias vezes para Xuxa. Que a levou para uma seita satânica onde fez pacto com o capeta. Esta seita, fundada por Xuxa e inspirada em Aleister Crowley possui personalidades nada respeitáveis como membros: Grazi Massafera, Carol Castro, Fernanda de Freitas, e outras putas globais, que participam rituais com orgias entre elas.

Em 1999 faz seu primeiro filme pornô. Entra para a faculdade de Artes Cênicas da USP, (UniverCidade Somente para PUtas), onde aprendeu vários truques de sexo anal, chupetas, masturbação e etc, ou seja, ganhou diploma de puta. Formou-se em 2001, após passar por várias provas difíceis como fazer programas em Copacabana, strip-tease e "dança do poste" nas zonas e puteiros do Rio de Janeiro.

No mesmo ano, arranja um bofe para o diretor da Globo Aguinaldo Silva, que lhe fica grato eternamente (Uuiii!!). Ele então promete vários papeis em suas novelas para Bárbara Borges. Assim, ela participa de sua primeira novela na Rede Globo, Porto dos Milagres, de Aguinaldo Silva. Em seguida, dá a bunda para o ator André Valli, que como recompensa a convida para atuar na peça Uma História Muito Estranha. Depois da peça, entra para o elenco da novela teen Malhação, em que fica por duas temporadas.

Em 2004 é convidada para a novela Senhora do Destino, de Aguinaldo Silva, onde interpretou a lésbica Jennifer. Novamente, participa de outros filmes pornôs. Logo após, faz diversas participações em programas de TV como A Diarista, Sob Nova Direção, Carga Pesada e na novela Pé na Jaca. Ao lado de Susana Vieira, atua na peça Namoradinha do Brasil. Em fevereiro de 2005, para a alegria dos punheteiros e lésbicas, resolve mostrar sua xana para a Revista Playboy.

Esteve também no ar, na Rede Globo, com a novela Duas Caras, também de Aguinaldo Silva, interpretando mais uma personagem complexa e de grande apelo para o público: a jovem Clarissa, uma garota disléxica que gosta de ter relações sexuais intensas com várias mulheres e homens tem uma relação muito intensa com sua mãe, Célia Mara, interpretada por Renata Sorrah.

Continuou dando para os diretores da Globo para conseguir outros papeis em novelas. Até porque o povo estava de saco cheio de ver Bárbara Borges se passando por mocinha virgem boazinha nas novelas de Aguinaldo Silva da Rede Globo.

Em 2008, participa do quadro "Circo do Faustão" no "Programa do Faustão", que já é um circo, na Rede Globo e estreia no cinema no filme "Vingança" de Paulo Pons.

Em Fevereiro de 2009, a atriz assinou contrato vendeu sua alma para Edir Macedo e a Rede Record por três anos, após participar da sessão de descarrego da IURD, traindo o movimento satânico de Xuxa, que lhe lança uma maldição. Bárbara passou a fazer a novela Bela, a feia, no papel de Elvira uma cópia descarada de Rakelli de Beleza Pura misturada com Darlene de Celebridade.

Em setembro de 2009, depois de colocar 1 litro de silicone nos seios, ficar ainda mais loira, malhar pra caraio e fazer outras práticas, ela se transforma em uma super-gostosa e decide mostrar a xana novamente para a revista Playboy, para doar mais dinheiro para a seita do Edir Macedo.

Atuação artística[editar]

Na televisão[editar]

  • 2012 - Balacobaco .... Diva Paranhos
  • 2009 - Bela, a Feia .... Elvira Palhares
  • 2007/2008 - Duas Caras .... Clarissa
  • 2007 - Pé na Jaca .... Kátia (participação especial)
  • 2005 - Sob Nova Direção .... moça do quarto do hotel
  • 2004/2005 - Senhora do Destino .... Jennifer Improtta
  • 2002/2003 - Malhação .... Thaíssa Bandiolli [Antagonista (2002)/codjuvante (2003)]
  • 2001 - Porto dos Milagres .... Luísa

No teatro[editar]

  • 1999 - A Lista, de Oswaldo Montenegro
  • 2005 - Léo e Bia, de Oswaldo Montenegro
  • 2007 - Namoradinha do Brasil, ao lado de Susana Vieira.

Galeria XXX (bata com moderação)[editar]

Rede Record.jpg Este artigo é propriedade de Edir Macedo, assim como a Rede Record e a Universal, e ele fará de tudo para que você seja roubado pague o dízimo!

Igreja universal.jpg
Conheça seus outros planos de dominação mundial clicando aqui.