A Casa do Mickey Mouse

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nanny1.jpg Atenção pirralhada Criançada!

Se você é fã de A Casa do Mickey Mouse, o problema é seu! Não adianta bagunçar o artigo, pois a Nanny11.jpg está de olho! E se ainda mesmo assim você aprontar, ela vai lhe colocar para chorar no cantinho da disciplina!

Crianca-1.jpg

Cquote1.png Mickey en-gen-ho-ca! Cquote2.png
Mickey mouse em todo episódio

O Cabaré A Casa do Mickey Mouse é um desenho animado que por incrível que pareça ainda está no ar nas manhãs da Disney, em reprises do SBT ou no canal fechado Disney Junior.

O desenho, como óbvio, foi feito para guris e gurias retardadas, geralmente bebês atée crianças. O desenho em si ensina algumas palavras toscas, alguns números, músicas extremamente felizes com coreografia tosca, entre outras coisas que um desenho de criança precisa ter. Além disso, esta série animada consiste em ter vários episódios, sendo que oito em cada dez episódios é um verdadeiro clichê e que são a mesma merda, apenas com problemáticas diferentes, como vistos em outros desenhos da Disney, como Phineas e Ferb.

Os episódios[editar]

Cquote1.png É uma arma secreta que nos irá ajudar mais tarde. Cquote2.png
Mickey sobre sua terceira perna

Os episódios sempre começam com o tema de produção, com o Mickey Mouse andando sem algum sentido para sua casa futurística feita pelo Ludovico, além de ficar cantando, até que aparece quase sempre um personagem secundário ou figurante reclamando de algum problema que é localizado no quinto dos infernos, fazendo que essa série pareça uma Dora a Aventureira da vida, só que com menos inglês ou espanhol e com isso, Mickey aparece em seu quarto, onde chama um figurante robótico chamado Toodles (um clone de metal do Pluto, apesar do cachorro não-falante aparecer), que possui cerca de cinco objetos guardados em seu cu se é que robôs possuem isso, não importando o tamanho do mesmo objeto, mesmo que seja um pequeno parafuso até um objeto grande qualquer.

Com isso, Mickey sempre vai até um mesmo lugar, onde se depara com problemas que até uma criança de cinco anos consegue resolver pera, não é essa a idade para ver isso? e cada episódio possui cerca de várias situações que só podem ser resolvidas com os objetos de Toodles, onde Mickey começa a chamar primeiramente aparecem quatro deles, e quando nenhum deles resolve, Toodles cria um objeto com mágica, o que resolve o problema. Depois disso, depois que os mesmos objetos são revelados, o problema é quase sempre resolvido sem brigas e quase todos os episódios acabam com Mickey e um bando de personagens secundários aparecem mesmo ser irrelevantes ao episódio dançando, com o desenho acabando.

Personagens[editar]

  • Mickey: O protagonista da série, onde como óbvio, aparece em todos os episódios e tenta resolver os problemas que os personagens secundários tem.
  • Ludovico: Um pessoa que está alugando a casa futurística do Mickey, ou que criou ela, além do robô Toodles, mas que sem isso, serve para porra nenhuma.
  • Toodles: O robô-cachorro de estimação de Mickey, onde possui um aparelho que consegue teletransportar os objetos que Mickey precisa para ele, além do secreto "Mickey-objeto" que aparece na última hora.
  • Donald, Minnie, Margarida, Tico e Teco: Personagens secundários neste desenho que apenas serve para ter alguns probleminhas que Mickey precisa resolver.
  • Bafo de Onça: O personagem filho da puta do desenho que está quase causando os problemas, ou que está quase sempre para atrapalhar.

Recepção[editar]

Por ser uma série animada infantil que possui como o protagonista o símbolo da Disney, além de ser uma série que não tenha nenhuma princesa ou alguma coisa totalmente feminina como foco ou algum personagem secundário que quase ninguém curte, a série gerou bastante sucesso no canal, o motivo dessa porra ser mostrada até hoje.

Ver também[editar]

v d e h