A formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

A formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci fica logo abaixo das bobagens feitas pelo salão de beleza na Dona Florinda, e que o Mestre Linguiça faz questão de ressaltar.

Porque não os processa?[editar]

Debaixo da zueira que fizeram no salão, pode-se notar, emoldurada pela calça do Seu Madruga, A formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci.

Do pescoço para cima, A formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci está normalmente na face da Florinda Mezza, que, mesmo com o cabelo sempre enrolado com aqueles apetrechos estranhos, ainda se pode notar, mas essa formosura facial se ofusca quando Florinda vai ao salão de beleza. Já do pescoço para baixo, essa formosura se mostra apenas quando Florinda Mezza se encontra de biquíni, que é bastante diferente do traje de banho de quando ela está vestida de Dona Florinda, que então todos podem notar, embora apenas quem tenha aproveitado seja o Roberto Bolaños. Estando como Dona Florinda, pode-se notar que a carne de burro não é transparente debaixo daquele vestidinho tosco e avental, tem algo bem aprazível, pois ela é magra, mas não tanto.

Voltando ao pescoço pra cima, que é o assunto do artigo, e portanto, voltando à formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci, se encontra ofuscada pelo salão de beleza, que era bastante porcaria, sendo igual à todoas os salões de beleza: Colocam na cara das muié um monte de porcaria totalmente desnecessária, até porque sendo baranga, pode talvez adiantar um pouco, mas aquele monte de bosta na cara apenas se desfaz completamente quando por exemplo, vai se dar um pega na muié maquiada, então além de borrar tudo, ainda se mostra coisas que a maquiadora ou o veado tentou esconder. Por isso mesmo, todos ao ver a Dona Florinda após o salão de beleza, tem total razão, até porque naquele tempo, Dona Florinda sequer tinha muito o que esconder, e até mesmo o Quico não gostou.

A dita maquiagem sempre faz dessas, ela deve ter algum propósito, que não seja realçar nada, nem esconder nada. Se for por exemplo, para que a guria proteja os lábios do frio, ainda é tolerável o tal do batom(não é esse, ô mané), quando está frio e elas não querem que a boquitinha se parta. Ou ainda se pode compreender maquiage, em teatro ou algo assim, quando se quer dizer algo, por exemplo ao modo das gueixas, não falemos da parte mitológica que é cheia de demos, continuando A formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci, se destila mesmo por detrás da maquiagem e, me lembrei que índios se maquiam, mas também quer dizer alguma coisa, mas nem é preciso salão de beleza, eles já sabem muito bem expressar isso, e torça pra nunca passar por perto se estiverem pintados, senão sua bunda poderá ser usada como arma de guerra.

Nem os cabelos foram poupados[editar]

A formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci em traje de banho, sem os estragos do salão.

O Mestre Linguiça ainda ressaltou que a Dona Florinda deveria processar o salão por terem escondido a formosura sem par da Florinda, mas ela não o fez, nem mandou que fechassem a porcaria, até mesmo porque se assim o fosse, teria que se fechar todos os salões de beleza, porque nenhum serve para nada. Agora e quase esqueci, o cabelo de Dona Florinda também não foi poupado, pois retiraram os bobes de seus cabelos (o que fodeu ela), mesmo sendo praticamente sua marca registrada. Daí tu acha que ao menos e finalmente poderemos ver a Dona Florinda com o cabelo legal, mas não é bem assim, ao invés de ao menos pentearem ela direito, fizeram na cabeça de Dona Florinda uma espécie de repolho com cachos. Cachos até ficaria legal, mas não com aquele ninho de passarinho abandonado que deixaram na cabeça da pobrezinha.

Na verdade mais parecia um ninho com rolos e, de longe, algo como repolho ou maço de couve flor, ou brócolis. Ninguém poupou palavras gentis ao ver Dona Florinda pós salão, claro que todos disseram asneiras pra ela ao ver aquilo, mas apenas quem apanhou foi o Seu Madruga, uh, novidade. Até o Quico não reconheceu a própria mamãe ao ver, e ainda disse que a estavam confundindo com velhas feias (o que era verdade). Apesar disso tudo, podia-se notar por debaixo daquilo tudo que fizeram, a formosura sem par da Dona Florinda, e quem notou melhor e fez questão de ressaltar foi o Mestre Linguiça, que então a compensou depois de ouvir tantos insultos, dizendo que ainda podia se notar A formosura sem par da Florinda que eu sempre conheci. - No caso que o professor Girafales sempre conheceu, assim os estragos do salão ficaram esquecidos.