Abaporu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Buenos Aires-Plaza Congreso-Pensador de Rodin.jpg Este artigo é relacionado às artes.

Não convém perguntar onde estão os braços daquela escultura.


EraVargas.JPG

Este artigo discute coisas intrínsecas dos Anos 30's!
Cquote1.png E se quiser saber como era aquela época, vá perguntar a sua avó! Cquote2.png
Dona Florinda sobre os anos 30.
.

Cquote1.png Você quis dizer: Caralharu? Cquote2.png
Google sobre Abaporu
Cquote1.png Você quis dizer: Caruaru? Cquote2.png
Google sobre Abaporu
Cquote1.png Experimente também: Chico Pezão Cquote2.png
Sugestão do Google para Abaporu
Cquote1.png Sou obrigado a falar que esse arte tá uma porra. Cquote2.png
José Carlos Lippi sobre Abaporu.

Abaporu foi uma das pinturas que você teve que desenhar durante seu 3º ano do ensino médio em alguma aula de artes. O quadro é feio, uma grande porcaria, e qualquer criança consegue desenhar aquilo, mas como infelizmente no Brasil nunca existiu grandes pintores, alguém precisou inventar que esta "obra artística" é algo de valoroso.

Possível inspiração[editar]

Tarsila provavelmente fez essa obra para ilustrar um típico trabalhador rural (decerto nordestino) relaxando após dar duro o dia inteiro: pé inchado, a cabecinha pra ressaltar o QI baixo e a falta de roupas devido ao calor escaldante. Não bastasse isso, o dito cujo ainda parece estar refletindo sobre a própria situação degradante, expressa por suas sobrancelhas murchas.

Tal obra foi considerada a crítica social foda master na época em que foi concebida.

Criação[editar]

Tudo começou quando a nossa heroína Tarsila do Amaral estava fugindo de mariposas russas, durante a correria dela, ela começou a pensar: "Quem que tem o maior pé do mundo?". Então depois dela correr por meia hora e finalmente fugir das mariposas ela viajou no tempo em sua máquina do tempo para o ano de 3811 e brotou num campo de reserva de petróleo, e aproveitou pra roubar uns petróleo escondida.

Então ela vai em uma lan house, mas todo mundo começou a estranhar, pois ela só vestia roupa marrom, mas foda-se isso e vamo voltar pra história, então ela procurou e descobriu que era um japonês chamado 私について, então ela sabendo disso voltou pra sua maquina do tempo e voltou para 1928 e começou a pensar como pintaria do japonês, então pensou em aproveitar o petróleo que ela roubou na viagem. E a porra dos petróleo era colorido? Sim, era petróleo artificial porque né, ANO DE 3811.

Ela terminou e ficou assim:

Abaporu.jpg

Abaporu hoje[editar]

Claro que uma obra de bosta arte dessas não é perdoada pela internet. Quer ver? Veja essa imagem.

Homerapaboru.jpg

E essa imagem não é só zuada na internet, pois existem alguns idiotas metidos à Cellbits que tenta descobrir o significado da pintura, mas ninguém sabe, somente nós, eu e você que lhe disse a história do porque a Tarsila do Amaral fez essa pintura, mas se você for a japonês de 3811 que está lendo isso, saiba que pouco nos importamos para a sua existência.